Quem avisa, amigo é!

anima_altura Quem está se aventurando ou pretende se aventurar pelos mares do Brasil durante está semana, é bom botar as barbas de molho e prestar bem atenção nos alertas da Marinha do Brasil, porque o bicho vai pegar e vai pegar bonito a partir de amanhã, 17/07, até o dia 21, domingo, com ondas que devem ultrapassar a altura de 3 metro, principalmente no litoral entre o Espírito Santo e o Rio Grande do Norte. O reboliço é causado por uma frente fria que vem das bandas do Sul, porém, já se afasta para os cafundós do Atlântico. O aviso está dado e a animação do CPTEC/INPE dá uma demonstração do tamanho da bagunça.  

Anúncios

Sobre mitos e lendas

62571502_1363312617143369_2936570136431165440_n

Pesquei a imagem do grupo Velejadores de Clássicos, postada pelo comandante Eduardo Ballot, que comentou assim: “Três lendas em uma só photo…”. Se o barco for algum dos lendários veleiros do Éric, eu diria assim: Quatro lendas em uma só foto, o velejador francês Éric Tabarly, na companhia dos atores Alain Delon e Brigitte Bardot, a bordo de um Pen Duick.

Humor naval

FB_IMG_1563218412723

Eh, a sereia caiu nos encantos do marujo!

Praia ou carro?

foto-praia-ilusao-de-otica

Desde o dia 2 de julho que essa imagem circula nas redes sociais, intrigando usuários e rendendo debates, principalmente nos bares da vida, sobre ilusão de ótica e funcionamento do cérebro. O autor, Muhammad Nayem, um designer de moda paquistanês, explica que não é praia, mas a porta de um carro que precisa ser reparada e o carro não é dele. Ele passava na rua, mirou displicentemente no detalhe, viu que ali estava uma ilusão de ótica, fez o registro fotográfico e publicou em sua página do Twitter. A imagem já deu várias voltas ao mundo e Muhammad ficou surpreso com o sucesso e até ganhou mais de mil seguidores. Fonte: techtudo 

 

Catamarã vira e três perdem a vida

O site australiano ABC News noticia que um catamarã que navegava na costa de Newcastle, virou devido ao mau tempo que castigava a região, nesta quinta-feira, 11/07, deixando uma família destroçada. Uma menina de 16 anos e seu pai de 50 anos, foram regatados com vida pelas equipes de socorro. Os avós da menina e um marinheiro perderam a vida. Segundo as autoridade, existiam avisos de mau tempo e mar grosso em toda a região.Ver mais em ABC News

“Agora… tragam-me o horizonte”

ap19189530856342

Em cinco semanas três acidentes envolvendo navios de cruzeiro colocaram em polvorosa tripulantes, passageiros e autoridades portuárias da Itália e Porto Rico. No início de junho o navio MSC Opera avançou contra um cais, no canal Giudecca, e desgovernado colidiu contra um barco de passageiros, deixando 4 pessoas feridas. No domingo, 07 de julho, o navio Costa Deliziosa, devido aos fortes ventos, perdeu o controle e quase esmaga um iate contra a estrutura do porto em Veneza. A lambança do Deliziosa só não teve consequências trágicas devido a perícia dos tripulantes do rebocador de apoio que safaram a onça. Em Porto Rico, dia 7/06, uma criança de 1 ano e 6 meses escorregou dos braços do avô e morreu ao cair de uma janela do 11º andar, em uma área de recreação infantil, do navio Freedom of the Seas. Segundo  as autoridades, a janela estava inexplicavelmente aberta e quando o avô se aproximou, a criança, que queria bater com a mão no vidro, fez um impulso e escorregou. “Feche os olhos e finja que é só um sonho ruim, é assim que eu faço”. Capitão Jack Sparrow. – Não é sonho, Jack, se fosse haveria rum! 

Sinistro

15624329695d20d5c9ef307_1562432969_3x2_lg

Não, não foram fatalidades os recentes incêndios que consumiram embarcações em marinas brasileiras e qualquer um que frequente as garagens e píeres das marinas e clubes náuticos espalhados pelo Brasil, sabe que é alto o grau de risco para que novos casos ocorram.