Arquivo da categoria: assuntos e assuntos

A vida de barqueiro é dura

whatsapp-image-2019-06-14-at-16.05.01

A Polícia Rodoviária Federal prendeu mais um barco, segundo as autoridades, sendo transportado de forma irregular na BR 290, Rio Grande do Sul. No começo da semana a ocorrência foi em Gravataí, e nesta sexta-feira, 14, a apreensão aconteceu em Eldorado do Sul. Os policiais alegam que a operação de transporte estava fora das normas de segurança para as dimensões da carga, que nesse caso exigem dois veículos de escolta e nos dois casos só havia um. Fico aqui a me perguntar: – Será que o estaleiro e a empresa de transporte não conhecem as normas ou terá sido apenas mais um entrave burocrático?

Anúncios

São Pedro, meu amigo, largue esse celular

IMG-20190613-WA0045Essa charge bem humorada, que circula nas redes sociais, demonstra o quadro chuvoso que estão enfrentando, há mais de vinte e quatro horas, as cidades litorâneas entre Pernambuco e o Rio Grande do Norte. Avisos emitidos pelos institutos meteorológicos alertam que fortes chuvas devem castigar a região até a tarde desta sexta-feira, 14/06, que é quando deve acabar a bateria do celular de São Pedro. Durante o restinho da noite desta quinta-feira e madrugada da sexta, só nos resta aproveitar a chuva que cai lá fora para dormir o sono dos justos. Dormir com chuva é bom demais!

Espiando o tempo e o mar

br1A semana que começou chuvosa nos aceiros do Norte e Nordeste continuará molhada, inclusive nos pampas da região Sul. Por minha Enxu Queimado/RN, praia linda que me dá acolhida, os barreiros estão bem empoçados e a lavoura vai de vento em popa, com muito milho e feijão para aninar os festejos e esquentar as fogueiras de João e Pedro. Amanhã, 12 de junho, dia do casamenteiro Santo Antônio, a chuvarada promete não arredar o pé, mas o Sol deve aparecer hora sim, hora não, prumode não esfriar tanto, pois já tem gente por essas bandas mais agasalhado do que boneco de neve. Pelo miolo do país do compadre Bolsonaro, o tempo será de sol, secura e poucas nuvens.  – E o Mar? – O mar da Bahia até a esquina do Rio Grande do Norte será de reboliço com ondas que devem alcançar os 2,3 metros de altura. Não deve ser um mar de gente grande, mas quem vai a ele é bom colocar as barbas de molho e dar uma espiada mais apurada no barco e nos equipamentos. Fonte: CPTEC/INPE 

O real e a fantasia de um mundo encantado

acre

O Brasil tem dois mundos, o real e o da fantasia, e hoje moro no mundo real, onde as coisas são o que são e passam longe das pinceladas dos fotoshops. O mundo da fantasia é diferente, porque lá as coisas funcionam, nem que seja no papel ou na cabeça oca dos burocratas, militantes, aproveitadores, delirantes e ativistas do nada e de tudo um pouco. No mundo da fantasia não cabe a história de terror contra o menino Rhuan e muito menos a imagem das facínoras que trucidaram sua vida, porque a justiça é quem tem que decidir e a justiça não é problema dos habitantes do mundo da fantasia, a não ser que ela crave as garras na carne de algum politico encantador das massas. A história de terror que tem como vítima o menino Rhuan faz parte do enredo do Brasil real e sendo assim, não aceita os recursos do fotoshop e sendo assim, não merece choro, nem vela, nem emoção e muito menos compartilhamentos e nem curtidas nas mídias sociais. Rhuan morreu e daí? Foi mais um e vamos tratar de andar para não enganchar! E foi no mundo real que mais um acidente previsível causou gravíssimos ferimentos em 18 pessoas e entre as vítimas, um bebê de nove meses que teve 90% do corpo queimado, quando um dos muitos barcos que cruzam os rios amazônicos, transportando de tudo um pouco, inclusive gente, explodiu no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul/AC, sábado 08/06. Após as devidas declarações estapafúrdias e sem a mínima noção de responsabilidade por parte das autoridades, a vida deverá seguir o mais real possível até a próxima tragédia.    

O mundo em pé de guerra

E os senhores da guerra já se cansaram de botar fogo em disputas no varejo e a cada dia dão sinais que vão partir para o atacado no terceiro arranca rabo mundial e quem quiser que se exploda. As mãos dos tocadores de tambores já estão em carne viva e a turma que abastece o braseiro das fogueiras que lançam sinais de fumaça, está trabalhando dobrado. O site EL PAÍS dá conta de uma birra, na madrugada da sexta-feira 07/06, entre os comandantes de dois navios de guerra, americano e russo, que dá uma ideia em que pé está a batalha. Dois irresponsáveis, que devem ter as costas bem largas e o aval dos digníssimos mandatários bufões, pois se assim não fosse, hoje estariam presos. Bastava um leve arranhão no costado dos navios para que o mundo acordasse para o final de semana em plena Terceira Guerra. Quem irá estancar a sede de sangue dos amalucados do Kremlin e da Casa Branca? Ninguém! 

Imagem

Humor

O pequeno príncipe e a princesa do Campinho

O Príncipe de Maraú, que chamo de “príncipe de Onília”, é uma das muitas e boas histórias da enigmática Ilha do Campinho, recantinho apaixonante da poética Baía de Camamu. Este pequeno e belo documentário, publicado no YouTube, em março de 2010, carregou-me nas asas da saudades para relembrar o maravilhoso, mágico e encantado mundo que tive a alegria de viver por fascinantes cinco meses quando embarquei para morar a bordo do veleiro Avoante.  Tive a alegria de escutar dezenas de vezes, e gostaria muito de continuar ouvindo, a história do namorico da “baianinha” com o aviador, escritor, Antonie de Saint-Exupéry, contada pela própria Dona Onília sob a sombra da varandinha da casinha amarela debruçada sobre as águas macias do rio Maraú. Quanta saudade, querida e boa amiga. Agora me diga: Por acaso, a senhora já encontrou seu “pé de fumaça” aí no Céu?