Arquivo da categoria: assuntos e assuntos

O fim de semana será de festa em Angra dos Reis

Bracuhy-divulgação

O mar de Angra dos Reis estará em festa neste final de semana, 24 a 26/03, com a realização da 1ª Regata JL Marina Bracuhy e que deverá contar com mais de 70 barcos na linha de largada. A FARVO – Flotilha de Angra dos Reis de Veleiros de Oceano, anuncia que a prova faz parte do calendário de regatas de Angra. Fonte: Almanáutica

“Vamos lá, Johnny”

Valeu Chuck Berry, e obrigado pelo rock ‘n’ roll. O lendário guitarrista faleceu ontem, 18 de março de 2017, aos 90 anos.  

1ª Travessia do Recôncavo

IMG-20170318-WA0017

O velejador Haroldo Quadros, manda fotos e notícias diretamente das águas históricas do Rio Paraguaçu, contando como foi a I Travessia do Recôncavo, uma velejada festiva organizada pela Trimar Eventos Náuticos, com apoio do Aratu Iate Clube e que aconteceu neste sábado, 18/03, véspera de São José.

IMG-20170318-WA0015

Mais de 50 barcos atravessaram a Baía de Todos os Santos e adentraram o velho e apaixonante Paraguaçu, até o povoado de São Francisco do Paraguaçu, famoso pela bela construção do Convento Santo Antônio, tão cruelmente esquecido por quem de direito prometeu cuidar bem. Na chegada, a flotilha foi recebida pela banda Estaka Zero que botou fogo na galera. A noite será servido jantar de confraternização, nas dependências do Convento, e em seguida a premiação com muita música, pois baiano não deixa essas coisas passar em branco. Valeu comandante Haroldo, por mais essa.

A carne é fraca, seu delegado

9 Setembro (102)

Assunto é o que não falta quando sento para escrever, até porque, basta passar a vista no movimento das ruas, para vislumbrar variados motivos para um texto. E quando estou diante do mar, aí é que a cabeça se dana a produzir letrinhas. Contudo, hoje estou a olhar há um bom para essa telinha branca é não consigo pensar em outra coisa, senão, na bandalheira dos frigoríficos brasileiros e na nossa cara lavada de aceitação para toda essa maré de lama que escorre a céu aberto por todos os recantos. Não existe lei, juiz, polícia, delegado, forças armadas, padre, bispo e nem mula sem cabeça que meta medo na turma da tungada e os caras a cada dia se esmeram mais e na maior cara de pau. O que danado estão fazendo com esse país, gente? Já não bastasse a operação Lava Jato botando terror em um mundo que nós mortais não alcançamos, agora vem a operação Carne Fraca botando a gente de mala e cuia no meio da desgraça e no papel de ator principal. Quer saber: Abra a sua geladeira e veja o que tem lá dentro. Se pelo menos dez por cento de tudo o que foi divulgado for verdade, os envolvidos já merecem prisão perpetua, isso porque não temos fuzilamento, e as empresas lacradas sumariamente. O ditado ensina que não se passa a mão na cabeça de bandido. Faz algum tempo que estou fora do mercado comercial, mas pelo pouco que ainda lembro, a operação Carne Fraca é uma bomba de poder destruidor incalculável. Vai ser difícil aceder a churrasqueira sem antes questionar a procedência da carne, mas se for do matadouro do fundo da rua é de primeira e garantida.   

Tripulação resgatada do veleiro Toumai já chegou ao Uruguai

O velejador baiano Haroldo Quadros, cabra bom da peste, enviou mensagem dando notícias dos tripulantes, dois adultos e duas crianças, do veleiro Toumai, encontrado a deriva a 500 milhas da costa do Rio Grande do Norte. O veleiro foi rebocado por um barco atuneiro até o porto do município salineiro de Areia Branca/RN. O navio Noni, que resgatou a família, já chegou ao Uruguai. O texto está em espanhol.

El granelero participante Amver rescató a 4 personas de un velero en problemas a unas 500 millas de la costa de Brasil el domingo 22 de enero de 2017. Se trata de una familia francesa integrada por dos adultos y dos menores.
La tripulación del Noni escuchó una emisión de radio mayday y notificó al personal de rescate en Brasil y al  centro de Amver. Según el informe desde el Noni, un velero reportaba una falla y el buque  se estaba inundando. La tripulación del Noni estaba a sólo dos millas de distancia y cambió de rumbo para prestar asistencia al velero discapacitado.
Dos horas después de recibir la llamada de socorro, la tripulación de la nave con bandera de Marshall Island estaba a salvo junto al velero y alzaba a los cuatro supervivientes a bordo del buque. Los integrantes del velero llegaron a estar dos días sin motor a la deriva en el Océano Atlántico.
Los supervivientes no estaban lesionados y habían estado en un viaje desde Dakar, Senegal a Brasil cuando reportaron un fallo de motor y agua entrando en el barco. Los supervivientes llegan ayer 31 de enero al puerto de Nueva Palmira.
La llegada de los cuatro náufragos a Nueva Palmira se da porque era el primer puerto que tenía previsto arribar el buque. Hoy tocaban tierra, fuentes consultadas informaron a Carmelo Portal que los mismos tienen pasaporte y van a ingresar al país como pasajeros. Desde ayer intentamos comunicarnos con la Embajada de Francia en Montevideo, pero nadie devolvió la llamada

Mais um para a lista dos grandes feitos do homem

437262_670x446.6666666666667

O sul-africano Chris Bertish, 42 anos, entrou para o seleto grupo dos homens que atravessaram o Oceano Atlântico em um barco a remo e agora pode posar a lado do brasileiro Amyr Klink, que completou a prova há 33 anos. A travessia de Bertish teve início em dezembro de 2016, em Agadir, Marrocos e terminou nas Antíguas 95 dias depois, completando o percurso de 4.050 milhas náuticas. Os planos iniciais do Sul-Africano era chegar na Flórida, porém, sistemas de baixa pressão forçaram a mudança de rumo. Durante a travessia foram arrecadados pelo site de Bertish, milhões de Rands, moeda Sul-africana, em prol de instituições de caridade, porque esse era o real objetivo da aventura. “Nada é impossível a menos que você acredite que seja”, tema repassado ao longo da travessia. Veja a matéria completa no site SupClub

Marinha do Brasil – Nota a Imprensa

IMG-20170313-WA0012Nota da Marinha do Brasil sobre o veleiro encontrado a deriva e sem tripulantes no litoral do Rio Grande do Norte.

MARINHA DO BRASIL
COMANDO DO 3º DISTRITO NAVAL
Natal-RN, 13 de março de 2017.
NOTA À IMPRENSA
A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 3º Distrito Naval, informa que tomou conhecimento que, na última quinta-feira (9), foi localizado um veleiro, à deriva, a 500 km de Areia Branca, com inscrição “Toumai” no casco. A embarcação está atracada no cais da Companhia Docas do Estado do Rio Grande do Norte, em Areia Branca.
No 22 de janeiro de 2017, o Navio Mercante “NONI”, de bandeira das Ilhas Marshall, informou que, ao receber o sinal de socorro do veleiro francês “Toumai”, a cerca de 1000km da costa do Brasil, resgatou seus 4 tripulantes e seguiu viagem para Nueva Palmira-Uruguai.
A Agência da Capitania dos Portos em Areia Branca instaurará Inquérito Administrativo para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido e adotará os procedimentos previstos pela Diretoria de Portos e Costa no tocante às coisas ou bens perdidos em águas sob jurisdição nacional.
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO COMANDO DO 3º DISTRITO NAVAL