Arquivo da tag: Marinha do Brasil

Aviso aos navegantes e afins

7 Julho (119)

Confirmando as informações publicadas aqui, em 01 de agosto, a Marinha do Brasil, através da Diretoria de Hidrografia e Navegação, emite nota a imprensa alertando para as condições de mar grosso, com previsões de ventos de até 40 nós, entre a Bahia e o Rio Grande do Norte, entre os dias 5 e 7 de agosto. Passando o olho nós gráficos dos institutos meteorológicos, podemos notar que o amuo das forças de Netuno se estenderá um pouco mais e com maior intensidade. 

MARINHA DO BRASIL

DIRETORIA DE HIDROGRAFIA E NAVEGAÇÃO

NOTA À IMPRENSA

Niterói, RJ.  Em 4 de agosto de 2019.

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), participa que a persistência de um sistema de alta pressão sobre o oceano poderá provocar ventos de direção Sudeste a Leste com intensidade até 74 km/h (40 nós) entre os estados de Alagoas e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal (RN), entre o dia 4 à noite e o dia 7 pela manhã. Este sistema também poderá provocar ondas, em alto-mar, de direção Sudeste a Leste entre 3,0 e 4,0 metros nas proximidades do litoral entre os estados da Bahia, ao norte de Salvador (BA), e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal (RN), entre o dia 5 pela manhã e o dia 7 pela manhã. Haverá condições favoráveis à ocorrência de ressaca com ondas de direção Sudeste até 2,5 metros entre Salvador (BA) e Touros (RN), entre o dia 5 pela manhã e o dia 7 pela manhã.  A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no endereço eletrônico https://www.marinha.mil.br/chm/dados-do-smm-avisos-de-mau-tempo/avisos-de-mau-tempo. Adicionalmente, as informações meteorológicas podem ser visualizadas na página do Serviço Meteorológico Marinho no Facebook, no link: https://www.facebook.com/servicometeorologicomb/, e por meio do aplicativo “Boletim ao Mar”, disponível para download na internet, tanto para o sistema Android quanto para iOS, desenvolvido em parceria entre a Marinha do Brasil e o Instituto Rumo ao Mar (RUMAR). Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

Contato:  Assessoria de Comunicação Social da Diretoria de Hidrografia e Navegação

Anúncios

Aviso aos navegantes

anima_altura A Marinha do Brasil, através das Capitanias dos Portos, anuncia ventos fortes e mar de capitão-de-mar- e-guerra para os dias 1 e 2 de agosto, principalmente no litoral do Nordeste, porém, passando a vista na animação gráfica produzida pelos meninos do CPTEC/INPE, a pauleira deve continuar por mais alguns dias e vai bagunçar o coreto de Sul a Norte. Os tradicionais ventos que assanham as belas dunas nordestinas durante o mês de agosto, estão bem avexados e nem é preciso utilizar equipamentos modernosos para saber que as rajadas ultrapassam fácil os 25 nós, basta sentar sob a sombra de uma cabaninha de praia e apreciar o bailar das palhas dos coqueiros. Pois bem, se mesmo com essas condições você decidir ir para o mar, vá, mas não esqueça de redobrar a atenção no material de salvatagem, no estado geral dos motores, nos estais do mastro, nas velas. Verifique também o casco, as bombas de porão, o VHF e principalmente se o seu conhecimento e experiência náutica lhe conferem navegar sob tais agruras.   

Aviso aos navegantes

anima_altura nnnnn Os navegantes brasileiros do litoral sudeste e nordeste tiveram um final de semana de fortes acelerações cardíaca, principalmente aqueles que tinham barcos em ancoragens, devido o swell que se formou no meio do Atlântico, consequência de um ciclone, e subiu a costa montado em uma fera sem arreios. Já a galera do surf, entusiasmada com o sucesso dos brazucas no surf mundial, botou a prancha debaixo do braço para cair na água e festejar os amuos de Netuno. Segundo a animação do CPTEC/INPE, o pior já passou, mas como para ir embora a fera tem que caminhar em um corredor de ventos e correntes, a Marinha do Brasil alerta para ondas de mais de 3 metros entre o litoral de Pernambuco até o Ceará, até o dia 25, e acho bom que os marujos abram os ouvidos e botem as barbas de molho, porque os ventos oceânicos, que assopram o couro da fera do mar, estão bem avexados. Só mais um detalhezinho besta: Se não for espanto da animação, depois do dia 25 vai ter reggae novamente, porque o gráfico indica que tem algum reboliço se formando lá no meio do mar.

Embarcação naufraga no litoral do RN e 10 pessoas são resgatadas

navio-patrulha_macau

A bruxa navegou solta pelo litoral do Nordeste durante o mês de junho causando uma série de acidentes e obrigando o Salvamar Nordeste, que mantém alto índice de excelência em suas operações, a  trabalhar com eficiência e atenção redobradas. Ontem, domingo, 30/06, o Navio-patrulha Macau, e mais três embarcações, foram acionados para atender o pedido de socorro emitido pela embarcação Transmar II, que naufragou a 5 milhas da costa de Natal. Dez tripulantes que faziam parte da tripulação, entre eles dois militares e um pesquisador, foram retirados da água pelo barco Netuno S, e levados para o Porto de Natal. Segundo a assessoria de impressa da Marinha do Brasil, todos foram resgatados em bom estado de saúde. Fonte: G1/RN    

Marinha do Brasil resgata nove tripulantes de naufrágio

whatsapp-image-2019-06-14-at-11.28.04

O Navio-patrulha Guaíba, sediado na Base Naval de Natal, resgatou na madrugada desta sexta-feira, 14, nove tripulantes da embarcação Navegantes, que naufragou a 80 milhas da costa paraibana. O Navegantes saiu do Porto do Recife, com dez tripulantes a bordo, fazendo o transporte de mercadorias para o arquipélago de Fernando de Noronha, quando foi surpreendido pelo mau tempo,  que castiga o litoral do Nordeste há mais de 48 horas, e emborcou. Um tripulante está desaparecido e a Marinha do Brasil enviou o Navio-patrulha Macau para vasculhar a área. Segundo o comandante do Navegantes, o tripulante desaparecido foi o último a pular do barco e quando o fez, a balsa salva-vidas, em que eles estavam, já estava distante e eles não conseguiram alcançá-lo. Fonte G1/RN  

Tradições Navais

cf242da2-560c-44eb-91e5-f1c5b1988d63

‘ROSCA FINA’, ‘VOGA LARGA’, E ‘VOGA PICADA’

Na gíria maruja, muitas expressões externam o universal bom humor ou espirituosidade que caracterizam os homens do mar. As expressões “rosca fina”, “voga picada” e “voga larga” são alguns exemplos:

“Rosca fina” (ou ainda “voga picada”) denomina o superior, Oficial ou Praça, que é exigente na observância das normas e regulamentos, bem como na execução das fainas e tarefas, por si e pelos subordinados. O antônimo é o “voga larga”.

A origem do primeiro está no “aperto”, na “pressão” impressa pelo chefe, comparada pelo marinheiro a do parafuso com rosca fina – que “aperta mais”. A segunda vem de “voga”, que é a velocidade da remada ditada pelo patrão aos remadores em uma embarcação a remos. Pode ser uma “voga picada” (regime de velocidade maior, portanto mais exaustivo para os remadores) ou “voga larga” (velocidade amena, mais calma, mais tranquila).

Fonte: Marinha do Brasil

Marinha do Brasil anuncia construção de quatro corvetas

Screenshot_2019-03-28-20-23-08~2Faz tempo que a Marinha do Brasil precisa renovar a frota de navios, pois o nosso imenso mar territorial precisa sim de mais vigilância, embarcações modernas, poder de ação e tudo indica que a propalada renovação, que nunca saiu do papel, vai navegar em mares mais tranquilos. A Marinha anuncia que o consócio Águas Azuis, formado pelas empresas Thyssenkrupp Marine Systems GmbH, Embraer S.A. e ATECH Negócios em Tecnologias S.A., foi selecionado para construir quatros novas corvetas lançadoras de mísseis da classe Tamandaré, projeto estimado em torno de US$ 2 bilhões. Os navios serão construídos no estaleiro Aliança, em Niterói/RJ, e a primeira corveta deverá ser lançada ao mar em 2024. Fonte: Estadão