Arquivo da tag: meteorologia

Salvador, uma cidade que pede atenção

20150409_130328

Salvador/BA desde ontem, 08/04, está literalmente debaixo de chuva. A pauleira começou na madrugada da Quarta-Feira, com um festival de raios, relâmpagos e trovões, e deixou muita gente de orelha em pé. A capital baiana sofre há uma semana com uma incrível falta de água, que afetou mais de 90 bairros, e que trouxe situações de pânico e desespero para a população. A causa foi o rompimento de uma adutora aliado a uma descabida falta de infraestrutura e planejamento governamental. Uma cidade grande como Salvador depender apenas de um cano de água… . Acho melhor parar por aqui e voltar a falar da chuva. Apenas para complementar a informação, é preciso dizer que, até a tarde dessa Quinta-Feira, 09/04, o abastecimento ainda não foi restabelecido por completo e até água mineral está em falta nas prateleiras.

IMG_0049IMG_0041IMG_0044A chuva castiga a cidade e em vários pontos podemos avistar desmoronamentos, quedas de barreiras, ruas alagadas, inundações de casas e no mar o passeio denunciante do lixo da má educação com o crivo da leniência das autoridades. Serviços básicos e aulas foram cancelados.  A travessia das lanchas de passageiros entre Salvador/Itaparica foi interrompida e apenas o sistema ferry boat funciona, mas com atenção redobrada. A cidade do Senhor do Bonfim está um caos!

IMG_0046

Da marina onde estamos, que também sofre com a falta de água nas torneiras e com a abundância de chuva, acompanhamos tudo com muita atenção, pois sabemos o quanto o excesso de chuva é prejudicial a capital fundada por Tomé de Sousa. Segundo os satélites do CPTEC/Inpe, muita chuva ainda está por vir. Vejamos o que diz a previsão meteorológica para todo o Brasil:

mapserv

Variação de nebulosidade com pancadas de chuva em grande parte do centro-norte do país.
Nesta quinta-feira (09/04) o dia será com chuva moderada e por vezes forte em parte do Recôncavo Baiano e faixa norte da região cacaueira da BA, inclusive com chance de descargas elétricas e vento com intensidade moderada, além de acumulados de chuva significativos. No oeste da BA, no MA, PI, TO, norte, centro e nordeste de GO, no DF, grande parte do MT, AC, RO, AM, PA e litoral do AP e em algumas áreas do CE haverá pancadas de chuva acompanhadas de descargas elétricas isoladas, principalmente entre o PI e o TO, GO, DF e MT. Uma massa de ar seco deixa o tempo com pouca nebulosidade do norte de SP ao RS. As temperaturas estarão baixas à tarde entre o Recôncavo Baiano, litoral sul e planalto sudoeste da BA.
Obs: Texto referente ao dia 09/04/2015-13h19

Vamos saber como fica o tempo?

IMG_0104

Eh, oficialmente o verão ainda manda no pedaço e vai perambular por ai até o dia 19 de Março, mas a natureza já azeita suas engrenagens e por mais que a estação do Sol se esforce, o bronzeado já não é mais o mesmo. Como bem mostra essa imagem do fundeadouro da Ilha de Itaparica, são as águas de março fechando o verão… . Depois de seis dias de raios, relâmpagos, trovões e muita chuva, os deuses resolveram aliviar o batuque sobre o mar da Bahia. Acho eu que eles ainda bricavam o Carnaval. Olhando o céu avistamos os reflexos prateados dos coriscos que rasgam as nuvens, numa demonstração clara que a fera acordou e está pronta para sair da jaula. Confesso que não levo muita fé nas águas do inverno 2015 e pressinto que o outono que esquenta as turbinas virá mais animado. Mas como não sou nenhum vidente e por demais palpiteiro nos assuntos meteorológicos, vou me socorrer com os homens do Cptec/Inpe que dizem assim:

mapserv

Nesta terça-feira (24/02) ocorrerá pancadas de chuva forte entre o norte do RS e SC e no sul, centro e oeste do PR, com chance de acumulados de chuva significativos e pontuais, além de descargas elétricas, rajadas de vento e possibilidade de queda de granizo isolado. No Nordeste deve chover forte entre o leste e litoral da PB em algumas áreas da mata norte de PE, e no sul do RN, além do litoral de SE. Entre o oeste da BA e o MA e o PI e TO haverá pancadas de chuva localmente forte. Entre o GO e o AM, deve chover forte e isolado com trovoadas isoladas. No Sudeste haverá possibilidade de pancadas de chuva forte no nordeste de SP, sudoeste, sul e sudeste de MG e sul do ES. O dia será com pouca nebulosidade do sul ao oeste do RS, no oeste de SP e em MS. As temperaturas estarão elevadas no Sudeste.
Obs: Texto referente ao dia 23/02/2015-17h32

El Niño preguiçoso?

EL NINOOlhando para o tempo esquisito e chuvoso da última semana em Salvador/BA, e que ainda persiste nesse Domingo, 23/11, lembrei de uma postagem no blog Popa.com.br, em que fala da possibilidade tardia do fenômeno El Niño. O artigo é do Blog MetSul e é assinada pelo Professor Eugenio Hackbart e lá está escrito assim:

Esta será a sexta semana consecutiva em que o Pacífico Central Equatorial apresenta anomalia de temperatura da superfície do mar (TSM) igual ou superior a +0,5ºC, ou seja em patamar de El Niño. Para que se caracterize um episódio de El Niño, entretanto, as anomalias de TSM devem seguir em +0,5ºC ou mais por várias semanas seguidas até atingir, ao menos, três meses, logo a condição oficialmente ainda é de neutralidade (ausência dos fenômenos La Niña e El Niño) neste momento.

A persistência agora do Pacífico Equatorial quente já por um mês e meio e ainda a tendência de manutenção do quadro sugerem a possibilidade de que nas próximas semanas possa ser oficializado um episódio de El Niño. O boletim de ontem do NOAA, o órgão de previsão climática do governo dos Estados Unidos, indicou probabilidade perto de 60% de que o verão nosso se dê com a presença do El Niño. O fenômeno, em regra, traz mais chuva para o Rio Grande do Sul, mas não é garantia por si só de verão chuvoso. O verão de 2005, por exemplo, ocorreu com El Niño e teve estiagem forte. Os clientes da MetSul recebem uma análise completa e detalhada sobre a situação do Pacífico, a sua evolução e quais as prováveis consequências.

A força dos ventos

IMG_0046

O velejador baiano Haroldo Quadros, incansável pesquisador e navegador das paragens internéticas, enviou algumas curiosidades sobre a força dos ventos sobre o planeta Terra e que são registradas como recordes nas páginas digitais da enciclopédia livre Wikipédia. Vejamos:

Acredita-se que cada um destes recordes seja um valor oficialmente medido por instrumentos meteorológicos dentro dos padrões da Organização Meteorológica Mundial (OMM).

Recordes de velocidade do vento

  • Maior velocidade registrada: 484±32 km/h, numa rajada de 3 segundos; observada por um radar Doppler, durante a passagem de um tornado próximo à cidade de Oklahoma, EUA, em 3 de maio de 1999.
  • Maior velocidade registrada com um anemômetro: 407 km/h, numa rajada de 3 segundos em Barrow Island, Austrália Ocidental, 10 de abril de 1996, durante o ciclone tropical Olivia.
  • Maior velocidade registrada por um anemômetro, fora de um ciclone tropical ou tornado: 372 km/h, na média de um minuto; Monte Washington, Nova Hampshire, EUA, 12 de abril de 1934.
  • Maior média de velocidade no período de 1 dia: 174 km/h, Port Martin (Terra Adélia), Antártida, entre 21 e 22 de março 1951.

Natureza em fúria

Essa coisa meio disforme que aparece na imagem é mais um dos monstros criados pela natureza para colocar o ser humano em seu devido lugar no tempo e no espaço. O bicho papão se chama Phanfone e vem em forma de um super tufão voando a 20 quilômetros por hora sobres as águas do Oceano Pacífico e trazendo na garupa ventos de 175 km/h com rajadas de mais de 250 Km/h. Segundo o site Clima Tempo, de onde copiei a imagem e peguei essa informação, a coisa caminha em direção ao Japão e a capital Tóquio está em alerta geral. A notícia da feroz tempestade agitou os bastidores do GP de Fórmula 1, que acontecerá em Suzuka, Domingo, 05/10, e a organização da prova marcou reunião com as equipes para avaliar a situação. É bronca!   

Inverno com pimenta

7 Julho (36)

Acho que não existe nada mais improdutivo do que fazer manutenção em barco nos tempos de inverno. Faz mais de uma semana que estamos tentando renovar o verniz da cabine e a pintura do convés do Avoante e a chuva não deixa. E para piorar a situação, desde ontem, 06/08, que os deuses da natureza se alinharam e resolveram colocar mais pimenta no tempero: É muita chuva e muito vento sobre a capital baiana. Que é isso meu rei? Veja o que diz o Cptec/Inpe:

 

REGIÃO NORDESTE

07/08/2014: No norte do MA: variação de nuvens e possibilidade de pancadas de chuva pela manhã. No centro-leste da região: muitas nuvens. No nordeste da BA e em SE: muitas nuvens e chuva. No litoral de PE e AL: chuva isolada. No leste da BA, incluindo Salvador: nublado com possibilidade de chuva. Nas demais áreas da região: sol e poucas nuvens. Temperatura amena no centro-leste da BA. Temperatura máxima: 34°C no PI.
08/08/2014: No norte do MA: variação de nuvens e possibilidade de pancadas de chuva. No leste da região: nublado. Em SE e AL: muitas nuvens e chuva. No sul do MA, PI e oeste da BA: predomínio de sol. Nas demais áreas da região: sol e poucas nuvens. Temperatura estável. Temperatura máxima: 35°C no PI. Temperatura mínima: 12°C no sul da BA.
Tendência: No norte do MA: variação de nuvens e possibilidade de pancadas de chuva. No oeste do MA: pancadas de chuva à tarde. No centro-leste da região: nublado. No leste de PE, em AL e SE: nublado com possibilidade de chuva. No litoral de AL: muitas nuvens e chuva. No sul da BA: sol e poucas nuvens. Nas demais áreas da região: sol e poucas nuvens. Temperatura estável.
Elaborado pela Técnica em Meteorologia Camilla Correia.

Atualizado 07/08/2014 – 12h02

Chuva, vento e frio

IMG_0124

O Sol até que tenta colocar o rosto de fora, mas é com um jeitão tão cheio de timidez que nem chega a esquentar a cidade. Tem sido assim os últimos dias de Julho na capital baiana: Chuva, frio, muito vento e de vez em quando um momento de descanso dos deuses da natureza para a beleza de mais um pôr do sol. Fazia muito tempo que não via Salvador com tanta chuva. Certa vez escutei de um amigo a seguinte frase: Se quiser saber se chove em Salvador basta comprar uma moto. Hoje, 29/07, depois de mais uma enxurrada, eu digo assim: Se quiser saber se chove em Salvador basta programar uma manutenção no barco. É muita chuva e com promessa de mais.