Arquivo da tag: aviso aos navegantes

De olho no tempo e no mar

br1E o Inverno botou as manguinhas de fora e arrochou no botão do ar-condicionado pelo Brasil afora, pois só o que se escuta é caboco reclamando, batendo os queixos e abotoados em casacos ainda cheirando a mofo, porque não deu nem tempo de levar um solzinho. A temperatura caiu e caiu bonito em todas as regiões do país, porém, para o restante da semana, a chuvarada promete dar um refresco. Segundo os gráficos do CPTEC/INPE, chove apenas nos estados do Sul, pelo litoral nordestino, entre Bahia e Rio Grande do Norte, e nas beiradas do Norte. Já o mar, promete ondas entre 2 e 2,5 metros, no litoral do Nordeste, com ventos dos quadrantes ESE, soprando na faixa dos 18 nós.  

Anúncios

Anarriê, Balancê,….olha a chuva…olha o mar…

anima_altura O leitor Leonardo Bezerra, faz alerta  aos navegantes dos mares das tribos dos potiguares, para os ventos fortes que sopram desde a noite de ontem no litoral do Rio Grande Norte. É muito vento, sim senhor, e segundo dados dos site meteorológicos, os alísios estão soprando na casa dos 13 nós, algo em tornos dos 25 km/h. Porém, olhando o bailar das palhas dos coqueirais de Enxu Queimado e sentindo  na pele o frescor das lufadas, dá para apostar que Éolo está abanando o braseiro das fogueiras a bem mais de 20 nós. Quanto as chuvas, essa semana já caiu umas gotinhas aqui, outra acolá, a terra está bem molhada e a promessa de São João é de chuva, para botar animação no forró. E quem vai ao mar é bom se avexar, pois os gráficos indicam que a sanfona vai tocar rock pesado por esses dias. – Fala aí, Seu Luiz: “Aproveita gente que o pagode é quente/É forró pra toda essa gente se espalhar/Êita, coisa boa!/Êita, pessoá!/Hoje aqui a páia voa vamo gente aproveitar/O resfunlengo desse fole não é mole/Todo mundo aqui se bole/Com o seu resfunlengar/E o sanfoneiro que não só faz resfunlengo/Quando sai do lengo-lengo bota pra improvisar”

Aviso ao povo da terra e do mar

mapserv (1)A manhã deste domingo, 06/05, chegou com as notícias da chuva forte que desaba sobre Natal/RN, causando um verdadeiro reboliço na cidade, com ruas alagadas e desmoronamento de um túnel sob a Av. Prudente de Morais, um dos corredores mais movimentados da cidade. Dou por visto o nó que esse desmoronamento dará no  já caótico trânsito da capital dos Magos. Vixi! Quem apostar que a chuva continuará caindo, está bem próximo do sucesso, pois os satélites do CPTEC/INPE mostram tropas de nuvens carregadas em marcha batida. Aliás, a imagem do satélite retrata chuva em boa parte do território verde e amarelo, com maior incidência pelas bandas do Norte. Da minha cabaninha de praia observo o tempo se formando pelos aceiros do nascente e dou vivas, pois é assim que faz o povo do sertão já prevendo as boas safras. – E o mar? – Diante do quadro de chuvas, o mar está meio mal-assombrado, com ondas que variam de 1,5 a 3 metros em algumas regiões, principalmente a nordestina. Como bem disse um pescador dessa beira de praia: – Com essa tormenta aí, só vai para o mar quem tem negócio!     

De olho na chuva e no mar

mapservA Semana Santa foi de chuva em boa parte do Brasil, principalmente nas terras secas do Nordeste. No meu Rio Grande do Norte choveu a cântaros em todas as regiões e a previsão é de mais chuvas para a semana que inicia. No Sul e Sudeste, a chegada de uma frente fria, além de chuva e ventos fortes, deixará o mar com agitação forte, com ondas acima dos 3 metros. O bom seria que essa chuvarada lavasse a lama e a podridão que invadiu o país, mas nem tudo é como nós, pobres mortais, queremos.  

Aviso aos navegantes

ressaca620A Marinha do Brasil emite comunicado, para quinta e sexta-feira, 01 e 02 de março, alertando para mar de ressaca, com ondas que podem chegar a 4 metros, no litoral Nordeste, entre o Cabo do Calcanhar/RN e a Ilha de Santana/MA. Recomenda-se que as embarcações de pequeno porte evitem navegar no mar neste período e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Aviso aos navegantes

IMG_0180

O mar pelo litoral do Nordeste brasileiro está para peixe, mas para barco, somente para aqueles muito bem preparados para condições severas e comandados por timoneiros cabras da peste, porque além das ondas altas, em torno de 2,5 a 3,5 metros de altura, os ventos vindos do quadrante Sul não estão de brincadeira, soprando rajadas a mais de 25 nós. Será que é efeito do furacão Irma? Os especialistas dizem que uma coisa não tem a ver com a outra, porém, fui relatar as palavras dos homens do tempo para minha Mãe e ela disse assim: – Sei! Ontem, 12/09, em Pernambuco, um barco que faria sua primeira viagem levando mantimentos entre Recife e a ilha de Fernando de Noronha, naufragou a poucas milhas da boca da barra, depois de sofrer os efeitos do mar, e felizmente os seis tripulantes conseguiram nadar por cinco horas e chegaram ilesos a praia. A Capitania dos Portos informou que apesar dos avisos de mar grosso a embarcação seguiu viagem, o que não quer dizer nada, pois a decisão de seguir viagem ou não, deve ser tomada pelo comandante da embarcação, após observar os procedimentos de segurança e navegabilidade. O alerta da Marinha continua valendo até  dia 16 de setembro. A imagem que abre a postagem é da praia de Areia Preta, em Natal/RN.   

Aviso aos navegantes

anima_alturaO tempo está assim: Furacão pelo Caribe, ventos fortes e mar de gente grande pelo litoral brasileiro. Pelo menos essa é a previsão para a semana do feriadão de 7 de setembro. As ondas no litoral do Nordeste estão ultrapassando a marca dos 3 metros de altitude o que deve levar a Marinha do Brasil emitir aviso aos navegantes e recomendar aos comandantes das embarcações, que necessitam ir ao mar, para observarem todos os avisos e seguirem os procedimentos de segurança. Quem quiser apenas passear, é bom sossegar o facho. Fonte: CPTEC/INPE