Arquivo da tag: aviso aos navegantes

De olho nas previsões do tempo

br3Para quem gosta de saber da previsão do tempo, os últimos dias de agosto serão assim sei lá, com temporais nos campos do Sul, sol entre nuvens nas pradarias e serrados do Sudeste e Centro-Oeste, uma chuvinha aqui, outra acolá pelas praias nordestinas e nuvens escuras e dissimuladas pelos aceiros da floresta amazônica. Sou vidrado nas previsões do tempo, mania que adquiri nos meus dias a bordo do Avoante, e hoje, a primeira coisa que faço ao abrir a janela de minha cabaninha de praia e observar a posição e a intensidade do vento e o jeitão das nuvens nas barras do nascente. Do mar também dou conta sim, pois da minha varandinha avisto um beicinho dos redutos de Netuno e por aí vou tirando as notas para animar o dia. E por falar em mar, a animação do gráfico do CPTEC/INPE está indicando que a Marinha deverá alertar os navegantes para mar grosso nos próximos dias. – Quer ver? -Pois veja! anima_altura A altura das ondas em mar aberto, em praticamente quase todo litoral, deve variar entre 2 e 3 metros, até o dia 2 de setembro, mas nada que assuste um bom homem do mar, apenas requer um pouco mais de atenção no comando e uma revisão mais apurada na embarcação e nos equipamentos de salvatagem. Bem, o que você leu até agora foram minhas considerações, agora saiba o que dizem os meninos do CPTEC sobre a previsão para a quarta-feira, 29/08:

Na quarta-feira (29/08), o dia será de pancadas de chuva acompanhadas de descargas elétricas e pontualmente intensas no RS e, isoladamente no sul e oeste de SC. Pancadas de chuva localmente intensas ocorrerão entre o AM, RR, PA e norte do MA. Entre o litoral do RN e o ES choverá de forma isolada ao longo do dia.

Anúncios

De olho no tempo e no mar

br1E o Inverno botou as manguinhas de fora e arrochou no botão do ar-condicionado pelo Brasil afora, pois só o que se escuta é caboco reclamando, batendo os queixos e abotoados em casacos ainda cheirando a mofo, porque não deu nem tempo de levar um solzinho. A temperatura caiu e caiu bonito em todas as regiões do país, porém, para o restante da semana, a chuvarada promete dar um refresco. Segundo os gráficos do CPTEC/INPE, chove apenas nos estados do Sul, pelo litoral nordestino, entre Bahia e Rio Grande do Norte, e nas beiradas do Norte. Já o mar, promete ondas entre 2 e 2,5 metros, no litoral do Nordeste, com ventos dos quadrantes ESE, soprando na faixa dos 18 nós.  

Anarriê, Balancê,….olha a chuva…olha o mar…

anima_altura O leitor Leonardo Bezerra, faz alerta  aos navegantes dos mares das tribos dos potiguares, para os ventos fortes que sopram desde a noite de ontem no litoral do Rio Grande Norte. É muito vento, sim senhor, e segundo dados dos site meteorológicos, os alísios estão soprando na casa dos 13 nós, algo em tornos dos 25 km/h. Porém, olhando o bailar das palhas dos coqueirais de Enxu Queimado e sentindo  na pele o frescor das lufadas, dá para apostar que Éolo está abanando o braseiro das fogueiras a bem mais de 20 nós. Quanto as chuvas, essa semana já caiu umas gotinhas aqui, outra acolá, a terra está bem molhada e a promessa de São João é de chuva, para botar animação no forró. E quem vai ao mar é bom se avexar, pois os gráficos indicam que a sanfona vai tocar rock pesado por esses dias. – Fala aí, Seu Luiz: “Aproveita gente que o pagode é quente/É forró pra toda essa gente se espalhar/Êita, coisa boa!/Êita, pessoá!/Hoje aqui a páia voa vamo gente aproveitar/O resfunlengo desse fole não é mole/Todo mundo aqui se bole/Com o seu resfunlengar/E o sanfoneiro que não só faz resfunlengo/Quando sai do lengo-lengo bota pra improvisar”

Aviso ao povo da terra e do mar

mapserv (1)A manhã deste domingo, 06/05, chegou com as notícias da chuva forte que desaba sobre Natal/RN, causando um verdadeiro reboliço na cidade, com ruas alagadas e desmoronamento de um túnel sob a Av. Prudente de Morais, um dos corredores mais movimentados da cidade. Dou por visto o nó que esse desmoronamento dará no  já caótico trânsito da capital dos Magos. Vixi! Quem apostar que a chuva continuará caindo, está bem próximo do sucesso, pois os satélites do CPTEC/INPE mostram tropas de nuvens carregadas em marcha batida. Aliás, a imagem do satélite retrata chuva em boa parte do território verde e amarelo, com maior incidência pelas bandas do Norte. Da minha cabaninha de praia observo o tempo se formando pelos aceiros do nascente e dou vivas, pois é assim que faz o povo do sertão já prevendo as boas safras. – E o mar? – Diante do quadro de chuvas, o mar está meio mal-assombrado, com ondas que variam de 1,5 a 3 metros em algumas regiões, principalmente a nordestina. Como bem disse um pescador dessa beira de praia: – Com essa tormenta aí, só vai para o mar quem tem negócio!     

De olho na chuva e no mar

mapservA Semana Santa foi de chuva em boa parte do Brasil, principalmente nas terras secas do Nordeste. No meu Rio Grande do Norte choveu a cântaros em todas as regiões e a previsão é de mais chuvas para a semana que inicia. No Sul e Sudeste, a chegada de uma frente fria, além de chuva e ventos fortes, deixará o mar com agitação forte, com ondas acima dos 3 metros. O bom seria que essa chuvarada lavasse a lama e a podridão que invadiu o país, mas nem tudo é como nós, pobres mortais, queremos.  

Aviso aos navegantes

ressaca620A Marinha do Brasil emite comunicado, para quinta e sexta-feira, 01 e 02 de março, alertando para mar de ressaca, com ondas que podem chegar a 4 metros, no litoral Nordeste, entre o Cabo do Calcanhar/RN e a Ilha de Santana/MA. Recomenda-se que as embarcações de pequeno porte evitem navegar no mar neste período e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Aviso aos navegantes

IMG_0180

O mar pelo litoral do Nordeste brasileiro está para peixe, mas para barco, somente para aqueles muito bem preparados para condições severas e comandados por timoneiros cabras da peste, porque além das ondas altas, em torno de 2,5 a 3,5 metros de altura, os ventos vindos do quadrante Sul não estão de brincadeira, soprando rajadas a mais de 25 nós. Será que é efeito do furacão Irma? Os especialistas dizem que uma coisa não tem a ver com a outra, porém, fui relatar as palavras dos homens do tempo para minha Mãe e ela disse assim: – Sei! Ontem, 12/09, em Pernambuco, um barco que faria sua primeira viagem levando mantimentos entre Recife e a ilha de Fernando de Noronha, naufragou a poucas milhas da boca da barra, depois de sofrer os efeitos do mar, e felizmente os seis tripulantes conseguiram nadar por cinco horas e chegaram ilesos a praia. A Capitania dos Portos informou que apesar dos avisos de mar grosso a embarcação seguiu viagem, o que não quer dizer nada, pois a decisão de seguir viagem ou não, deve ser tomada pelo comandante da embarcação, após observar os procedimentos de segurança e navegabilidade. O alerta da Marinha continua valendo até  dia 16 de setembro. A imagem que abre a postagem é da praia de Areia Preta, em Natal/RN.