Arquivo da tag: velejadores solitários

Navegação em solitário

VITO DUMAS 2 Os navegadores solitários enfrentam quatro problemas, que numa primeira abordagem nos surgem parcialmente apavorantes:

– a arte de navegar

– a preparação física e psicológica;

– o mar alto; e

– a solidão.

Numa postagem recente sobre um veleiro comandando por um velejador solitário de 71 anos, que havia garrado e encalhado em Cabo Frio, litoral do Rio de Janeiro, falei que admirava a bravura daqueles que se lançam ao mar sozinhos em busca do sonho, de um ideal, de respostas, de aventura, de se encontrar ou simplesmente de curtir a vida ao sabor das ondas e dos ventos. Alguns leitores comentaram o acidente em Cabo Frio e deram vivas quando o veleiro voltou a navegar, desejaram bons ventos e sorte ao velejador. Outros preferiram se armar com o rol das teorias que habitam as sombras aconchegantes dos palhoções de clubes e marinas e ficaram no bem bom das acusações. Hoje, depois de seguir uma dica do velejador Jorge Dino, me deparei com uma postagem no blog Mare Nostrum, de José Maria Alves, que se diz Pelegrino da Terra e Mendigo dos Céu, de onde copiei as letras em itálico, acima, e que abrem o texto Navegação em Solitário.  “…O solitário é um marinheiro por excelência, um amante do mar, que com ele intenta viver para sempre, até que a morte os separe – ou una… – percorrendo os oceanos com as suas velas aladas…”

Anúncios