Arquivo da tag: veleiro camiranga

A XXVIII REFENO consagra um mito

jahu640

A flotilha da XXVIII Refeno já está praticamente completa na ilha maravilha de Fernando de Noronha e, pelo terceiro ano consecutivo, o veleiro gaúcho Camiranga, um Soto 65 – barco de alma exclusivamente regateira –, ostenta a faixa de Fita Azul, o primeiro barco, independente da classe, a cruzar a linha de chegada, porém, o que me faz escrever essa postagem foi a alegre surpresa de ver o Jahú II, um modelo Manelis 40, projetado e construído, se não me engano, pelo fantástico Manoel Português, o homem que só trabalha pelado, ter cruzado a linha de chegada colocada ao largo do Mirante do Boldró, na segunda colocação, com o tempo de 24h53min13seg. Sabe o que penso sobre isso: – Já acostumei a me calar diante das aberrações que escuto contra os projetos de barcos construídos pelo Manoel Português e outros projetista e construtores maranhenses, entre eles o genial Sergio Marques, da Bate Vento. Eh, acho que vou continuar calado. Parabéns tripulação arretada do Jahú II e um abraço especial ao comandante Luis Moriel 

Anúncios

Na esteira da Refeno 2014

imageCamiranga

Navegando online na esteira da flotilha da Refeno 2014, que avança faceira sobre as águas nordestinas do Oceano Atlântico, dou conta que o veleiro gaúcho Camiranga, um veloz e feroz Soto 65, está disparado na frente e deve cruzar a linha de chegada, se os deuses do mares assim permitirem, na tarde de hoje, 28/09. O trimarã pernambucano Patoruzu, que navega menos 16 milhas atrás do Camiranga também já deve estar desamarrotando o uniforme para subir ao pódio. E o Ave Rara, o mais famoso campeão? Bem, a ave indomável e mitológica rasgou uma das velas no início da prova e teve que jogar a toalha para tristeza de sua grande torcida. Quer saber mais? Navegue um pouco no site da Refeno e fique por dentro de tudo o que acontece com a flotilha em terra e no mar.