Arquivo da tag: salvamar nordeste

Embarcação naufraga no litoral do RN e 10 pessoas são resgatadas

navio-patrulha_macau

A bruxa navegou solta pelo litoral do Nordeste durante o mês de junho causando uma série de acidentes e obrigando o Salvamar Nordeste, que mantém alto índice de excelência em suas operações, a  trabalhar com eficiência e atenção redobradas. Ontem, domingo, 30/06, o Navio-patrulha Macau, e mais três embarcações, foram acionados para atender o pedido de socorro emitido pela embarcação Transmar II, que naufragou a 5 milhas da costa de Natal. Dez tripulantes que faziam parte da tripulação, entre eles dois militares e um pesquisador, foram retirados da água pelo barco Netuno S, e levados para o Porto de Natal. Segundo a assessoria de impressa da Marinha do Brasil, todos foram resgatados em bom estado de saúde. Fonte: G1/RN    

Anúncios

Marinha do Brasil resgata nove tripulantes de naufrágio

whatsapp-image-2019-06-14-at-11.28.04

O Navio-patrulha Guaíba, sediado na Base Naval de Natal, resgatou na madrugada desta sexta-feira, 14, nove tripulantes da embarcação Navegantes, que naufragou a 80 milhas da costa paraibana. O Navegantes saiu do Porto do Recife, com dez tripulantes a bordo, fazendo o transporte de mercadorias para o arquipélago de Fernando de Noronha, quando foi surpreendido pelo mau tempo,  que castiga o litoral do Nordeste há mais de 48 horas, e emborcou. Um tripulante está desaparecido e a Marinha do Brasil enviou o Navio-patrulha Macau para vasculhar a área. Segundo o comandante do Navegantes, o tripulante desaparecido foi o último a pular do barco e quando o fez, a balsa salva-vidas, em que eles estavam, já estava distante e eles não conseguiram alcançá-lo. Fonte G1/RN  

Aviso aos navegantes

area_sarA Marinha do Brasil  informa que duas embarcações estão desaparecidas entre o Rio Grande do Norte e Ceará, para isso pede que os navegantes  mantenham alerta máximo.

SAR 0087/17
NORTE DE BARROQUINHA CARTA 21700 (INT 2110) LUNA E IJOSHUA DESAPARECIDA 3 TRIPULANTES A BORDO ULTIMA POSICAO EM 02-35.17S 041-22.37W EM 04 JUL 17 SOLICITA-SE AOS NAVEGANTES DA AREA PROCURAR, AVISTAR, ASSITIR E INFORMAR

SAR 0086/17
NORTE DA PONTA CAICARAS CARTA 21900 (INT 2112) JANGADA DESAPARECIDA 02 TRIPULANTES A BORDO ULTIMA POSICAO EM 04-43.13S 035-58.37W EM 03 JUL 17 SOLICITA-SE AOS NAVEGANTES DA AREA PROCURAR, AVISTAR, ASSITIR E INFORMAR

O aventureiro resgatado já está em um porto seguro e pronto para outra

Maria-resgata-holandes-que-ficou-aderiva-no-alto-mar-Ebrahim-Hemmatnia-WR-35-1024x717

O Navio Patrulha Macau, que recebeu a missão de resgatar o aventureiro Ebrahim Hemmatnia, 38 anos, atracou na manhã de hoje, 02/02, Dia de Iemanjá, na Base Naval de Natal. Ebrahim que é iraniano naturalizado holandês, disse que trabalha na Holanda como cartógrafo e no dia 23 de novembro de 2014 partiu de Dakar a bordo da embarcação que ele chama de BoatBike, no rumo de Fortaleza/CE. A viagem vinha tranquila até o momento em que um cardume de tubarões resolveu atacar a embarcação. Os tubarões danificaram o leme e uma escotilha e por isso não tinha como prosseguir navegando. Ele acionou o Epirb no dia 28 e dois dias depois, numa operação envolvendo a Marinha do Brasil, Aeronáutica e um barco de pesca que estava na região, o aventureiro foi resgatado sem apresentar nenhum problema de saúde. O barco é movido a pedal e quando em terra vira uma bicicleta. É equipado com dessalinizador e a alimentação e a mesma utilizada pelos astronautas. O aventureiro disse que a viagem não acabou e depois que o BoatBike for recuperado, irá pedalando até o Rio de Janeiro, por terra. De lá, seguirá para o Peru pelo oceano. Esse vai ter muita história para contar para os netos. Pense num cabra arroxado!

Marinha do Brasil resgata velejador atacado por tubarões

NAPA MACAU

A Marinha do Brasil, através do comando do 3º Distrito Naval, realizou o resgate na noite de 30 de Janeiro, de um tripulante do veleiro Ad Infinitum, de bandeira não informada, depois que a embarcação foi atacada por um cardume de tubarões a 1.000 quilômetros do litoral do Rio Grande do Norte. O Navio-Patrulha Macau, sediado na Base Naval de Natal, foi deslocado para o local e recebeu apoio de um helicóptero sediado em Salvador/BA. Na tarde do dia 28 a Marinha recebeu aviso da Guarda Costeira da Holanda, que o veleiro, com um tripulante, havia emitido sinal de socorro. O tripulante, identificado como Ebrahim Hemmatnia, relatou que a embarcação foi atacada por um cardume de tubarões, provocando avarias no leme e escotilha, deixando-a à deriva. O Navio-Patrulha Macau realizou contato com o  barco de pesca “OULED SI MOHAND”, da empresa “Europesca”, que se encontrava próximo ao veleiro, e este resgatou o tripulante, prestando apoio até a chegada do Navio-Patrulha. Fonte: Tribuna do Norte   

Tripulação do trimarã Nativo é resgatada no litoral potiguar

Trimarã Nativo

A XXVI Refeno não foi das mais tranquilas. O vento e o mar não estavam muito afeito a acolher a flotilha com o conforto que se espera para uma travessia entre Recife e Fernando de Noronha, mas mesmo assim, até eu escrever esse post, 47 veleiros cruzaram a linha de chegada e a essa hora as tripulações se abraçam em comemoração pela conquista. Sempre digo que o melhor prêmio da Refeno é o prazer e a alegria de ancorar no paraíso de Noronha e observar a natureza em estado bruto brilhando na retina de nossos olhos. Nessa edição nove veleiros tiveram problemas e oito já se encontram na segurança de um porto seguro, porém, o trimarã pernambucano Nativo, que aparece na imagem, com seis tripulantes a bordo, ficou sem comunicação desde a noite do último Sábado, 27/09, enquanto navegava nas imediações de Cabedelo/PB e hoje, 29, a Marinha do Brasil anunciou que um navio de bandeira liberiana resgatou os tripulantes, que todos estão com saúde e que estão sendo levados para Natal/RN. 

Continuam as buscas ao pesqueiro desaparecido na costa do Rio Grande do Norte

areasar2

O Terceiro Distrito Naval anuncia que o serviço SALVAMAR NORDESTE, que realiza buscas ao barco de pesca Jeferson I, que desapareceu há 10 dias na costa do Rio Grande do Norte, com seis pescadores a bordo, será mantido através de avisos rádios e alerta a todas as embarcações que navegam na costa Norte e Nordeste brasileira. As buscas aéreas e marítimas feitas numa área de mais de 100.000 quilômetros quadrados, e empregando três navios patrulha, um avião e mais de 200 homens, não conseguiu localizar nenhum sinal da embarcação e tripulantes. A partir de agora um navio patrulha da Marinha do Brasil ficará de prontidão na Base Naval de Naval. Ainda existem esperanças na localização da embarcação e de seus tripulantes, já que nenhum vestígio de destroços foi encontrado. fonte; jornal tribuna do norte