Arquivo da tag: risoto

Risoto de Jerimum. Pense num prato danado de bom!

risoto de jerimum (1)risoto de jerimum (4)

Não quero que ninguém me leve a mal ou fique achando que estou querendo fazer inveja, mas essa desgraceira gastronômica que aparece nas imagens é nada mais, nada menos do que um prato misturando sabores da cozinha italiana e nordestina, que rendeu essa delícia que incrementou a mesa do almoço do Avoante, nesse 29 de Dezembro de 2014. Eita ano que passou depressa! Risoto de Jerimum, acompanhado com a sertaneja carne de sol e uma saladinha básica para acalmar a dor de consciência do povo da dieta. Rapaz, o bicho estava danado de bom e já vou dizendo que não sobrou nem um grãozinho de arroz e nem uma lasquinha de carne. Quanto a salada: também foi toda. Tudo isso foi degustado com alguns goles de cachaça Caribé, pois aqui ninguém é de ferro. Quer a receita? Então anote ai e depois me diga se aprovou:

Risoto de Jerimum

150 g de Arroz arbóreo

200 g de Jerimum (abóbora) de leite

1 cebola pequena ralada

2 dente de alho ralado

2 colheres de sopa de coentro picadinho

2 colheres de sopa de cebolinha verde picadinha

2 colheres de sopa de azeite de oliva

40 ml de cachaça

3 colheres de sopa de requeijão

1 cubo de caldo de legumes

1 litro de água

queijo parmesão a gosto

O sal, deixa para corrigir no final, pois o caldo de legumes contém sal.

Rende 4 porções

Modo de fazer:

Refogue a cebola e o alho no azeite, quando a cebola estiver dourada acrescente o arroz e continue refogando até o arroz começar a ficar branco. Acrescente a cachaça e mexa até a maldita evaporar. Misture o caldo de legume em água fervente e vá acrescentando aos poucos sobre o arroz. Quando a arroz estiver quase no ponto, acrescente o jerimum, a cebolinha, o coentro, o requeijão e continue mexendo até o jerimum cozinhar e o arroz ficar ao dente. Se for necessário acrescente mais um pouco de água. Tire do fogo, polvilhe com queijo parmesão e sirva.

Anúncios

Risoto papa-jerimum – Eita bicho bom!

Risoto jerimum e carne de sol 004 Você sabe por quê quem nasce no Rio Grande do Norte é chamado de potiguar? Potiguaras era uma antiga tribo indígena que habitava as terras do Rio Grande do Norte. Em Tupi-Guarani, potiguar quer dizer comedor de camarão e a partir dai, chamar o norteriograndense de potiguar foi somente um pulo. Como quase todo mundo tem um apelido, o potiguar não podia deixar de ter o seu: Papa-Jerimum. Esse sim outro nome bem pitoresco para um povo que nem consome tanto Jerimum assim e nem o Rio Grande do Norte é o maior produtor de Jerimum, diferente do camarão que o RN é o segundo maior produtor. Mas, o apelido surgiu quando um antigo presidente da província resolveu plantar jerimum para pagar os salários atrasados do funcionalismo público. Bem! Potiguar ou Papa-Jerimum é assim que o norteriograndense é chamado e ninguém se incomoda muito com isso e até gosta. Agora que  já sabemos um pouco dessa história, vou traçar uma rota pelo mundo dos sabores para deixar você com água na boca com uma receita arretada: Risoto Papa-Jerimum. Mais uma iguaria dos deuses, saída das experiências gastronômicas de Lucia a bordo do Avoante. Continuar lendo