Arquivo da tag: receitas de bordo

O encontro

9 Setembro (175)9 Setembro (172)9 Setembro (173)Os encontros de velejadores, em alguma ancoragem qualquer pelos recantos dos oceanos do mundo, é sempre uma alegria em volta de mesas coloridas de receitas maravilhosas. Nesses encontros não existe um planejamento antecipado, tudo acontece na mais pura improvisação, basta a vontade de um combinar com o desejo de outros e assim está marcada a reunião em algum barco da vez. É um clima bom, regado com o mais sincero entendimento entre pessoas que têm interesses comuns e que não tem hora para terminar. Termina quando o último resolver ir embora e isso na maioria das vezes demora um bocado. As receitas seguem o ritual em que cada barco leva a que desejar e por isso a mesa fica tão colorida e saborosa. É assim!      

Anúncios

Navegando nos sabores

saco do suarez (14) Culinária a bordo de um veleiro de cruzeiro vai seguindo junto com a rota navegada. Pelo menos é assim no Avoante e em quase 100% dos veleiros cruzeirista. Existem alguns livros sobre o assunto e muitas histórias temperadas e recheadas com muito sabor e humor. Sempre que estamos numa roda de bate-papo surge o tema alimentação, e quando dizemos que não temos geladeira a bordo o espanto é geral e é atiçada a curiosidade de saber como viver, nos dias de hoje, sem geladeira. Bem! tentamos explicar e as vezes nem sabemos se as pessoas entendem, mas nesses 6 anos de vida a bordo, a danada da geladeira ainda não fez falta. A partir desse post, a cada semana, vou tentar contar um pouco dessa culinária meio criativa, meio tradicional, meio experimental e tão cheia de sabores do mundo. Lucia é super habilidosa em distinguir sabores e criar suas próprias receitas, muitas vezes basta ela olhar um prato ou sentir o aroma para a receita já surgir prontinha em sua mente. A cozinha do Avoante mais parece uma cozinha experimental e diariamente surge uma nova receita. Como sempre estamos navegando por lugares diferentes e com culturas alimentares diferentes, o rol de pratos vai sempre se multiplicando. A primeira coisa que Lucia procura saber, quando chegamos em alguma praia, é qual a comida típica do lugar. Se existir algum marisco na região ela não sossega enquanto não for mariscar e assim acrescentar novos pratos ao já grande menu do Avoante. Foi assim com o Chumbinho na Bahia, que em Mangue-Seco/BA e Suape/PE chamam de Massunim e alguns chamam de Vongole. Seja lá que nome for, eu sei que o Chumbinho a moda Avoante fica uma delícia e cheio de variações saborosas. Um dia pode ser um delicioso Spaghettti, no outro ele vem fantasiado de Penne e no outro pode vir recheando uma deliciosa Batata Rösti. Assim a gastronomia a bordo vai seguindo saborosa e sempre em busca de novos sabores. Você agora deve estar esperando a receita do Chumbinho, mas isso vai ficar para um próximo post.