Arquivo da tag: rádio vhf

Notícias da XXVII Refeno

MARCA NORONHA 2015O Cabanga Iate Clube de Pernambuco, lançou o Segundo Aviso de Regatas da XXVII Refeno, que larga dia 26 de Setembro do Marco Zero no Porto de Recife. A Refeno – Regata Recife/Fernando de Noronha, é uma das mais charmosas e instigantes prova do iatismo brasileiro e para esse ano 32 barcos já garantiram presença. Seguindo o que foi anunciado na edição passada pela coordenação da prova e Marinha do Brasil, as exigências estão mais extensas. Para quem pretende participar da prova é aconselhável ler com muita atenção o edital.

11. EXIGÊNCIAS DA MARINHA

11.1. Por se tratar de uma regata oceânica, todos os barcos devem estar de acordo com as exigências da Marinha do Brasil. Só serão aceitas embarcações classificadas como Mar Aberto. Solicitamos aos comandantes participantes observarem com a máxima atenção as exigências da NORMAM 03. (www.dpc.mar.mil.br ou www.mar.mil.br). 11.2. Estarão disponíveis em breve, no link Quadro de Avisos » Exigências, no site www.refeno.com.br, a lista de equipamentos e medicamentos exigidos pela Marinha do Brasil, bem como as flexibilizações e as exigências adotadas pela Capitania dos Portos de Pernambuco.

11.3. O nome da embarcação deverá estar pintado nas boias, coletes, pirotécnicos, botes e extintores.

11.4. Será exigida de todos os participantes a Licença de Estação Navio emitida pela ANATEL.

11.5. O seguinte tópico referente ao previsto no item 0437 da NORMAM 03/DPC está pendente de flexibilização pela Marinha do Brasil para as embarcações participantes da REFENO, classificadas para navegação Mar aberto, exclusivamente quando navegando acompanhadas por navio da Marinha do Brasil (MB), inclusive no regresso de Fernando de Noronha para o continente:

11.5.1. Rádio SSB desde que possua dois rádios VHF conforme 12.6.2.

11.6. Apesar da flexibilização acima, os itens a seguir serão exigidos para todos os barcos participantes:

11.6.1. Obrigatoriamente, cada embarcação deverá portar 02 aparelhos GPS, em condições de funcionamento.

11.6.2. Além do rádio VHF fixo será exigido a cada embarcação portar 01 VHF portátil, a prova d´água ou portar um case impermeável e em perfeitas condições de funcionamento.

11.6.3. Todas as embarcações deverão portar as seguintes cartas náuticas: 22000 (Atol das Rocas e Arquipélago Fernando de Noronha), 22100 (Do Cabo Calcanhar a Cabedelo), 22200 (De Cabedelo a Maceió), 21030 (De Fortaleza a Natal) e 52 (proximidades arquipélago Fernando de Noronha).

11.6.4. Será obrigatório a utilização dos coletes Classe I de acordo com a Normam 3/DPC.

11.6.5. Todas as embarcações deverão portar um equipamento EPIRB com seu certificado a bordo, devidamente registrado pela ANATEL.​

Anúncios

O VHF e a desatenção

2 fevereiro (113)

Dia desses estava atravessando a Baía de Todos os Santos, em direção a Ilha de Itaparica, quando escutei uma insistente chamada pelo rádio VHF em que o navegante pedia ajuda a marina em que é associado. Ele estava a bordo de uma lancha, com o motor avariado, mas infelizmente, ou negligentemente, a marina não o atendia. Sem mais a quem apelar, o navegador pediu ajuda a Capitania dos Portos da Bahia e foi prontamente atendido pelo operador de rádio, que imediatamente deu início aos procedimentos de socorro.

Não consigo deixar de ficar angustiado quando escuto dramas como esse, em que o rádio, irresponsavelmente, deixa de ser atendido. No meu compromisso ético de sempre ajudar a quem está no mar, me vi ainda mais angustiado por saber que a lancha avariada estava a várias milhas de minha localização e somente estava ouvido à chamada devido o VHF do Avoante ter um bom alcance, que não era assim anos atrás, mas que consegui resolver com a ajuda de João do Rádio, um excelente técnico em comunicações em Natal/RN.

Com o apoio da Capitania dos Portos da Bahia, que acionou uma rede de ajuda envolvendo marinas e iates clubes de Salvador, vale salientar que a marina onde o navegante é sócio ficava a menos de 3 milhas do problema, o navegante enfim pôde ser socorrido já bem próximo do anoitecer. Ufa! Continuar lendo