Arquivo da tag: pesca com bomba

Bomba! A matança continua

IMG_0692IMG_0696

Isso não é uma denúncia, até porque, mesmo que fosse não iria dar em nada como sempre. Mas as águas da Bahia e principalmente da Baía de Todos os Santos continuam sendo sacudidas pelas bombas de criminosos ambientais que se acham no direito e, o que é pior, na certeza de que nada ira acontecer com eles. O resultado do crime é o que mostram as imagens acima: Milhares de peixes mortos e apodrecidos sendo levados para cima e para baixo pelas marés e tentando serem vistos pelas autoridades que não estão nem ai para o problema. Foi assim durante todo o dia do último Sábado, 26/10 e desse Domingo, 27/10. As propagandas oficiais insistem em mostrar uma polícia bem equipada com lanchas e jet-skis e sempre pronta a coibir a ação dos criminosos travestidos de pescadores, mas tudo não passa, como diz o ditado, de: “Coisa para inglês ver”. E não pensem que as imagens é em algum ponto isolado das águas que banham a capital baiana, elas foram feitas em plena orla do Bairro da Ribeira, que todos os dias é sacudida pelas bombas. No mês de Julho publicamos aqui a postagem Um Crime Recorrente e Sem Controle, denunciando essa prática criminosa descrita na Lei inafiançável número 9.605/98, porém, tudo continua como sempre foi na terra da felicidade.  

Anúncios

Um crime recorrente e sem controle

IMG_0110IMG_0109

Quando peguei a máquina fotográfica e sai da cabine do Avoante, não era para registrar essas cenas maravilhosas de um fim de tarde na Baía de Todos os Santos, mas não tive como deixar de registrar à tarde que se ia. Na verdade eu queria mesmo era mostrar como no seio de uma metrópole como Salvador, emoldurada por uma paisagem apaixonante, abençoada por um sincretismo religioso dos mais diversos, cantada em verso e prosa por poetas e artistas das melhores cepas, comandada por políticos que se definem como amigos/irmãos do rei, ou da rainha, sei lá, e dona de uma cultura tão rica, consegue admitir nos dias de hoje a predatória pesca com bomba. Não estou falando da prática usual e diária desse crime ambiental nos recônditos esquecidos do mar que banha a Bahia, estou falando do crime, segundo a Lei inafiançável número 9.605/98, que sacode a cidade exterminando a fauna e a flora do fundo do mar. Não consigo acostumar com os estampidos surdos amplificados pela parte submersa do casco de uma embarcação.

pesca-explosiva-300x206 Essa imagem que flagra o crime sendo cometido não é minha, fui buscá-la no site infoescola.com, numa matéria sobre o assunto, mas traduz como tudo acontece: Um pescador despreocupado e sabedor de que todas as ações da fiscalização não resultam em nada, a não ser multa e repreensão, pois ele se define como trabalhador que tem o deve de levar o pão de cada dia a boca dos filhos, e por isso é acobertado pela política do passar a mão sobre a cabeça; E uma dinamite, levando para os ares água e espalhando ao redor carcaças remoídas de peixes, mariscos, moluscos, plantas, corais e de vez em quando uma mão ou um braço de um “pescador”.

5 Maio  (29)

A pesca com bomba continua explodindo o mar da Bahia a qualquer dia e hora, com as autoridades fazendo ouvidos de mercador e promovendo pirotecnia em ações desconexas de repressão com uso de helicóptero e lanchas. Nem a beleza de um pano de fundo com as cores de um Pôr do Sol consegue acalmar a fúria bombástica daqueles que se dizem pescadores. Dizem que essa é uma prática centenária no Brasil, País de Todos, mas em nossa bandeira está escrito: Ordem e Progresso