Arquivo da tag: paramaribo

Navegando entre medos e assombrações

IMG_0377IMG_0387IMG_0395

Poderia começar esse texto traçando um rumo direto do Suriname até a ilha caribenha de Trinidad e encerrar essa viagem com as 500 milhas que restavam, mas preciso falar um pouco mais sobre a navegação na costa do Suriname e também de sua bela capital Paramaribo.

Paramaribo é um excelente porto para velejadores que pretendem quebrar um pouco o ritmo da viagem até o Caribe, reabastecer ou simplesmente descansar uns dias. Quando resolvemos alterar o rumo para o Suriname o fizemos com uma sombra de interrogação pairando em nossas mentes. Já tínhamos ouvido falar várias histórias de perseguições no mar nessa região e até pirataria, mas até aquele momento da viagem nada de mal havia acontecido e não seria ali que o quadro haveria de mudar.

Continuar lendo

Paramaribo, capital do Suriname

IMG_0378IMG_0384IMG_0386IMG_0390IMG_0391IMG_0395IMG_0410

Kourou e todo o seu pretendido glamour de um pedaço do solo francês no continente americano ficaram para trás. A cigarra que anuncia a abertura das cortinas do teatro soava o primeiro toque para o belo espetáculo do pôr-do-sol e o céu, vestia seu manto prateado de estrelas e lua brilhante. Já fora do canal um grupo de golfinhos nos servia de batedores abrindo caminho diante do mar. Pode até ser que eu esteja floreando demais, mas o mar e toda essa natureza deslumbrante não deixam margens para menos do que isso.

Mas nem tudo são flores quando se está no mar, no nosso caso até que era, porque com aquele mar encomendado para almirante navegar e aquele ventinho que nem conseguia balançar a cabeleira, não tínhamos muito que reclamar, mas mesmo assim reclamávamos. A data para entregar o barco na marina em Trinidad estava chegando e sem vento a nossa navegada dependia única e exclusivamente da força dos motores, até ai tudo bem, mas os 75 litros de diesel comprados em Kourou não davam nem para pensar em atingir o nosso objetivo.

O furacão Irene estava passando muito longe da gente, mas sua força estava interferindo em todo clima em nossa volta. Os ventos alísios que tradicionalmente fazem a alegria de velejadores no rumo do Caribe estavam sendo sugados pela força centrifuga do poderoso monstro e o mar, sob as ordens de Netuno e seu séquito de guardiões, observava tudo na maior tranquilidade e como quem não quer nada. Ainda bem!

Diante de todo esse quadro o nosso comandante resolveu arribar para o Suriname e tentar a sorte na cidade de Paramaribo. Não tínhamos muitas referencias sobre o local, mas como era um país que aceitava Dólar como moeda, talvez, a gente tivesse mais facilidade de conseguir combustível. Além de ser mais um país a se conhecer. Vamos ao Suriname e sua sombria história de lutas e guerras!

Continuar lendo

Natal/Trinidad – Fotos VII – Paramaribo/Suriname

IMG_0389IMG_0391IMG_0395IMG_0396IMG_0397IMG_0398IMG_0402IMG_0404IMG_0410IMG_0401

Natal/Trinidad – Fotos VI – Paramaribo/Suriname

IMG_0365IMG_0367IMG_0372IMG_0377IMG_0378IMG_0380IMG_0381IMG_0383IMG_0384IMG_0386

Tem nordestino sim em Paramaribo

IMG_0388

Tem um dito popular que diz que em cada canto do mundo tem um cearense. Eu mesmo já comprovei isso em várias lugares em que andei, mas como a maioria desses lugares foi mesmo no Brasil, então fica fácil de concordar, pois os cearenses são mesmo arretados. Na travessia que fizemos no veleiro Itusca de Natal a Trinidad posso até afirmar que encontrei muito cearense até em alto mar, pois tinha muito barco do Ceará espalhado no oceano. Mas na parada que fizemos em Paramaribo, capital do Suriname, acho que estivemos bem próximo de encontrar um nordestino. Eu não pude me conter e bati a foto para provar que o nordeste brasileiro estava bem representado no Suriname. Se era cearense eu não sei, mas se era nordestino eu acho que sim. Se bem que: tem muito chinês por aquelas bandas e encontrar um china tirando onda de nordestino é mais fácil do que parece.