Arquivo da tag: nordeste

É chuva, seu menino!

mapservFaz tempo que o sertão nordestino não tem uma temporada tão boa de chuvas sufocando o Verão. Não digo que é uma quantidade de chuva para fazer açude botar água pelas bandas, mas é chuvarada boa daquelas que deixam a terra molhada e animam a alma esperançosa de um povo. Segundo a coluna do Luiz Felipe, no jornal Tribuna do Norte, pesquisadores já apostam no aumento significativo da fauna e da flora nas áreas de caatinga tamanha é a fartura verdejante de encher os olhos. As lentes dos satélites continuam focando nuvens carregadas sobre boa parte do Brasil e os rapazes das ciências cravam fichas que teremos um Inverno invernoso.  

Anúncios

Uma foto por dia

Novembro (5)

“Vidas secas”

Das coisas que não alcançamos

IMG_0002

Segredos que a natureza não conta, mas mostra

O Menino é mesmo do bagaço

image

O fenômeno meteorológico El Niño é um gigante endiabrado que vira a cabeça dos deuses climáticos e não é somente a nossa grande aldeia tupiniquim que sofre seus efeitos colaterais. Utilizando truques de feitiçaria, O Menino cutuca os botões, que regulam a temperatura, e é um deus nos acuda nas lentes dos satélites, deixando os homens das ciências feito baratas tontas. O povo do sertão há tempos conhece o poder da fera que espalha terror sobre a terra rachada de secura e calor. Já o povo do sudeste, que antes torciam o nariz para a desgraceira, agora sabe o que é bom para tosse. O Cantareira que o diga! Já essa semana, os gringos californianos se assustaram com um vermelhão nas areias das praias e quando chegaram perto para ver do que se tratava, se depararam com milhares de caranguejos vermelhos, os famosos red tuna crabs, mortinhos da silva. Os especialistas creditam a culpa no El Niño que elevou a temperatura da água. Eita Menino danado!  

INVERNO CHEGA AMEAÇADOR

O inverno que iniciou na última Segunda-Feira, chegou arrepiando e trazendo serias preocupações aos estados nordestinos. Alagoas e Pernambuco enfrenta o poder das águas ao custo de muita destruição e mortes. Os dois estados já decretaram calamidade pública e parece que ainda vão sofrer muitas dores. As previsões meteorológicas mostram que uma forte frente fria avança pelo oceano vindo da Argentina arrepiando o mar e empurrada por ventos de até 30 nós. Ondas de 2,5 metros entre a Bahia e o Rio Grande do Norte, deixa em ALERTA todos que precisam usar o mar. Veja o que diz o CPTEC: 

REGIÃO DO LITORAL BRASILEIRO – NORDESTE

– Hoje (22/06), ventos de sudeste com velocidades de até 10 m/s dominam a região ao largo do litoral da Região Nordeste. A altura das ondas continúa de até 2 metros ao largo do litoral nordestino, com excepção da região ao largo do litoral de Pernambuco, onde a altura das ondas oscila entre 2 e 2.5 metros.

– Nos próximos dois dias, a intensidade dos ventos de sudeste aumentará e ficará entre 10 e 12 m/s ao largo de todo o litoral da Região Nordeste. A altura das ondas também tenderá aumentar desde a região ao largo do litoral da Bahia até Rio Grande do Norte, onde poderão ser observadas ondas com alturas significativas de até 2.5 metros. Na quarta-feira (24/06), o mar poderá ficar agitado ao largo do litoral de Pernambuco e em alto-mar, na altura do litoral desde o norte da Bahia até Rio Grande do Norte com ondas propagándo-se de sudeste com alturas significativas entre 2.5 e 3 metros, que deixará estas regiões em situação de ALERTA.

Obs: Texto referente ao dia 22/06/2010-11h42 

VAI AO MAR? OLHE O TEMPO.

O mar continua agitado em todo litoral do nordeste brasileiro com ventos de até 24 nós. A previsão é de fortes pancadas de chuva de Alagoas ao Rio Grande do Norte.  A situação é de ALERTA. Veja o que diz o CPTEC:

REGIÃO DO LITORAL BRASILEIRO – NORDESTE

– Hoje (17/06), os ventos sopram predominantemente de sudeste com velocidades de até 12 m/s ao largo do litoral da Região Nordeste. A altura das ondas continúa de até 2 metros ao largo do litoral de Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte. No sul, o mar encontra-se agitado devido a chegada de ondas vindo de sudeste, com alturas significativas acima de 2.5 metros. A situação é de ALERTA.

– Na sexta-feira (18/06), os ventos continurão soprando com intensidades de até 12 m/s e as ondas propagarão-se de sudeste com alturas significativas acima de 2.5 metros ao largo do litoral desde o norte da Bahia até Rio Grande do Norte. A situação ainda é de ALERTA.

– No sábado (19/06), a altura das ondas tenderá a diminuir ao largo do litoral desde o norte da Bahia até Rio Grande do Norte.

Obs: Texto referente ao dia 17/06/2010-11h43

PREVISÃO DO CPTEC PARA O LITORAL NORDESTINO

Previsão do CPTEC para o litoral entre a Bahia e Rio Grande do Norte na Terça e Quarta-Feira. A coisa esta feia!

 

– Na terça-feira (15/06), os ventos perderão força ao largo de todo o litoral da Região Nordeste, porém o mar ainda ficará agitado ao largo do litoral desde a Bahia até a Paraíba, devido a presença de ondas propagándo-se de sul com alturas significativas acima de 3 metros. A situação será de ALERTA.

– Na quarta-feira (16/06), os ventos voltarão a ficar mais intensos, de até 12 m/s, ao largo do litoral nordestino. A altura das ondas tenderá a diminuir na região ao largo do litoral deste a Bahia até a Paraíba. A direção de propagação das ondas mudará de sul para sudeste.