Arquivo da tag: marco zero

XXVIII REFENO. É amanha!

image

É amanhã, sábado, 24/09, precisamente às 11 horas da manhã, a largada da XXVIII REFENO, Regata Recife/Fernando de Noronha, e quem quiser acompanhar ao vivo, basta se adiantar e marcar presença na Praça do Marco Zero, Centro do Recife, logo cedinho, porque as largadas da Refeno sempre viram festa e o povo comparece em grande número. Como foi dito aqui anteriormente, a previsão é de uma prova em mar de almirante e vento Leste/Sueste, em torno dos 15 nós de velocidade. O quadro acima, copiado do CPTEC/INPE, mostra como serão as condições da ancoragem na ilha maravilha, mar azul, vento gostoso e tomara que os golfinhos de Noronha marquem presença no Porto do Santo Antônio, passeando entre os barcos para conhecer a flotilha. Vale lembrar aos tripulantes mais afoitos, que é terminantemente proibido ficar na água quando aparecem golfinhos e aqueles que insistem, podem se meter em sérias complicações com os órgãos ambientais. 

Anúncios

Previsões para a REFENO 2016

image

A Refeno, Regata Recife/Fernando de Noronha, que larga dia 24/09 do Marco Zero, no Porto do Recife, tem previsão para ser realizada em mar de almirante e ventos em torno dos 15 nós. Se as previsões se confirmarem, será uma maravilha para a flotilha e os tripulantes terão uma das melhores velejadas de suas vidas, tendo como prêmio maior a chegada ao mais belo paraíso brasileiro. Nos últimos anos, mar agitado e ventos fortes trouxeram desassossego a flotilha, mas nem por isso conseguiram tirar o brilho da competição. A Refeno é a principal regata oceânica do iatismo brasileiro é um sonho a ser realizado por todo velejador. Durante o decorrer dessa semana o Cabanga Iate Clube de Pernambuco, clube promotor do evento, realiza intensa programação para participantes e convidados, com palestras, shows, jantar de confraternização e muita diversão. Uma das atrações dessa edição será a participação, como Nau de apoio da Marinha do Brasil, do Navio Veleiro Cisne Branco, um dos mais lindos veleiros do mundo, que mais uma vez marca presença na regata. Quem estivem em Recife, ou cidades próximas, um excelente programa é acompanhar a largada da Praça do Marco Zero, onde são armadas arquibancadas, bares e restaurantes. A Refeno é uma festa bonita e inesquecível!

Viva o Carnaval!

Matutei nas ideias em busca de acender a centelha carnavalesca aqui no blog e por mais que eu tentasse desanuviar os pensamentos, minha alma festeira só me levava a enveredar pelos passos eletrizantes e radiantes do frevo e das machinhas, talvez pelo meu romantismo, sentimentalismo e eternas lembranças do meu Pai, Nelson Mattos, – músico, trombonista, inveterado amante da boa música e que não deixava passar em branco nenhum reinado de Momo. Me desculpem, mas Carnaval sem frevo não existe e frevo arretado de bom ninguém faz melhor do que o povo de Pernambuco. O Menestrel pernambucano Alceu Valença não deixa barato!

Acidente no mar de Pernambuco

20150914091954_--_busca_mergulhador_gcop

A Capitania dos Portos de Pernambuco prossegui na manhã desta segunda-feira as buscas a um mergulhador que havia desapareceu no domingo, 13, próximo ao Marco Zero. O vítima foi encontrada nas primeiras hora da manhã a 23 metros de profundidade e a 50 metros do local onde havia desaparecido durante um mergulho recreativo com um grupo de turistas. O mergulhador técnico Edísio Oliveira da Rocha era sócio da empresa de mergulho Aquáticos, operadora do catamarã Galileo. Veja matéria completa nos portais G1 e Diário de Pernambuco.

Contagem regressiva para a Refeno 2015

IMG_0048MARCA NORONHA 2015Começou a contagem regressiva para a XXVII REFENO – Regata Recife/Fernando de Noronha, que larga dia 26 de Setembro do Marco Zero no Porto do Recife. A Refeno é uma das mais charmosas e desejadas provas do iatismo brasileiro e esse ano conta com 46 embarcações inscritas até o momento. Alguns hão dizer que não é um número que demonstre a média histórica de participantes da regata, porém, digo que já participei de edições bem menores e mesmo assim a prova não deixou de ser sucesso. As causas da baixa frequência em 2015 podem ser creditadas a vários fatores e estes navegam faceiros, tanto pelo grande mar de lama politiqueiro que atola os índices da economia brasileira, quanto ao zelo da Marinha do Brasil em não mais flexibilizar as normas de segurança, salvatagem e tráfego das embarcações envolvidas. As apostas e as análises são muitas e todos se dizem cobertos de razão. Mas vou confessar um segredo: Estou alinhado com a decisão da Marinha, porque, quando o bicho pega lá fora, é a ela que todos levantam o braço para pedir ajuda ou apontar o dedão para crucificar.

IMG_0228

E por falar na Marinha do Brasil: Como na edição 2015 da Refeno todos os barcos estarão quase 100% armados para navegação oceânica – se não estou enganado, a única flexibilização é o rádio SSB, recebi a informação que apenas um Navio Patrulha acompanhará a flotilha e este retornará a Base Naval de Natal na sexta-feira, 02/10. Por causa do retorno do NaPa a Regata Fernando de Noronha/Natal, organizada pelo Iate Clube do Natal, que tradicionalmente larga no Sábado, será antecipada para a Sexta-Feira, 02 de Outubro.

canal cabanga maré -0.1

Voltando o bordo para a Refeno: O Cabanga Iate Clube de Pernambuco, divulgou fotos e um filme para orientar os comandantes no canal de acesso ao clube, que a cada ano se torna mais assoreado. A foto é o filme foram feitos em maré  -0,1 e dão uma dimensão do problema a ser enfrentado pelos mais afoitos.  A recomendação é que, após adentrar o Porto do Recife, os comandantes entrem em contato com o Cabanga, via canal 9 do VHF, e fiquem aguardando ao largo do Pernambuco Iate Clube (PIC) o barco de apoio do clube. O acesso ao canal do Cabanga deve ser feito apenas na preamar. Vale destacar que as primeiras embarcações que chegarem ao clube terão serviços de água e energia elétricaque em Recife é 220 volts.

Quer ir a Refeno? Então se adiante!

 

IMG_0237MARCA NORONHA 2015É sempre assim, vai se aproximando a data da RefenoRegata Recife/Fernando de Noronha – e o coração de quem ama a vela de oceano começa a bater mais forte com a velha dúvida: E ai? Vou ou não vou? É difícil tomar essa decisão, principalmente para quem já participou um tantão de vezes dessa que é uma das mais gostosas e fascinantes provas do iatismo brasileiro e digo mais: O velejador que abre a boca para dizer que nunca sentiu vontade e nem tem interesse em participar de uma Refeno, no mínimo ele está tentando se enganar. A Refeno é sim o sonho de todo amante da vela e navegar as 300 milhas náuticas que separam a capital do frevo da ilha maravilha é simplesmente fantástico. Eu que já fui inúmeras de vezes e esse ano, até agora, parece que não vou, sei da magia que representa aquele pedacinho de mar e da incrível paisagem que a natureza nos presenteia. Ancorar o veleiro em Noronha e pela manhã, ao abrir os olhos, se deparar com aquele cenário apaixonante, não tem preço. Para quem pretende participar da XXVII Refeno, que larga dia 26 de Setembro de 2015 do marco Zero, no Porto do Recife, é bom se adiantar. As inscrições até o dia 31 de agosto custa R$ 750,00 por pessoa e está incluído: • Franquia de ancoragem de até 30 dias, no Cabanga Iate Clube, a partir da chegada do barco, mantendo-a até o dia 30/10/2015. • Identificação para livre acesso ao clube e suas dependências. • Almoço de abertura da semana REFENO, incluindo bebidas. • Jantar de confraternização, incluindo bebidas. • Taxa de preservação ambiental em Fernando de Noronha, para o período de 26/09/2015 até 01/10/2015. • Taxa de ancoragem em Fernando de Noronha de 26/09/2015 até 01/10/2015. • Kit do evento. • Coquetel de entrega dos prêmios em Fernando de Noronha. É caro? – É nada! É mais barato do que pagar o preço do arrependimento e do sonho desfeito. Os interessados em participar como tripulante em alguma embarcação, deverão se inscrever na Bolsa de Tripulantes, que está disponível no site www.refeno.com.br.

E a programação? Veja ai no quadro abaixo:

image

E o percurso?

Depois da largada no Marco Zero, no Porto do Recife, os veleiros devem seguir até a boia norte – boia encarnada localizada fora da boca da barra e que está muito bem indicada na Carta Náutica do Porto. Após deixar a boia norte por bombordo o percurso é livre até a linha de chegada em frente ao Mirante do Boldró, em Fernando de Noronha. Eita viajandão arretado!

E tem exigências?

epirb

Tem sim senhor, mas nada que um zeloso comandante não deixe de observar, até porque, quase sempre embarcamos como tripulantes: familiares, amigos, companheiros e convidados. Pessoas que temos o maior carinho e de maneira alguma queremos colocá-los em risco. Nessa edição da Refeno a Marinha do Brasil praticamente só permitirá a navegação de barcos armados para navegação oceânica. A flexibilização das edições passadas entraram definitivamente para a história da prova. O Epirb – esse aparelhinho amarelo que aparece na imagem – é exigido sim, mas o SPOT, será apenas para os comandantes que quiserem que suas embarcações sejam rastreadas virtualmente, para que seus familiares possam acompanhá-los pelo site da Refeno.

E o que mais diz a Marinha?

Por se tratar de uma regata oceânica, todos os barcos devem estar de acordo com as exigências da Marinha do Brasil. Só serão aceitas embarcações classificadas como Mar Aberto. Solicitamos aos comandantes participantes observarem com a máxima atenção as exigências da NORMAM 03. (www.dpc.mar.mil.br ou http://www.mar.mil.br). 11.2. Estarão disponíveis em breve, no link Quadro de Avisos » Exigências, no site http://www.refeno.com.br, a lista de equipamentos e medicamentos exigidos pela Marinha do Brasil, bem como as flexibilizações e as exigências adotadas pela Capitania dos Portos de Pernambuco. 11.3. O nome da embarcação deverá estar pintado nas boias, coletes, pirotécnicos, botes e extintores. 11.4. Será exigida de todos os participantes a Licença de Estação Navio emitida pela ANATEL. 11.5. O seguinte tópico referente ao previsto no item 0437 da NORMAM 03/DPC está pendente de flexibilização pela Marinha do Brasil para as embarcações participantes da REFENO, classificadas para navegação Mar aberto, exclusivamente quando navegando acompanhadas por navio da Marinha do Brasil (MB), inclusive no regresso de Fernando de Noronha para o continente: 11.5.1. Rádio SSB desde que possua dois rádios VHF. 11.6. Apesar da flexibilização acima, os itens a seguir serão exigidos para todos os barcos participantes: 11.6.1. Obrigatoriamente, cada embarcação deverá portar 02 aparelhos GPS, em condições de funcionamento. 11.6.2. Além do rádio VHF fixo será exigido a cada embarcação portar 01 VHF portátil, a prova d´água ou portar um case impermeável e em perfeitas condições de funcionamento. 11.6.3. Todas as embarcações deverão portar as seguintes cartas náuticas: 22000 (Atol das Rocas e Arquipélago Fernando de Noronha), 22100 (Do Cabo Calcanhar a Cabedelo), 22200 (De Cabedelo a Maceió), 21030 (De Fortaleza a Natal) e 52 (proximidades arquipélago Fernando de Noronha). 11.6.4. Será obrigatório a utilização dos coletes Classe I de acordo com a Normam 3/DPC. 11.6.5. Todas as embarcações deverão portar um equipamento EPIRB com seu certificado a bordo, devidamente registrado pela ANATEL.

E as exigências ambientais?

O ICMbio, órgão ambiental responsável pela Ilha, diz assim:  Os comandantes também deverão assinar um Termo de Compromisso (arquivo no quadro de avisos) junto ao ICMBio, onde declaram suas concordâncias sobre as normas ambientais do Arquipélago de Fernando de Noronha, seguidas abaixo: • Nenhuma embarcação (veleiros e barcos de apoio) não cadastrada no ICMBio para este fim poderá entrar no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha; • Não será permitida atividades de pesca, nos limites da APA de Fernando de Noronha, por nenhuma das embarcações envolvidas na regata, sejam elas participantes ou barcos de apoio; • Em nenhuma hipótese é permitido realizar caça submarina ou portar equipamentos para esta atividade em Fernando de Noronha; • Nenhuma embarcação poderá navegar em velocidade superior a 5 nós em profundidades inferiores a 15 metros ou na presença de cetáceos; • No máximo três embarcações de qualquer tipo podem permanecer a distância menor de 100 metros de cetáceos; • O motor de qualquer tipo de embarcação deve estar em marcha neutra ao aproximar-se a menos de 100 metros de baleia. • Uma vez em Fernando de Noronha os veleiros deverão permanecer apoitados no “polígono de ancoragem” até saída rumo ao continente.” 13.2. Tais Normas e Regulamentos deverão ser consultados na ‘Apostila de Normas Ambientais para a REFENO’ constante no material que será entregue pelos organizadores da REFENO 2015, na reunião de comandantes no dia 25/09/2015.

Quer saber mais?

IMG_0037

Navegue no site da Refeno e desfaça todas a suas dúvidas, mas só vou dizer mais uma coisa: Se tiver com vontade vá, senão, vai passar um ano amargando o sabor do arrependimento.

Notícias da XXVII Refeno

MARCA NORONHA 2015O Cabanga Iate Clube de Pernambuco, lançou o Segundo Aviso de Regatas da XXVII Refeno, que larga dia 26 de Setembro do Marco Zero no Porto de Recife. A Refeno – Regata Recife/Fernando de Noronha, é uma das mais charmosas e instigantes prova do iatismo brasileiro e para esse ano 32 barcos já garantiram presença. Seguindo o que foi anunciado na edição passada pela coordenação da prova e Marinha do Brasil, as exigências estão mais extensas. Para quem pretende participar da prova é aconselhável ler com muita atenção o edital.

11. EXIGÊNCIAS DA MARINHA

11.1. Por se tratar de uma regata oceânica, todos os barcos devem estar de acordo com as exigências da Marinha do Brasil. Só serão aceitas embarcações classificadas como Mar Aberto. Solicitamos aos comandantes participantes observarem com a máxima atenção as exigências da NORMAM 03. (www.dpc.mar.mil.br ou www.mar.mil.br). 11.2. Estarão disponíveis em breve, no link Quadro de Avisos » Exigências, no site www.refeno.com.br, a lista de equipamentos e medicamentos exigidos pela Marinha do Brasil, bem como as flexibilizações e as exigências adotadas pela Capitania dos Portos de Pernambuco.

11.3. O nome da embarcação deverá estar pintado nas boias, coletes, pirotécnicos, botes e extintores.

11.4. Será exigida de todos os participantes a Licença de Estação Navio emitida pela ANATEL.

11.5. O seguinte tópico referente ao previsto no item 0437 da NORMAM 03/DPC está pendente de flexibilização pela Marinha do Brasil para as embarcações participantes da REFENO, classificadas para navegação Mar aberto, exclusivamente quando navegando acompanhadas por navio da Marinha do Brasil (MB), inclusive no regresso de Fernando de Noronha para o continente:

11.5.1. Rádio SSB desde que possua dois rádios VHF conforme 12.6.2.

11.6. Apesar da flexibilização acima, os itens a seguir serão exigidos para todos os barcos participantes:

11.6.1. Obrigatoriamente, cada embarcação deverá portar 02 aparelhos GPS, em condições de funcionamento.

11.6.2. Além do rádio VHF fixo será exigido a cada embarcação portar 01 VHF portátil, a prova d´água ou portar um case impermeável e em perfeitas condições de funcionamento.

11.6.3. Todas as embarcações deverão portar as seguintes cartas náuticas: 22000 (Atol das Rocas e Arquipélago Fernando de Noronha), 22100 (Do Cabo Calcanhar a Cabedelo), 22200 (De Cabedelo a Maceió), 21030 (De Fortaleza a Natal) e 52 (proximidades arquipélago Fernando de Noronha).

11.6.4. Será obrigatório a utilização dos coletes Classe I de acordo com a Normam 3/DPC.

11.6.5. Todas as embarcações deverão portar um equipamento EPIRB com seu certificado a bordo, devidamente registrado pela ANATEL.​