Arquivo da tag: iate clube do espírito santo

Registros e lembranças de uma velejada

Outubro (80)

VIAGEM NO VELEIRO COMPAGNA

DIÁRIO DE BORDO

No final de outubro de 2015 embarcamos no veleiro Compagna, um Delta 36, a convite do comandante Braz, para levá-lo de Salvador a Paraty. Foi uma viagem maravilhosa em que registrei dia a dia em um diário.

20151024_09280220151024_092840

1º dia – 24/10

Saída do Aratu Iate Clube às 8horas e 40 minutos no rumo de Camamu/BA. A bordo os proprietários Braz e Cris, eu e Lucia. Vento ESE e mar de almirante. Velejada tranquila, porém, Braz e Cris tiveram leve desconforto com o fatídico enjoo, mas nada que tirasse o sossego de nossa velejada. Afinal de contas era o primeiro contato deles com o mar aberto e era de se esperar que o enjoo desse o ar da graça. Um peixe se encantou com a isca artificial e teve que ser embarcado. Chegamos à barra de Camamu com maré de enchente e às 21h20minutos jogamos âncora em frente à casa da saudosa Dona Onília Ventura, na Ilha de Campinho.

Outubro (85)Outubro (14)Outubro (40)Outubro (72)

2º dia – 25/10

Acordamos cedo, tomamos café e desembarcamos para rever e abraçar Aurora, uma das pilastras da Ilha de Campinho e, para mim, a melhor referência da Baía de Camamu. Em seguida fomos de botinho até a Ilha de Goio, onde passamos bons momentos entre banhos de mar e bate papo com o proprietário do único restaurante da pequena ilha, mais conhecido como Sr. Goio, que é uma figura. Retornamos ao Compagna para almoçar uma moqueca, preparada por Lucia com o peixe que pescamos. No fim da tarde eu e Lucia desembarcamos para despedir de Aurora e retornamos ao Compagna para o sono dos justos. Continuar lendo

Anúncios

Notícias do mar – II

IMG_0253IMG_0385IMG_043420151031_145926

Depois de passar por Camamu, Ilhéus e Abrolhos, atracamos hoje o veleiro Compagna no Iate Clube do Espírito Santo. Até aqui os ventos e o mar foram maravilhosos com a gente e nem uma pauleira que nos pegou de surpresa na segunda noite em que dormimos fundeados em Abrolhos, como também a proibição sem nenhum sentindo para o desembarque na ilha Santa Bárbara, conseguiu tirar o brilho de nossa navegada. Amanhã vamos ganhar novamente o mar no rumo do Rio de Janeiro e tomara que o tempo continue a nos acariciar.   

Uma palinha sobre o Cruzeiro Costa Leste 2014

Foto: Flotilha Costa Leste em Ilheus

Dia 04 de Julho noticiei que a flotilha do Cruzeiro Costa Leste 2014 estava atracada no Iate Clube do Espírito Santo e a postagem rendeu alguns comentários de leitores interessados em saber sobre o evento e até mandar recado para comandantes e tripulantes dos veleiros participantes. Depois de mais de dez dias em Vitória a flotilha tomou o rumo do arquipélago de Abrolhos e logo depois jogou âncora em Ilhéus/BA, conforme a imagem copiada do perfil de uma página social do velejador Ricardo Amatucci. Mas tudo isso eu fiquei sabendo garimpando nas páginas das redes sociais, porque o site e blog da ABVC, Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro, organizadora do Cruzeiro, misteriosamente não comunica uma linha sequer sobre o evento que tem como objetivo principal divulgar a vela de cruzeiro no Brasil. 

Notícias do Cruzeiro Costa Leste 2014

Cruzeiro Costa Leste

A flotilha do Cruzeiro Costa Leste 2014 já está ancorada no Iate Clube do Espírito Santo. Este ano 20 veleiro estavam inscritos para subir a costa brasileira a partir do Rio de Janeiro, com objetivo de chegar a ilha de Fernando de Noronha, mas devido aos percalços da vida, um desistiu em Búzios, outro não conseguiu sair do Rio de Janeiro e outro deve chegar atrasado a Vitória, segundo informou o velejador Ricardo Amatucci. Dezessete chegaram ao Espírito Santo e fazem festa, pois esse é o clima reinante em todas as edições do Costa Leste, que já devia se chamar Cruzeiro João Calmon Ribeiro. Janjão é um dos maiores incentivadores, uma figura fantástica, velejador apaixonado e, se não me engano, participou de todas as edições. A flotilha deve deixar o ICES dia 10 de Julho em direção a Abrolhos. 

Notícias dos mares do sudeste

IMG_0293

Foi uma boa surpresa conhecer a capital capixaba, mas infelizmente não saboreamos as famosas moquecas. Chegamos debaixo de uma noite de ventos fortes e céu nublado que dava toda pinta de uma daquelas boas frentes frias que agitam os mares do sul, mas para quem aprendeu a velejar diante dos alísios nordestinos, fazendo rotas entre o Rio Grande do Norte e Pernambuco, tudo o que vier é festa.

IMG_0296

O Iate Clube do Espírito Santo e muito aconchegante, mas tem um canal de entrada tão estreito, que qualquer olhada para o lado, por parte do timoneiro, faz com que se tenha que passar um bom tempo esperando a maré encher em cima de um banco de areia. Foi justamente o que aconteceu com a gente que chagamos a noite. O canal não tem sinalização alguma e apenas uma boia amarela e deslocada, já em frente ao clube, anuncia timidamente a presença do banco. Felizmente ele é feito de areia e bem coberto por uma espessa lama.

IMG_0301

Depois de um dia é meio atracado em Vitória/ES e ansiosos com o desenlace da situação do Timshel, tínhamos que prosseguir nosso rumo em direção ao Rio de Janeiro. O tempo mostrava claros sinais de mudanças, mas o vento continuava nordeste e o mar estava macio como um tapete. Rota cravada por fora do Cabo de São Tomé e a esperança que até lá a coisa continuasse como estava. E continuou! Passamos o famoso Cabo com ondas moderadas de 2 a 2,5 metros de altura e vento soprando de Leste, mas logo em seguida, como num passe de mágica, o vento e o mar saíram da popa do Naumi e se localizaram bem na proa. Na minha santa ignorância pensei que o barco tivesse dado um bordo involuntário, mas ao botar a cabeça para fora vi que ele continuava no mesmo rumo e a festa havia enfim começado.

IMG_0323

“Sol nascendo e se pondo amarelo é sinal de chuva e mal tempo”. Foi isso que um dia me disse a amiga Aurora, enquanto conversávamos em baixo de uma frondosa mangueira carregada lá na Ilha de Campinho. E foi justamente esse sol que nasceu nesse dia de mudança de mar e vento. Coisas da natureza e seus sinais de inteligência!

IMG_0329

Depois de 8 horas de vento e mar batendo na cara e uma noite iluminada por raios, relâmpagos e trovões, resolvi aproar o badalado balneário de Búzios, para descansar um pouco e lavar a vista com as belezas de uma região que não conhecíamos, mas que sabíamos que era muito bela . No começo de uma manhã nublada ancoramos em frente ao Iate Clube Armação de Búzios que tem a característica especial de ser exclusivamente para velejadores.

IMG_0340

Água abrigada, paisagem bonita, geografia fantástica, burburinho intenso de turistas nas ruas e vielas, bares, barzinhos, restaurantes, hotéis de luxo, pousadas e lojas de quase todas as grifes mundiais, isso é a Búzios que fez e faz a alegria dos visitantes e que nos acolheu durante a nossa ancoragem de escape. Mais alguma horas com o Naumi ancorado por aqui, hoje,15/03, retomaremos o rumo para o Rio de Janeiro.

IMG_0353

Notícias! Poucas, mas boas

IMG_0299

Pois é, faz tempo que não apareço por aqui, mas quem nos acompanha através do link ONDE ESTÁ O AVOANTE, já deve saber que estamos em Vitória/ES, onde atracamos o veleiro Naumi que estamos levando para o Rio de Janeiro. Até aqui a navegada tem sido maravilhosa, com vento a favor e tenho muita coisa para contar. Nessa velejada temos a companhia do casal Lourdes e Rolim, veleiro Compostela, que convidamos para seguir com a gente até a cidade maravilhosa.

IMG_0148IMG_0085

A primeira parada foi na apaixonante Ilha do Campinho, na encantada Baía de Camamu, para um abraço apertado na amiga Aurora, que não deixou por menos e festejou a nossa visita com muita moqueca e alegria.

IMG_0179 

De lá tomamos o rumo da bela e instigante Ilhéus de amores e paixões.

IMG_0210

Mais umas milhas a frente e mergulhamos nas águas da Praia de Santo André, um recanto gostoso e paradisíaco do gostoso litoral baiano e bem juntinho da história do descobrimento, ou achamento, do nosso Brasil.

IMG_0275

Poderíamos ter dado um pulo e ter visitado as belezas naturais do Arquipélago de Abrolhos, que fica bem na direção desse belo nascer do Sol, mas o tempo para a gente já vai ficando curto, a meteorologia anuncia mudanças e infelizmente vai ficar para outra oportunidade.

IMG_0284

Por enquanto estamos no Iate Clube do Espírito Santo, olhando atentamente para o céu e tentando decifrar o que dizem as nuvens escuras, os relâmpagos e os trovões que ameaçam mudar completamente a tranquilidade de nossa velejada.