Arquivo da tag: familia schurmann

1º Congresso on-line sobre a arte de velejar – Palestra

Quem é do mar deve saber que o site Velejando pelo Mundo está apresentando desde o dia 26/09 um inédito e bem festejado 1º Congresso On-Line Sobre a Arte de Velejar, um evento arrojado e maravilhosamente bem vindo ao mundo náutico e também para quem sonha em um dia se fazer a mar. Se você ainda não sabe, basta acessar o Velejando pelo Mundo e fazer sua inscrição 0800. Ontem, 28/09, foi minha vez de palestrar com os participantes e falar um pouco do sonho de morar a bordo. Veja o vídeo e confira! Mas antes que alguém pergunte qual o livro que me levou a enveredar pelo mundo da vela, que terminei não falando no vídeo, foi o primeiro livro da Família Schurmann, Dez Anos no Mar

Anúncios

A vela de cruzeiro

ilha das fontes (8)

A vela de cruzeiro no Brasil já é uma realidade que cresce a cada ano, mas ainda tem números tímidos em relação a países como a França que tem a maior flotilha de cruzeirista do mundo, apesar de ter um litoral infinitamente menor. Ela é feita por pessoas que procuram novos horizontes em um mundo cada vez mais desumano e injusto.

O Brasil é um dos melhores países do mundo para a prática da vela de cruzeiro. Aqui encontramos águas mornas, lugares paradisíacos, ventos constantes, mar calmo, um vasto e diversificado litoral com mais de 8.500 quilômetros de praias belas e um povo acolhedor por natureza. Tudo isso compõe um cenário tão fascinante que todo o mundo aponta a proa de suas embarcações para nossa costa verdejante.

O brasileiro que hoje descobre a vela de cruzeiro, e pula para dentro de um veleiro com a cara e a coragem, o faz com o coração aberto para o novo e vislumbra uma vida em que a realização do sonho compensa todos os possíveis sacrifícios que venha a ter no futuro.

Continuar lendo

AYSSO NOVAMENTE NA ÁGUA

Já que noticiei o encalhe, tenho a obrigação de noticiar o desencalhe. O Aysso,veleiro da familia Schürmann, já voltou para o mar com a ajuda de uma grande força tarefa que envolveu Marinha do Brasil, pescadores, amigos, colaboradores, reza, promessa e o comandante Vilfredo, que chegou voando da Bahia para coordenar a operação. Agora o Aysso vai passar por minuciosa inspeção, para ver se teve alguma avaria mais séria ou se foi apenas um grande susto. Bons ventos aos Schürmanns e águas mais profundas ao Aysso.   

O AYSSO FOI PARAR NA PRAIA

O veleiro da família Schürmann, Aysso, foi parar na areia da praia do Jurerê, Florianópolis, na última terça-feira, 18. Um ciclone extratropical que castigou o litoral catarinense no começo da semana, causou grandes estragos por onde passou. Ventos de 80km/h, com rajadas de até 102km/h e ondas de mais de 5 metros de altura, arrastaram o Aysso e mais três barcos para a areia. Vilfredo, Heloisa e filhos estavam em viagens de negócios, deixando o Aysso ficou amarrado em uma poita em Jurerê, conhecido como um local bem abrigado e seguro contra tempestades.  Ontem os Schürmanns esperavam a maré subir para ver se conseguiam colocar o Aysso novamente na água. fonte blog murillo novaes.