Arquivo da tag: cptec-inpe.previsão do tempo

Sinais

IMG_0053

A natureza tem mistérios que não se explicam, e não venha de lá com as teorias das ciências e nem com os ditames das sagradas escrituras, porque nem um, nem outro chegam nem próximo dos segredos guardados a sete chaves. Agora, se você disser que o homem do campo e o pescador, povo danado de sabedor, tem a palavra certa, eu confirmo e dou fé. – Não entendeu? – Pois lá vai o moído!

Digo o que disse aí em riba, depois de ver a chuva cair, nessa quinta-feira, 17/05, nos terreiros de Enxu Queimado e ver nos noticiários que tem chuva molhando as areias do litoral e parte do Agreste potiguar. Aí Lucia perguntou: – Amor, você que viu a previsão ontem, essa chuva estava programada? – Se estava eu não sei, mas se estava, as lentes dos satélites dormiram no ponto. Após a pergunta de Lucia me avexei a curiar no site do CPTE/INPE, coisa que faço diariamente, e lá estava um amontoado de nuvens carregadas avançando sobre os domínios de Poti. – E ontem? – Bem, ontem, à noite, tinha umas formações sobre o oceano que banha o RN, mas com indicativos que continuariam passando ao largo. – E o vento? – O vento era e continua sudeste, que “teoricamente” empurraria as nuvens para os quadrantes do Norte. – Mais “minino”, quem danado sou eu para dar pitaco em coisa que não entendo? Mas foi assim e a chuva nesta quinta-feira está boa que só vendo. Só não sei se choverá onde precisa, pois dizem que pras bandas das florestas de caatinga do Seridó, a secura está de meter medo em bicho brabo.

Todo esse bolodório foi porque vi nuvens carregadinhas de chuva farta e, sabendo que nada havia sido “combinado” com os homens que anunciam as previsões, lembrei dos bate papos que tinha com Dona Aurora, sob as sombras das mangueiras debruçadas nas margens da Ilha de Campinho, Baía de Camamu/BA. Foi lá que em um belo dia, Aurora, com fala mansa e andar mais manso ainda, apontou para o brilho prateado do Sol, refletido sobre as águas, e anunciou que choveria no dia seguinte ou mais tardar no segundo dia, a partir dali. Pedi que indicasse outros sinais e ela disse que só mostraria no fim da tarde. Voltamos para sua casa, comemos uma moqueca dos deuses, cozinhada em fogo de lenha, preparada em panela de barro e terrivelmente apimentada. Proseamos e demos boas risadas com os babados do lugar e quando o Sol esfriou, caminhamos pela picada aberta por entre as árvores até as margens do rio. Quando o astro rei tomou rumo para desmaiar sobre o poente, com cores incrivelmente alaranjadas, Aurora falou: – Tá vendo Nelson, vai chover e muito, pois o Sol está muito puxado para o vermelho e aquele brilho que estava na água pela manhã já anunciava a chuva. Sorri por dentro e fiquei ali viajando em reflexões e pensamentos: – Dessa vez tiro a prova?

O Sol se foi, despedimos de Aurora e voltamos ao Avoante que descansava nas águas de um cenário paradisíaco. A Baía de Camamu é um paraíso! A noitinha, mirei o céu e fiquei maravilhado com o brilho intenso das estrelas. Era um brilho diferente e limpo. Parecia que as estrelas haviam sido polidas e mais vez me voltei em lembranças, dessa vez das palavras do velejador Bernard Moitessier, autor de uma bíblia para o povo do mar, intitulado “O Longo Caminho”. Moitessier, disse que aprendeu com os navegadores orientais, que quando as estrelas estavam muito brilhantes era sinal de temporal nos dias seguintes. Pronto, o firo estava fechado! – Choveu e choveu bonito por dois dias seguidos no paraíso!

Aí você pergunta: – Sim, e daí? – Pois bem, já que ajuntei um monte de história soltas e nem de longe disse o que queria dizer, vou arrematar para dar fim a prosa. Ontem, quarta-feira, 16/05, fui registrar em retratos a pescaria de arrastão das mulheres pescadoras de Enxu Queimado. Entre um foco e outro, observei que aquele sol de rachar moleira, refletindo na água os ensinamentos de Aurora e aquele céu azul com poucas nuvens, estavam trazendo recado. A pescaria das meninas ocupou minhas atenções e deixei para lá o recado da natureza. Na noite bem adiantada, fui para minha tradicional volta pelo quintal e notei que as estrelas de Moitessier estavam lá, brilhantes que só elas. – Vai chover, mas porque os satélites que estão lá em cima não dizem que sim? Choveu e com direito a relâmpagos e trovões, para ficar mais bonito!

Eh, Aurora, seus ensinamentos nunca esqueci e dificilmente esquecerei, como jamais esquecerei os dias maravilhosos que passei na Baía de Camamu, especialmente na sua Ilha de Campinho. Foi aí que escutei pela primeira vez a voz e vi o rosto da natureza. – Sabe de uma coisa, querida amiga? – Acho melhor não dizer o que ouvi, nem descrever os traços daquele rosto, pois vai que acreditam!

São 4 horas da tarde e o tempo anuncia mais chuva.

Os sinais, pare e observe os sinais!

Nelson Mattos Filho

Aviso aos navegantes

anima_alturaE a previsões climáticas no planetinha Terra continuam assustando e a costa brasileira deve enfrentar no decorrer dessa semana mais uma ressaca de dar dor de cabeça nos habitantes das cidades litorâneas e aos navegantes. Tudo causa de dois ciclones extratropical, um no Atlântico Norte, que causará um forte swell no litoral do nordeste e outro entre o Uruguai e Rio Grande do Sul, que provocará ondas acima de 5 metros entre o sul e o sudeste. A Marinha do Brasil já emitiu alerta geral. Veja abaixo o que diz os avisos do Cptec/Inpe.

Para o Nordeste:

Swell do Atlântico Norte deverá atingir Nordeste Brasileiro nesta quinta-feira (27/10)
Situação meteorológica:
Nos últimos dias um ciclone extratropical se intensificou sobre o Atlântico Norte em latitudes acima de 50N. Extensas pistas com ventos acima de 20 m/s soprando em direções entre sul e oeste o acompanharam durante um período superior a 2 dias deixando a superfície do mar muito agitada.
Ondas para o nordeste brasileiro
Os nossos modelos numéricos de agitação marítima mostram ondas com períodos superiores a 15 segundos se propagando em direção sul, geradas por este ciclone, que deverão atingir o litoral norte dos estados do Rio Grande do Norte, Ceara, Piauí, e Maranhão a partir da manhã de quinta-feira (27/10), permanecendo durante o dia seguinte (28/10), e parte do sábado (29/10). Os modelos mostram ondas com altura significativa acima de 3 metros em mar aberto e próximo ao litoral, e períodos acima de 16s. Ondas com grande período quando atingem regiões costeiras tendem a apresentar maiores  alturas significativas quando se propagam em regiões rasas devido ao efeito do empinamento. Na linha costeira dos estados mencionados, este evento poderá apresentar altura significativa acima de 5 m com grande perigo para varias atividades.
Elaborado por Valdir Innocentini

Para o Sul e Sudeste

FORMAÇÃO DE UM CICLONE EXTRATOPICAL DEIXARÁ MAR MUITO AGITADO NO LITORAL SUL E SUDESTE

SITUAÇÃO METEOROLÓGICA

Nesta quarta-feira (26/10), os modelos atmosféricos indicam a formação de um ciclone com o centro entre o RS e o Uruguai que deverá gerar uma pista com ventos fortes do quadrante nordeste ao largo da costa do RS e sul de SC com chance de rajadas de 60-80 km/h em alguns períodos. Na quinta-feira (27/10), o ciclone se deslocará para o oceano, com o sistema frontal atuando na altura de SP. A pista com ventos de nordeste será substituído por uma ampla pista com ventos fortes e muito fortes de sudoeste ao largo da costa do RS e sul de SC, que deverá perder força no decorrer da sexta-feira(28/10), quando o sistema frontal se encontrará sobre RJ e ES. No início da sexta-feira(18/10), uma pista de ventos fortes atuará ao largo da costa do norte de SC, PR e SP, perdendo força no transcorrer do dia.

AGITAÇÃO MARÍTIMA

Os nossos modelos numéricos de agitação marítima mostram que nesta quarta-feira (26/10), o mar continuará agitado ao largo da costa do RS, com ondas de leste/nordeste com alturas entre 2,5 e 3,0 metros. Ondas de leste e sudeste com alturas entre 2,0 e 2,5 metros atingirão ao largo da costa sul de SC, norte de SP e RJ.

A partir da quinta-feira (27/10) pela manhã, uma nova agitação marítima atingirá ao largo da costa sul do RS, com ondas vindo do sul/sudoeste com alturas de até 3,5 metros e em mar aberto, na altura do norte do RS e sul de SC. Com o transcorrer do dia, a agitação marítima ficará ainda mais intensa, podendo atingir ondas em torno de 4 metros ao largo da costa do RS e de 3 metros ao largo da costa sul de SC no final do dia. Haverá alto risco de ressaca na região, principalmente no litoral sul do RS. Ondas altas acima de 5 m poderão ser observadas em mar aberto.

No decorrer da sexta-feira (28/10) à tarde e o sábado (29/10), a agitação marítima chegará na Região Sudeste com ondas de sudoeste/sul, com alturas em torno de 3 metros ao largo da costa de SP e de 4 metros ao largo da costa do RJ. Haverá alto risco da ocorrência de ressacas na região. O mar deverá continuar muito agitado ao largo da costa do RS e sul SC com ondas vindo do sul/sudeste com alturas em torno de 4 metros. A direção destas ondas aumentará o perigo de ressacas em boa parte da região.

A agitação marítima tenderá a diminuir ao largo da costa do RS e sul de SC a partir do final do sábado (29/10) e ao largo da costa de SP e RJ a partir da tarde do domingo(30/10).

Texto elaborado por Rosio Camayo e Marcos Vianna.

Aviso aos navegantes

anima_alturaEh, o mar não está fácil na costa brasileira nos próximos dias! Ondas altas e ventos fortes desaconselham aqueles que pretendem navegar, principalmente em pequenas embarcações. O alerta é valido aos turistas e pescadores que se aventuram a caminhar pelos arrecifes e pedras dos molhes, em busca de uma boa imagem para passar aos amigos, no caso dos turistas, ou de conseguir o melhor local de pesca, que é o caso dos pescadores. Mar de ressaca é um perigo e deve ser respeitado por todos. No último domingo, 24/07, dois amigos, que pescavam sobre um cinturão de arrecifes no litoral sul do Rio Grande do Norte, foram tragados pelas fortes ondas e perderam a vida. Ainda não vi, mas a Marinha do Brasil, através das Capitanias dos Portos, deverá manter o aviso aos navegantes que havia sido divulgado no dia 25/07. Os satélites do Cptec/Inpe preveem ondas de até 4 metros para os próximos dias e ventos acima dos 20 nós. A imagem abaixo mostra a previsão para o litoral de Recife/PE até o dia 31 de julho. 

image

Boas novas vindas do espaço

MSG4Boas novas para o mundo náutico: Essa é a primeira imagem enviada do espaço pelo satélite meteorológico MSG-4, lançado em 15 julho pelas Agência Espacial Europeia, Eumetsat e indústria espacial europeia. O MSG-4 é o quarto satélite geoespacial da serie Meteosat de Segunda Geração (MGS) e quando entrar oficialmente em operação fornecerá dados meteorológicos de alta precisão. Vamos aguardar!

É muita água sobre a capital baiana

 

IMG_0095

São Pedro resolveu abrir as torneiras sobre a cidade de Salvador/BA hoje, 22/05. Alias, faz mais de quinze dias que o Santo administrador das torneiras do Céu ameaça despejar águas sobre a cidade do Senhor do Bonfim, mas a intenção vinha sendo disputada na cana de braço com o Sol e a coisa ficava assim meio sei lá. Hoje São Pedro resolveu mostrar quem manda e deu um chega prá lá no astro rei e mandou ver. É muita água e trovoada! Veja o que mostra o satélite e o que diz o CPTEC/INPE para todo o Brasil: 

Frente fria causa chuva intensa e queda de temperatura no Sul do país.
Nesta quinta-feira (22/05) uma frente fria avançará pelo Sul do Brasil e pelo MS provocando muita nebulosidade e chuva localmente forte, principalmente entre o norte do RS, SC, PR e no oeste e sul do MS. As chuvas deverão vir acompanhadas de raios, ventanias e não se descarta a ocorrência pontual de queda de granizo. esta frente deverá provocar queda significativa das temperaturas no Sul do país nos próximos dias. Pancadas de chuva fortes de forma localizada também são esperadas no oeste e sul de SP e ao longo do dia a instabilidade aumentará pelo centro e leste de SP.
Obs: Texto referente ao dia 22/05/2014-11h53

REGIÃO NORDESTE

22/05/2014: No litoral norte da BA e extremo sul de SE: muitas nuvens e chuva. No norte e noroeste do MA: nublado com pancadas de chuva. No extremo sul da BA: sol e poucas nuvens. No sul do MA e do PI e nas demais áreas da BA: predomínio de sol. No nordeste da BA e demais áreas da região: possibilidade de chuva. Temperatura estável. Temperatura máxima: 33°C no PI.
23/05/2014: No litoral da BA: muitas nuvens e chuvas isoladas. No extremo oeste e litoral do MA, litoral do PI e litoral do CE: nublado com pancadas de chuva. No sul e oeste da BA: sol e poucas nuvens. No noroeste da BA e sudeste do PI: possibilidade de pancadas de chuva. Temperatura estável. No centro-leste da BA e litoral de SE e de AL: possibilidade de chuva. Nas demais áreas da região: sol entre nebulosidade variável. Temperatura máxima: 34°C no PI. Temperatura mínima: 18°C no sudoeste da BA.
Tendência: No sul, sudoeste e oeste da BA: sol entre nebulosidade variável. No oeste e norte do MA, norte do PI e norte do CE: nublado com pancadas de chuva. No litoral de AL e de PE: muitas nuvens e chuvas isoladas. No nordeste da BA, em SE, demais áreas de AL, leste de PE, na PB e no RN: nublado com possibilidade de chuva. No centro-sul do PI: possibilidade de pancadas de chuva a partir da tarde. No norte do CE e demais áreas do PI e do MA: nebulosidade variável e pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas da região: possibilidade de chuva. Temperatura estável.
Elaborado pelo Técnico em Meteorologia Filipe Oliveira.
Atualizado 22/05/2014 – 11h58

É chuva!!!

mapserv (1)mapserv

A tarde dessa Sexta-Feira, 20/12, está sendo de muita água sobre Salvador/BA. Chove torrencialmente sobre a capital baiana e raios, relâmpagos e trovões fazem uma verdadeira festa de arromba. A imagem do satélite não promete refresco de cacau e nem acarajé a ninguém para as próximas 24 horas. Muita chuva ainda vai cair pelo Brasil nesse final de semana e o verão começa amanhã.   

Olhe o tempo!

imagem

 

 

 

 

 

 

Para quem pretende incluir uma boa velejada no final de semana, ou mesmo marcar um bom churrasco com os amigos, é bom dar uma olhada no que diz as previsões do tempo.

Umidade baixa no Centro-Sul e chuva no litoral do Nordeste Brasileiro

Nesta sexta-feira (30/08) a massa de ar seco ainda mantém o tempo aberto em parte do país. No Recôncavo Baiano e entre o litoral de PE e de AL, haverá acumulado significativo de chuva em algumas áreas. A umidade do ar poderá ficar abaixo dos 30% em áreas do Centro-Oeste, parte do sul da Amazônia, oeste da BA, centro-sul do PI, do MA, grande parte do PR, do RS e centro-oeste de SC. Nestas áreas o risco de focos de incêndio estará elevado.

Obs: Texto referente ao dia 30/08/2013-11h44 – CPTEC/INPE