Arquivo da tag: ciclone extratopical

Aviso aos navegantes

mapserv (1)

A natureza é um bichinho birrento, mas nunca deixa de sinalizar seus passos. Faz dias que as previsões anunciam que um poderoso ciclone anda recrutando exércitos sobre o oceano Atlântico para bagunçar o coreto por entre as terras das famosas moquecas capixabas e baianas. O aviso veio, voltou, ficou em banho maria, ameaçou e tudo indica que vem, porém, assim meio sei lá. A Marinha do Brasil emitiu aviso aos navegantes orientando que não se façam ao mar, porque a cruviana tem cara de valente e vem soprando ventos de mais de 70 quilômetros por hora. O reboliço que é mostrado pelas lentes dos satélites e  assustador, mas por enquanto a turma do deixa disso tem conseguindo manter o grosso da fuzarca meio que estacionada sobre os domínios de Netuno. Tomará que a coisa seja leve, pois já temos problemas demais para resolver. Fica o aviso e quem avisa amigo é!   

Anúncios

Formação de ciclone extratropical

blaA semana começou com as redes sociais anunciando que um ciclone extratropical de grande proporção estava se formando sobre o mar da região Sul e como sempre acontece nesses casos, a cada nova informação o bicho tomava marra e agora é chegada a hora de tirar a prova dos nove, porque a pauleira está prometida para amanhã e domingo, véspera e dia de uma das mais barulhentas eleições  brasileiras, que por si só já é um furacão. Sobre o ciclone, que ainda não tem apelido, os “meninos” do CPTEC/INPE falam assim:     

A formação, intensificação e o avanço de um ciclone extratropical entre o sábado (27/10/2018) e domingo (28/10/2018), na faixa leste da Região Sul do Brasil, ocasionará mudanças significativas no tempo entre o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná, principalmente em regiões próximas ao litoral. Entretanto, nos últimos dias, os modelos de previsão numérica estão simulando diferentes posicionamentos e intensidades da área de baixa pressão, associada ao ciclone extratropical. Em virtude desta divergência de gênese, podemos observar na ilustração que, enquanto alguns modelos aproximam o ciclone próximo a costa do Rio Grande do Sul e se afastam gradualmente para leste/sudeste em direção ao mar aberto, outros modelos de previsão se distanciam da costa e se deslocam mais ao norte. O local de formação do sistema será decisivo para observação de tempo severo ao longo do sábado e domingo, ou seja, quanto mais próximo do litoral maiores serão os danos provocados pelas mudanças no tempo. Esse ciclone extratropical terá potencial para ocasionar acumulados significativos de precipitação, fortes rajadas de vento e agitação marítima, mas como informado anteriormente depende de seu local de formação, pois quanto mais afastado da costa menor as chances de tempo severo sobre a faixa leste da Região Sul e Sudeste.