Arquivo da tag: cerveja

Dilúvio de cerveja

The_manor_house_of_Toten_Hall_-_1813Essa história está no Wikipédia, mas quem enviou foi o amigo Eugênio Vilar, caboco que conheci sob a varandinha de minha cabaninha de praia e não saiu mais do coração. – Eugênio pai, vou contar esse moído, mas antes quero agradecer pela garrafa de cachaça Doministro, que tomei faz tempo, viu! Pense numa cachaça boa! Tem gente que joga na loteria toda semana na esperança de tirar uma fortuna para realizar o desejo de encher uma piscina de cerveja gelada para dar um mergulho. – Não resmungue não, pois cada qual com seu sonho! Mas em Londres, em 17 de outubro de 1814, aconteceu um dilúvio de cerveja e o resultado não foi o que espera os desejosos apostadores brasileiros. Tudo aconteceu quando um tonel com 610 mil litros de cerveja da cervejaria The Meux e Brewery Company rompeu e num efeito cascata fez romper outros toneis, espalhando pelas ruas uma avalanche de mais 1,5 milhões de litros da “loura quente”. A onda derrubou muros, destruiu casas e causou a morte de 18 pessoas. O reboliço foi grande e a ressaca da empresa foi ainda maior, pois ela foi levada as barras dos tribunais e entre uma roda e outra, o júri considerou que a tragédia foi um “ato de Deus” e que por isso ninguém foi responsabilizado. – Como é? – Isso mesmo! Como ressaca é ressaca, a empresa por causa do acidente quebrou, quebrando e ainda foi condenada a pagar os impostos da cerveja derramada e aí foi briga feia, com direito a discurso no Parlamento, apostas nos bares, jogo de porrinha, mas no final, alguém pediu um chá de boldo, outro pediu chá de camomila e a turma do deixa disso aprovou que os impostos fossem devolvidos e assim, a cervejaria juntou o apurado e voltou a funcionar para alegria dos papudinhos e tristeza dos que perderam entes queridos e casas. A foto que abre a postagem não é da cervejaria, mas da freguesia de St. Giles, onde tudo aconteceu. E quem quiser que conte outra!