Arquivo da tag: águas tranquilas

Por que tem que ser assim?

IMG_0044IMG_0045IMG_0051

A cidade de Salinas da Margarida, localizada defronte a foz do histórico Rio Paraguaçu, é uma das joias do Recôncavo Baiano. A bela cidade/praia, de águas tranquilas e por isso dotada de um fundeadouro maravilhoso, é reconhecida por retirar de suas areias brancas uma boa parcela da produção de mariscos que abastece a capital baiana. Adoro ancorar o Avoante em suas águas para me deleitar da paz e tranquilidade que paira sobre o lugar. Mas ultimamente tenho ficado entristecido ao jogar âncora por lá e sinceramente não entendo por que as coisas tem que ser assim. O problema é com a última foto que ilustra essa postagem, em que aparece o píer da cidade praticamente destruído. Há mais de um ano tapumes de madeira cercavam toda a passarela da ponte dando a entender que o equipamento estava passando por reforma. Os tapumes foram retirados e para minha surpresa tudo continuou como estava: Passarela e píer abandonados, perigosamente sendo utilizado pela população e por navegantes que chegam a cidade. Um píer flutuante como o que equipa a ponte de Salinas custa uma pequena fortuna e vê-lo abandonado e jogado ao deus dará é no mínimo um crime que precisa ser reparado e combatido pelas autoridades competentes. Por que as coisas em nosso país tem que ser assim?

Anúncios