Arquivo da tag: ABVC

Aviso aos navegantes e afins

Encontro 2019CCL 2019

A Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro, faz o lançamento dos principais eventos do seu calendário oficial, o Encontro Nacional, em sua 17ª edição, e o Cruzeiro Costa Leste, edição 2019. Não perca o rumo!

Anúncios

O novo timoneiro da ABVC

DSC_0313DSC_0341DSC_0350Em noite de festa e confraternização a Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro – ABVC, diplomou sua nova diretoria para o biênio 2017-2018 tendo o paulista Paulo Fax como novo presidente, que terá como missão manter o barco no rumo e dar seguimento a dos mais desejados produtos, dessa entidade que fortaleceu a vela cruzeiro no Brasil, que é o Cruzeiro Costa Leste. Desejemos bons ventos e mares tranquilos ao novo timoneiro.

O recorde da Refeno

O programa Bahia Náutica, exibido por uma emissora de televisão da Bahia e apresentado pelo jornalista e velejador Denis Peres, foi durante muitos anos uma referência para a náutica baiana, mas estendia seus tentáculos pelo mares do Brasil, até sair do ar por volta de 2009. Boas entrevistas e uma excelente e diversificada pauta de assuntos ligados ao mar, davam uma excelente audiência ao programa. Digo isso porque certa vez fomos entrevistados e não era raro sermos reconhecidos nas ruas de Salvador como o casal da entrevista. A edição da Refeno de 2007, Regata Recife/Fernando de Noronha, teve seu recorde cravado pelo catamarã baiano Adrenalina Pura, com 14h 34 min 54s, e média de velocidade, 20,4 nós, que perdura até hoje, 09/09/2016, e o programa Bahia Náutica registrou tudo. A próxima edição da Refeno larga dia 24 de setembro do Marco Zero, no Porto do Recife, e quem sabe não surja daí um novo recordista. Fonte do vídeo: Youtube

Encontro Nacional da ABVC

abvc..abvcA ABVC – Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro – realizará entre os dias 26 e 28 de maio, na Marina Bracuhy, Angra dos Reis, o seu 14º Encontro Nacional. O evento é aberto a todos que desejarem participar e não somente a associados da entidade. As inscrições podem ser feitas diretamente no site: abvc.com.br

Programação

Palestras

  • Volta da América do Sul – José Zanella e Eduardo Zanella – Volta da América do Sul no sentido anti-horário no veleiro Guga Buy, com contorno do Cabo Horn.
  • Ubatuba à Argentina em um 33 pés e a conserva de alimentos – José Spinelli Neto – Relato da navegação à vela feita pelo velejador José Spinelli Neto de Ubatuba até a Argentina no final de 2015. Também irá comentar as técnicas de conserva de alimentos que utilizou.
  • Pintura de barco: obras vivas e mortas – Raymond Granthan – Como identificar as necessidades de reparo em cascos de fibra de vidro bem como realizar a sua manutenção. A palestra abordará de forma prática as melhores técnicas para realizar a pintura de costados, decks e a pintura do fundo (obras vivas).
  • Velas em ventos de través a popa – Gabriel Borgstrom – Nesta palestra serão apresentadas as velas que podem ser utilizadas em ventos de través, alheta e popa e sua regulagem. Além disso, serão apresentadas dicas de manutenção de vela com vista a aumentar sua durabilidade.
  • Homem ao mar e velejada em capa – José Spinelli Neto – Nesta apresentação em auditório, serão apresentadas as técnicas de capear e de resgate de home ao mar.
  • As aventuras do veleiro Red Max (palestra em ingles) – Bastiaan Van Rijswijk – Bate papo com os tripulantes do veleiro RedMax sobre as aventuras e descobertas realizadas a bordo.
  • Combulstível para embarcações – Décio Magioli Maia – Quais as diferenças do diesel rodoviário para o marítimo? Quais as implicações do uso de biodiesel no mundo náutico? O que é o número de cetano do diesel? DIESEL VERANA, sua aditivação exclusiva, seus benefícios para o usuário e sua embarcação. Ensaios de campo com o Diesel Verana. Cuidados com o óleo diesel. Lubrificantes LUBRAX linha náutica.

Oficinas

  • Equipamentos eletrônicos de navegação – Walter Jean Claude Michel – Conheça os equipamentos eletrônicos para navegação 
  • Instrumentação náutica opensource – José Eduardo de Mello Freire – Graças a navegadores do mundo todo, uma infinidade de projetos livres torna possível montar sua própria instrumentação, com Chartploter, Sonda, Anemômetro, AIS, VHF, piloto automático etc.  Nesta oficina serão mostrados alguns projetos úteis e acessíveis aos navegadores de cruzeiro. Laptops, tablets, e celulares são bem vindos para, na medida do possível, testar os projetos.
  • Motor de popa 3,3 HP: cuidados e manutenção – Toninho Lopes – O participante terá dicas e explicações de como realizar a manutenção de motor de popa de 3,3 HP. O participante que desejar, pode também trazer seu motor de popa e realizar junto sua manutenção (neste caso deve trazer: suporte do motor, pote, pincel, pano e ferramentas).

Oficina embarcada

  • Homem ao mar e velejada em capa – José Spinelli Neto – Embarcado em um veleiro será realizada a técnica de capear e simulada a técnica de resgate de tripulante (homem ao mar).

Confraternização:

  • Jantar de abertura (26/maio)
  • Jantar de encerramento (28/maio)

Recreação:

  • Gincana com botes
  • Quizz náutico
  • Karaokê
  • Recreação para as crianças até 10 anos (dias 27 e 28, das 9h00 as 13h00 e 13h00 as 18h00)
Expositores
  • North Sails
  • Coninco
  • Dream Yacht Charter
  • Latitude Charter & Guias
  • International
  • CSL Marinharia
  • Sailabout

Vem aí o 5º Cruzeiro Costa Sul

logo-costa-sul-2016

A ABVC – Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro – lança a quinta edição do Cruzeiro Costa Sul que acontecerá apos o carnaval de 2016. A flotilha largará de Paraty com destino a Santa Catarina, passando por lugares como Canal do Varadouro, São Francisco do Sul, Cananéia, Itajaí e Florianópolis. As inscrição será no site da ABVC a partir do dia 15 de dezembro. 

Olhe a pizza!

20151110_20512920151110_212156

Como domingo é dia de pizza, vou lembrar de uma rodada dessa delícia da cozinha italiana na Marina Bracuhy, durante nossa estadia por lá no começo do novembro, e que reuniu um grupo afinado de bons amigos da vela. Tudo começou quando Mara Blumer comentou sobre um forno que havia acabado de ser construído em um dos blocos do condomínio, debruçado nas margens da enseada do Bracuhy, e que a turma pretendia inaugurar em grande estilo. Lucia falou que eu era um excelente pizzaiolo – na visão apaixonada dela – e assim Mara pegou na palavra, engrenou a primeira e atiçou a gula da galera que comprou a ideia de imediato. Não sei porque, mas velejador de cruzeiro adora um reboliço.

20151110_18183720151110_185427IMG-20151110-WA0014Novembro (193)20151110_185353Novembro (198)20151110_205212

Foi uma noitada típica de velejadores em que cada um colaborou com um pouquinho para o sucesso da empreitada, mas não poderia deixar de destacar a ajuda providencial de Celso, veleiro Blue Bird, como forneiro, Mara na assistência geral, Lucia na coordenação e preparação dos sabores, Hélio nos pitacos, Ivan nas observações sintéticas, a síndica Tereza que cedeu o espaço e aos abnegados comensais que aprovaram a receita da massa e se esbaldaram no regime de engorda. Basta ver a felicidade estampada no rosto de cada um.

 

 

Bowteco – um bar que é a cara da vela de cruzeiro

Novembro (173)20151109_155534

Tem certas coisas que é a cara de outra e por mais que a gente tente dissociar uma da outra dificilmente conseguiremos. Proa em inglês é Bow e teco sinceramente juro que não sei a tradução, mas se juntar os dois fica BowTeco e nada mais original um bar com nome de Bowteco em um lugar que é cara da vela de cruzeiro no Brasil. Foi sobre as mesas e diante de boas cervejas geladas desse barzinho gostoso, que surgiu a ideia de um encontro de cruzeiristas anos atrás e daí para criação da ABVC – Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro – foi apenas questão de subir as velas e seguir o rumo, coisa que todo velejador sabe fazer com louvor. Nas nossas andanças pelos mares do sudeste a bordo do veleiro Compagna, prometemos que assim que desembarcássemos iriamos dar um pulo no Bracuhy para abraçar o casal Hélio e Mara, veleiro MaraCatu, e cumprimos a promessa. Porém, ir ao Bracuhy e não ir ao Bowteco, nem que seja para tirar um retrato, é um pecado que um velejador de cruzeiro jamais deve levar para o Céu e para não ter que chegar lá em cima devendo, fomos ao aconchego do barzinho dos velejadores e ainda tivemos a alegria de sermos recebidos pelo Hugo Nunes, proprietário do recinto. Alguém a de perguntar pela foto da cerveja, mas digo que tomei sim e só não vou postar para não dar água na boca. O Bowteco fica estrategicamente localizado na barra de acesso ao canal do Bracuhy e se você quiser tirar a prova dos nove do que estou falando, vá até lá e comprove.