Arquivo da categoria: Notícia

E o satélite virou balão

10161125613305

Que satélite que nada, o artefato que caiu no matagal próximo de um assentamento no munícipio de São Miguel do Gostoso,/RN, e que foi noticiado aqui como sendo parte de um satélite da NASA, é na verdade um balão da Google para levar internet a lugares remotos do planeta e faz parte do Projeto Loon, que teve início na Nova Zelândia em 2013. Vários desses balões já despencaram por aí, e o de Gostoso é apenas mais um. Pronto, está desfeito o nó.

De olho no vento e no mar

superficie_abaA semana chegou trazendo ventos fortes e mar agitado no litoral brasileiro. Em Natal/RN as rajadas batem fácil os 28 nós de velocidade, o que não é diferente dos outros estados mais ao Sul da região. Na Bahia, a amarração de uma boia de sinalização marítima, localizada a pouco mais de 5 milhas da costa, rompeu e o acessório foi parar nas areias da praia do Rio Vermelho. Os sites meteorológicos anunciam mar de ressaca com ondas que devem alcançar os 5 metros de altura em alto-mar, situação que requer atenção do navegante e, para segurança, que a ida ao mar seja abortada. Todo esse salseiro se deve a um sistema frontal de alta pressão de origem polar, que os meteorologistas chamam de anticiclone, que deve durar até sábado, 08/07.      

Aviso aos navegantes

area_sarA Marinha do Brasil  informa que duas embarcações estão desaparecidas entre o Rio Grande do Norte e Ceará, para isso pede que os navegantes  mantenham alerta máximo.

SAR 0087/17
NORTE DE BARROQUINHA CARTA 21700 (INT 2110) LUNA E IJOSHUA DESAPARECIDA 3 TRIPULANTES A BORDO ULTIMA POSICAO EM 02-35.17S 041-22.37W EM 04 JUL 17 SOLICITA-SE AOS NAVEGANTES DA AREA PROCURAR, AVISTAR, ASSITIR E INFORMAR

SAR 0086/17
NORTE DA PONTA CAICARAS CARTA 21900 (INT 2112) JANGADA DESAPARECIDA 02 TRIPULANTES A BORDO ULTIMA POSICAO EM 04-43.13S 035-58.37W EM 03 JUL 17 SOLICITA-SE AOS NAVEGANTES DA AREA PROCURAR, AVISTAR, ASSITIR E INFORMAR

E o mar continua lindo

ad7e03f8-3707-4be5-9260-fad3e6288572A notícia que um veleiro foi abordado e saqueado nas proximidades da Fortaleza da Barra, Guarujá/SP, dia 03 de junho, sacudiu os grupos de mídias sociais Brasil afora e foi um prato cheio para aqueles que olham para o mar e só enxergam os reflexos dos traumas urbanos. Claro que essa violência sem controle que assola o país reflete em todos os lugares, mas digo sem medo de errar, que o mar continua o mesmo paraíso de outrora e os casos que acontecem com navegantes amadores são tão raros que nem constam nas estatísticas policiais. Dia desses perguntaram se eu ainda voltaria a morar em um veleiro e nem titubeei em responder que sim. O que ouve no Guarujá foi ação de malandros pé de chinelo, devido a inexplicável e irresponsável falta de fiscalização e ausência de um grupamento de patrulha costeira. Casos semelhantes acontecem em Angra dos Reis, Bahia, Natal, Cabedelo, Recife e até na baixa da égua, mas, sinceramente, é um caso hoje, outro tempos depois. Certa feita, na capital do Frevo, um amigo teve seu veleiro invadido no canal de acesso ao Cabanga Iate Clube e a pouco menos de 100 metros do clube, mas nem por isso deixou de velejar e curtir a vida ao sabor dos ventos. Caso muito semelhante ao acorrido com o paulista. Já vi velejador esbravejando nas redes sociais, depois da notícia de um assalto em uma embarcação nas águas do Senhor do Bonfim, e dizendo que Deus o livrasse de nunca passar nem próximo da Bahia e ele não aconselharia ninguém a ir. Por curiosidade bisbilhotei em seu facebook e notei que ele navega pouquíssimo, vive aterrorizado com tudo e jamais deixou para trás as águas da Baía da Guanabara/RJ. Com certeza ele nunca navegará no melhor mar do mundo, que é o mar da Bahia! Sou solidário com o velejador assaltado no Guarujá e até sinto a dor do seu susto, mas digo que levante as velas e siga no rumo da venta em busca de novos e felizes horizontes, pois é assim que fazem os grandes marinheiros. Fonte: G1         

Chineses inauguram parque solar flutuante

x1.jpg.pagespeed.ic.jp20LKVJ7Y

Os chineses, que são considerados o povo mais poluidor do mundo, dá mostra que deseja acabar com essa má fama e passa a bola para os americanos, do galego do topete, que arrota verborragia contra os recentes acordos para melhorar o clima do planeta. Pois bem, os chinas mostram ao mundo a sua segunda usina flutuante de energia solar e a maior delas, com capacidade de produzir 40 Megawatt, energia que pode facilmente abastecer uma cidade com 15 mil residências.  Além de utilizarem águas dos lagos para a implantação de parques solar, os chineses já construíram a maior usina solar do mundo que é o  Parque Solar Longyangxia Dam, com uma área instalada de 25 quilômetros quadrados. Recentemente um grupo chinês assinou protocolo de intenção com o governo do Rio Grande do Norte para construção de uma fábrica de painéis para um futuro parque solar na região do Mato Grande, que tem instalado em suas terras o maior parque eólico do Brasil.  Pois é, apesar de toda desgraceira que se noticia por aí, muitos países sonham com um futuro melhor. Agora uma dúvida do meu amigo Paulo Menezes Guedes: “E o impacto ambiental desses parques flutuantes? Será que eles não criam zonas de sombras para o bom desenvolvimento da vida marinha?” Boa pergunta! Fonte: O Globo       

De olho no tempo

mapservEssa é a imagem enviada pelo Satélite GOES 16, que ainda está em fase de teste, mas  que já envia informações precisas de como está o tempo em nosso planetinha azul. O boletim do CPTEC/INPE diz que:   Nesta terça-feira (30/05), a chuva persiste em parte do leste do Nordeste e o tempo também continuará instável em boa parte do Sul do Brasil. Nestas regiões, novamente, haverá condição para elevados volumes acumulados de precipitação ao final do dia. Em GO, centro e oeste de MG, oeste da BA, centro e norte de SP e sul do TO a umidade deverá ficar abaixo de 40%. Para quem vai ao mar é bom observar os procedimentos de segurança e os equipamentos de salvatagem, porque as ondas estão com agitação moderada e com altura entre 2 e 2,5 metros, que numa situação de instabilidade meteorológica, a coisa pode mudar de humor de uma hora para outra. 

Mergulhadores resgatados na Flórida

Mar-Mergulhadores-Resgate-696x392Dia 24 de maio sete mergulhares, na Flórida/EUA, foram pegos por uma correnteza e arrastados para distante da embarcação que os dava apoio. Dois foram encontrados pela equipe do barco, porém, cinco deles ficaram a deriva e somente foram resgatados com ajuda de equipes de resgate, isso porque se utilizaram dos sinalizadores, conhecidos como salsichão de mergulho e foram facilmente avistados. Aí fico pensando numa conversa que tive com um amigo que gosta de se aventurar pelas maravilhas do fundo do mar. Na ocasião observávamos uma garrafa avermelhada se movimentando sobre o mar e perguntei se seria um mergulhador. Ele disse que sim, mas falou também que aquilo era uma besteira e que não tinha necessidade num lugar daquele  com pouquíssimo movimento de embarcação. Olhei para ele incrédulo diante daquela resposta e para não entrar em polêmica, preferi abrir mais uma cerveja e mudar de assunto. Fonte: Brasil Mergulho