Coisas que passam longe das redes


mais-modernos-os-satelites-vao-substituir-outros-dois-lancados-em-2002-1527028351181_615x300 Gastamos água a vontade e sem medida? – Claro que sim, pois somos “homens sábios” e nada pode nos frear! Quando assistimos aqueles filmes com roteiros de guerras pela posse de uma simples pocinha de água barrenta, onde guerreiros andam montados em assustadoras latas velhas e armados até os dentes com facas, bazucas e mais alguma coisa que tiver ao alcance da mão, somos levados a achar que tudo não passa da mais pura ficção. – Será que algum dia a humanidade chegará a tal estado de calamidade? – Duvida? – Duvido não! Desde 2002 a água no planeta, principalmente as geleiras da Groenlândia e da Antártica, são monitoradas por satélites da missão GRACE, lançados em conjunto pelos EUA e Alemanha, e muito do que se sabe hoje sobre os mananciais, sabemos graças a eles. Na última terça-feira, 22/05, os bisbilhoteiros espaciais foram substituídos por versões mais modernosas, denominada missão GRACE-FO, que além das geleiras polares, ajustarão suas lentes para cascaviar oceanos, subterrâneos, lagos, rios e, se brincar, até cacimbão cavado em quintal de casa, com o objetivo declarado de medir e gerenciar as gotas sagradas que entregaremos as gerações futuras. Os “satélites da água” foram lançados pelo foguete reutilizável Falcon 9, que como bom cargueiro, levou também cinco satélites da rede de comunicação Iridium.    

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s