Surf em alto mar no Rio Grande do Norte


Point de surf no RN. Crédito Rogerson Barroso

Desde que enveredei pela vida no mar a bordo de um veleiro, não canso de afirmar, e sem medo de errar, que o litoral brasileiro tem belezas e riquezas difíceis de serem encontradas em outros lugares do mundo, porém, infelizmente, ou felizmente, não sabemos aproveitar e nem procuramos saber. Talvez seja até melhor, porque assim retardaremos o violento processo de agressão a algumas das muitas maravilhas da natureza que existem em nosso território. Dia desses, navegando nos mares da internet, me deparei com uma matéria, de novembro de 2015, no site Surfar, em que falava de um segredo em alto mar localizado no mar do nordeste. Pela bela imagem acima, que também abre a matéria da Surfar, fui devorado o texto em passos lentos, na tentativa de descobrir onde ficava o tal segredo, já que era no litoral do Rio Grande do Norte. Pelas imagens que se seguiam ao texto, logo percebi que a base da “expedição” era a península de Galinhos e o segredo devia estar situado em alguma das urcas em frente aquele pedaço de paraíso. Mostrei as fotos ao amigo de fé e pescador Manoel Correia, da praia de Enxu Queimado/RN, conhecedor como poucos dos segredos daquele mar, e ele disse que das duas uma: Ou seria a Urca do Tubarão, ou a Urca da Pedra Seca, porém, ele apostava no Tubarão. E Manoel disse mais: De Enxu Queimado a Galinhos existem várias urcas que oferecem todas as condições para a prática do surf da melhor qualidade, inclusive, na Urca da Cotia, em frente a Enxu e a 8 milhas da costa, as ondas são mais perfeitas e maiores do que no Tubarão e na Pedra Seca – conhecida também como Urca das Oliveiras. Marquei com ele para ir até lá e em breve mostrarei as fotos e comentarei o que vi. Pois é, o litoral brasileiro tem pareia não! Veja a matéria da Surfar no link sublinhado.        

Anúncios

3 Respostas para “Surf em alto mar no Rio Grande do Norte

  1. Amigo Nelson, pode apostar que é na Urca de Tubarão, pouco antes de Galinhos para quem vem do Norte. Uma ocasião no meu catamarã Sterna P vindo do Maranhão muito fora e cansado de tanta orça resolvi arribar para o pernoite em Galinhos. Justamente entre duas urcas fui surpreendido por uma onda dessas imensas, não tive outra opção senão continuar surfando no catamarã de 40 pés com vento quase a popa 120¤ numa velocidade superior a 20 nós. Isso sem nenhuma embarcação por perto, se tivesse atravessado com certeza que ficaria com as quilhas pra cima.
    Foi um surf e tanto e um imenso susto. Mas Cheguei inteiro a Galinhos.
    Depois, comentei com pessoal em Natal e Cabedelo dessa onda de surf em alto mar do litoral do Rio Grande do Norte, mas escutaram com desconfiança. Mas fiquei intrigado com esta onda.
    Em 2007 com o mesmo catamarã BV 40 , o Sterna P., lá víamos do Maranhão para participar da Refeno, então desta vez intencionalmente queria encontrar novamente com esta onda surpreendente. Velejava bem fora das Urcas, tinha no GPS a marcação dessa Urca e refiz o caminho, vento fresco da tarde, boa velocidade mas até aí tudo bem, quando em cima das 14 h avistei os arrecifes da Urca e subitamente lá veio a minha onda. Novamente um prolongado Surf de alto mar!
    Com certeza essa onda nos dias de ventos fortes e marés baixa, ela vai sempre aparecer.
    Observe na carta, vem de 400 metros de profundidade, sobe para 200, 60 e na Urca a profundidade por onde passei tinha menos de 4 metros de profundidade, como não ia formar uma ondas daquelas.
    E tenho as testemunhas para confirmar. Bons Ventos.
    Sérgio Marques

    Curtir

    • diariodoavoante

      Caro amigo maranhense, comedor de arroz de cuxá com umas cervas geladas, que bom ler esse comentário tão enriquecedor. Vou publicar na página inicial, viu! Abraços,

      Curtir

  2. Pingback: Comentário sobre a onda potiguar | Diário do Avoante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s