Chegamos ao fundo do poço


ciencia-lixo-no-oceano-20160423-003Cientistas britânicos divulgam resultados de pesquisas feitas nas fossas abissais das Marianas e de Kermadec, que tem mais de 10 quilômetros de profundidade, no Oceano Pacífico, que confirmam que a poluição causada por nós humanos, senhores do caos e da razão, chegou aos profundezas e em altos níveis de poluentes orgânicos persistentes, conhecidos como POPs. Segundo os estudos, o grau de poluentes encontrados nas fossas do Pacífico é 50 vezes maior do que os encontrados no rio Liaohe, um dos mais poluídos da China. Desse mal não escapam nem os crustáceos que vivem nas fossas Mariana e Kermadec, porque o grau de contaminação se iguala aos que vivem nas áreas mais poluídas do mar do Japão. Porém, os homens das ciências dizem que achar os POPs nas profundezas oceânicas não foi surpresa. A surpresa foi a alta contaminação da fauna. A latinha inocente da imagem acima foi encontrada em 2016 a mais de 4.900 metros de profundidade, na borda da fossa Mariana. Aonde vamos parar eu não sei, mas que um dia a bomba vai explodir, isso vai. Será dia 16/02? Fonte: Veja ciência 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s