Uvas papa-jerimum


Uvas de Parazinho. Ft.Moraes Neto (24).Moraes_Neto

Esse nordeste é mesmo feito de cabra da peste e arretado que só vendo! Pois não é que diante de uma seca cachorra da molesta e de um sol de rachar moleira, os cabocos estão colhendo uva da melhor qualidade! Mas se você acha que é lá pras bandas das pernambucanas terras banhas pelo velho Chico, onde já se produz uvas e vinhos da melhor cepa, pode crer que você está enganadinho da silva, porque essas uvas aí do retrato tirado pelo meu amigo Moraes Neto, fotografo indo e voltando, foram colhidas no munícipio de Parazinho/RN, encravado em plena região do semiárido potiguar, mais precisamente na fazenda Quixaba. Parazinho fica a pouco mais de 115 quilômetros de Natal e se vangloria de ser a terra semeadora de ventos, devido ao seu monstruoso parque de energia eólica e agora já pode até acrescentar umas uvinhas na logomarca de sua bandeira, pois a primeira colheita da fazenda Quixaba, através de um projeto do Sebrae/RN, rendeu mais de 40 toneladas de uvas verdes, que já ouvi falar que é doce como açúcar. Parazinho fica parede e meia com a praia de Enxu Queimado, e sabe de uma coisa: Vou até lá conferir essas uvas e tentar chupar um cacho tirado do pé. Se eu conseguir o feito eu digo. Fontes: agência Sebrae de notícias e blog folha de pedra grande.   

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s