Do mundo dos canaviais


20151128_133216Bebo num sinhô, di veis im quanto dô umas bicadinhas qui ninguém é di ferro! I muto menus essa matéra é prumode de jabá, pois sim um comentarim di uma mardita boa da bixiga.”

20151020_105448

Pois é, acho que já falei por aqui que de vez em quando pego o carro de apoio do Avoante e dou uma passeadas pelas bandas de Natal/RN, meu rincão abençoado e onde mora minha Ceminha. Nessas viagens, muitas vezes sem eira nem beira, vou parando aqui e acolá e tentando entender os segredos e me encantando com as belezuras que margeiam as estradas desse Brasil de meu Deus. Vejo muita coisa que até duvido que ainda esteja existindo nos dias modernosos de hoje, mas sobre isso garanto que depois falarei, mas apenas no dia que me der na telha. Hoje o assunto é cachaça e cachaça da boa. Nas minhas últimas idas e vindas estradeiras, sempre que cruzava o município alagoano de Campo Alegre, terra de canaviais a perder de vista, ficava encantado com a construção em estilo rústico e que se denunciava como uma futura destilaria. Fui e vim várias vezes, a construção ficou pronta, porém, o tempo, a hora e a estrada não me deixavam parar para espiar com mais zelo e degustar o que ali era produzido. Em outubro, depois de retornar de uma viagem a Pernambuco e com o tempo sobrando, decidi parar de uma vez por todas para conhecer o que já devia ter conhecido há muito tempo.

20151020_10481420151020_10492620151020_10501320151020_105346

O Engenho Caraçuípe merece sim ser visitado e tem muito a mostrar, inclusive para quem deseja apenas fazer boas fotografias. No espaço foi montado uma lojinha onde são vendidos os produtos da casa, de artesões da região e ainda pode-se degustar a cachaça. Como eu estava dirigindo, a tarefa da degustação foi encarada com muito “sacrifício” por Lucia, que aprovou e reaprovou. A cachaça Caraçuipe é vendida na versão prata e ouro em garrafas de muito bom gosto e que destaca o produto. Como eu estava dirigindo e não pude degustar na hora da visita, comprei as duas versões para enriquecer a adega do Avoante e de vez em quando tiro um traguinho para alegrar o paladar. 

Anúncios

2 Respostas para “Do mundo dos canaviais

  1. Minas Gerais tem também excelentes alambiques de cachaça. Só vendo (ou bebendo)….

    Curtir

  2. Ui papai!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s