Do mundo da Lua, ou melhor, de Marte


MARTE

Vou sair um pouco do mar para dar um giro pelo espaço em busca de sinais que me levem a dar de cara com algum monstrinho orelhudo e verde. Fico aqui com meus botões a me perguntar: Por que será que todo desenho, ou filme, de seres espaciais eles são apresentados como cabeçudos, olhudos, braços longos e quase sempre esverdeados? Sei não viu! Algumas vezes, quando as pessoas ficam sabendo que moramos em um veleiro e navegamos dias e noites cruzando águas bem distante da costa, surge a pergunta: Vocês já viram disco voador? – O que? Pois é, somos mesmo uma raça cheia de estranhismos e tem até quem more em veleiro. Bem, antes de ir para o espaço vou dizer que hoje aprendi uma nova palavra – isso mesmo, uma nova palavra, pois não sou tão letrado assim. Pareidolia, fenômeno psicológico que faz com que tenhamos estímulos vagos e aleatórios com relação a imagens e sons. O fenômeno faz a gente olhar uma nuvem e avistar um animal ou outra imagem qualquer. Faz também com que pessoas executem músicas ao contrário e ouçam mensagem cifradas. É muita criatividade! Vamos lá: A imagem que abre a postagem foi enviada a Terra pela sonda robótica Curiosity, que vasculha o planeta Marte em busca de algo que aposto um doce que nem os cientistas sabem o querem. Quando a imagem caiu nas mãos dos “pareidólogos” – deve ser assim que denominam os estudiosos da pareidolia – os caras saíram cascaviando cada milímetro do retrato em busca de uma mísera fonte de vida, nem que fosse um caranguejo ou uma aranha. E num foi isso mesmo que os caras viram: Uns viram caranguejo e outros viram aranha.

A imagem ampliada de onde os “pareidólogos” perceberam os pernudos é essa ai ao lado, e sinceramente, vi, revi, tornei a ver e nada de enxergar um caranguejinho sequer. O astrônomo Seth Shostak, diretor do SETI Research, tratou logo de embaçar as lentes das mentes criativas e disse que tudo não passa de uma formação natural em Marte. O astrônomo disse ainda que semanalmente recebe mensagens insinuando alguma coisa e até peças de automóveis. Eh, acho melhor voltar para falar do mar!

Anúncios

2 Respostas para “Do mundo da Lua, ou melhor, de Marte

  1. Se bobear, tá cheio de marcianos lá escondidos à espera que alguém pise em solo para ser devorado como jantar kkkkkkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s