Um lugar


um lugar

Em Janeiro de 2014 convidamos a amiga Gizana Clara para passar uns dias a bordo do Avoante e para nossa alegria o convite foi aceito de pronto. Gizana é dessas pessoas que encantam pela forma sincera de acolher os amigos, pela maneira leve de ver a vida e apreciar as belezas do mundo. Faz dias que ela mandou esse texto falando dos dias passados a bordo do Avoante e peço desculpas por não tê-lo postado antes, mas sei que ela não vai ficar de mal comigo. O lugar em questão é o portinho da Ilha de Bom Jesus e que alguns velejadores baianos chamam de Suarez. Um lugar!     

Um lugar

Como descrever um lugar? Vou tentar! Sei que existem muitos lugares bonitos, mas esse é no mínimo encantador. Coberto de beleza natural- surpreendentemente- quase intacta. Cores que hipnotiza quem passa, cores em diferentes tons se misturando e formando verdadeiras obras de arte, esculpidas e desenhadas pelas mãos divina. A vontade é de passar horas admirando tal imagem.

Neste lugar o mar te convida a mergulhar, os diferentes tons de verde que cobre as ilhas se misturam com as garças que por sua vez possuem diferentes cores tornando o lugar ainda mais encantador. Garças brancas e vermelhas, além de outras aves. Nunca vi nada igual, tudo isso entra em sintonia com as nuvens que parecem elaborar verdadeiras valsas no céu aos olhos de quem vê. E vale ressaltar que, tudo isso é de forma maviosa, é tudo tão belo que não sabemos ao certo para onde olhar e, sendo assim, a gente sente!

Para mim, que fui apenas uma tripulante e leiga, a localização exata de tal lugar é, no mar da Bahia entre 5 ilhas, ilha dos coqueiros, Santo Antônio, Bom Jesus, Frade… . E para facilitar, através da latitude e longitude, e um bom Capitão, assim chega-se em tal lugar. Lá se esquece do tempo, não se lembra de relógio, muito menos celular ou qualquer outra coisa que nos cause o distanciamento de sentir tudo isso.

Não se usa maquiagem e pouco se preocupa com IMC – índice de massa corpórea – ou quantidade de tecido adiposo de cada um, os valores são outros e a preocupação, não estava a bordo do Avoante.

Sente-se o cheiro da chuva e vê-se o vento. E como se não bastasse – não poderia deixar de citar, mesmo “sem palavras”- do espetáculo que é o crepúsculo, algo surreal que, por fotos que sejam tiradas, não há como descrever o momento, seguido por um dos episódios ou fase do dia que mais gosto e admiro: o lusco-fusco, no qual as imagens vão ficando sombreadas e à medida que vai escurecendo as coisas também vão.

E a festa?! Festa sim! Assim como tudo na vida, só é bom a partir das companhias, neste lugar não seria diferente, e junto a nós, àquele marzão e os animais que nele habita, havia também agradáveis companheiros, nossos vizinhos, a bordo de um catamarã, pessoas especiais, Vera e Davi – vulgo Pesão. Na nossa festa o vinho não dá ressaca, o queijo de coalho é de Minas e o pão foi feito na hora, tudo com um sabor diferente, envolvido pela magia do lugar e a lua a nos admirar.

E eu achava que não existia paraíso… Para muitos no meio do nada, para mim, no meio de tudo, tudo isso que Deus fez. Esse foi, é, o lugar no qual fui convidada a ancorar!

Obrigada ao Capitão Nelson e a Lúcia, por promoverem esse encontro mais que fantástico.

Beijos
Atenciosamente, Gizana Clara.

Anúncios

4 Respostas para “Um lugar

  1. Que coisa mais liiiiiiindaaaaa…. Fiquei muito emocionada!!! Vocês são muito especiais para mim! Obrigada por tudo, tudo mesmo!!! E não, não fiquei de mal de você Nelson Matos! kkkkkkkkkkkk
    Beijos :*

    Curtir

  2. Muito linda a forma como ela sentiu e colocou toda essa experiencia!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s