A bordo do Argos III


IMG_0160

Andei um pouco ausente do blog, mas foi por uma boa causa. Nos últimos dias eu e Lucia estivemos a bordo do Argos III, um catamarã Praia 30, navegando de Fortaleza/CE para Cabedelo/PB, a convite do comandante Fábio Ribeiro. Muitos podem achar que nessa época do ano, soprando ventos de Agosto, essa é uma viagem de maluco e saibam que eles não estão errado de tudo. Hoje já estamos na delícia de um porto seguro, nas águas mornas do belo Rio Paraíba, com o Argos III recebendo os louros que todo grande guerreiro merece. Assim que tiver um pouquinho mais de tempo contarei como tudo aconteceu.  

Anúncios

7 Respostas para “A bordo do Argos III

  1. gilson Prudente goncalves

    Bom dia, desculpe a lerdeza, mas porque citou ventos de agosto e viagem de maluco.
    Sds
    Gilson Prudente Gonçalves

    Curtir

    • diariodoavoante

      Caro Gilson, existe uma preocupação no mundo náutico de esporte e recreio em fazer a navegação sentido norte/sul da costa nordeste brasileira nos meses de Agosto e Setembro. Os ventos sul e sueste ficam em média de 20 nós e isso aliado a corrente torna a navegação bastante desconfortável. Um grande abraço, Nelson

      Curtir

  2. Bravo cmt!! Foi uma vitória, não apenas uma travessia.
    Abç
    wilson, cassia, vivi e henleninha

    Curtir

  3. O Argos III esteve ao lado do Utopia, no Marina Park, no comecinho de agosto, e fiquei muito curioso com o barco. Infelizmente tive que voltar a SP no dia 6, antes que a tripulação se apresentasse. Quando soube que iam tomar rumo leste, não acreditei. Espero a publicação de relato desta jornada “do contra”. Não esqueça de comentar sobre a motorização do veleiro e consumo. Fizeram coladinho na praia ou abriram ao largo?
    Abraços
    Nava

    Curtir

  4. Amigo Nelson, grande comandante ( como lhe chamarei de agora por diante, depois de vencer esse desafio) A primeira vez que ouvi falar nesse percurso foi pelos comentários que faziam os tripulantes dos NAPACOS da Marinha, que denominava a travessia para Natal de amargo regresso. Depois, acompanhei de perto as travessias do Charrua (5 dias) Rosa dos Ventos (7 dias) sem falar no Toa Toa (de Raulzinho) que me disse: essa foi a última vez que fiz esse percurso). Paulo Coelho cunhou a expressão: os deuses “conspiram” a seu favor. Sei que é verdade, pois de tanto apanhar nas idas para Recife nessa época, em uma única vez eles conspiraram a meu favor e a Musa fez Natal- JPS em apenas 14 horas, coisa que não falo pra ninguém pois só tenho o testemunho de Chiquinho e Lindolfo, meus tripulantes. Com Flávio, no Rosa dos Ventos e a maioria das vezes o percurso sempre comeu fácil 22 a 30 horas para essas pequenas 80 milhas. Eu sou um que fiquei pensando que você tinha perdido o juízo por completo mas não quis desestimulá-lo da empreitada pois afinas tinha Natal no meio do caminho. Estou aguardando, como todos que conhecem o assunto, o relato do trecho até, pelo menos entrar na mudança de rumo, depois de Touros. Parabéns a toda tripulação e a Lúcia, agora também com mérito de navegadora.

    Curtir

    • diariodoavoante

      Comandante Erico Amorim, sempre me alegro quando me deparo com seus comentários carregados de boas lembranças, história e poesias. Quanto ao “grande comandante”, você deve estar se referido a minha estatura. Um grande abraço e um beijão no Erico Filho,

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s