Presidente da Coreia do Sul acaba com a Guarda Costeira


Equipes instalam boias marcando o local onde o ferry Sewol naufragou, na costa de Jindo, sul da Coreia do Sul: operação de resgate foi muito criticada

A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye decidiu acabar com a Guarda Costeira. A decisão surpreendente e corajosa aconteceu diante do fracasso da operação de resgate do naufrágio do ferry Sewol que matou 300 pessoas há um mês. A presidente assumiu as responsabilidades sobre o acidente e pediu desculpas publicamente em pronunciamento. Veja mais em Veja.com.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s