Arquivo do mês: dezembro 2013

Batismo de barco

IMG_0105IMG_0111IMG_0173

Dar nome a uma embarcação nem sempre é uma tarefa das mais fáceis, mas que existe muita criatividade acho que todos concordam. Na Baía de Camamu encontrei o Afilhado, o Padrinho, o Compadre e o Amigão.  

Anúncios

Expedição Tranquilidade – III

IMG_0097

A Ilha de Campinho, na Baía de Camamu, é um poço sem fim de beleza, e caminhar na pequena faixa de areia lambida pelas águas mansas daquele paraíso é muito gostoso. Mas o Campinho pouco a pouco vai ficando sem essa passarela de areia macia, pois a natureza já faz o homem tomar ciência. Foi isso o que presenciamos enquanto estivemos com o Tranquilidade atracado naquelas águas.

IMG_0083IMG_0104IMG_0114IMG_0118IMG_0096

Mas nem por isso deixamos de curtir mais uma vez aquele pedacinho de paraíso. Primeiro com o registro da tripulação, seguindo com uma passadinha pelo bar do Regis, as pitangas que deram sabor a uma deliciosa caipiroska, as inesquecíveis lambretas e a paisagem sempre convidativa para ser clicada. Como é bela a Baía de Camamu!

Navio explode no Porto de Aratu

IMG_0222

Um navio de bandeira da Bahamas explodiu na tarde de ontem, 17/12, no Porto de Aratu, na Bahia. Segundo informações da Capitania dos Portos, dois tripulantes ficaram feridos no acidente. Moradores da Ilha de Maré contam que a explosão sacudiu todas as casas. Uma imensa mancha de produtos químicos se espalhou pelo Canal do Aratu e está sendo contida por barreiras flutuantes. O navio continua atracado ao Porto e recebendo jatos de águas de quatro rebocadores. Presenciamos toda essa cena de destruição ambiental assim que voltamos do paraíso de Camamu e tomamos o rumo da Ilha de Maré para saborear as delícias servidas nos diversos restaurantes que ficam bem em frente ao Porto. Bem vindo a civilização! 

O verão promete

2 fevereiro (121)

Tem alguns assuntos no meio náutico difíceis de serem digeridos por todos os envolvidos. Um deles é a eterna pendenga entre velejadores, lancheiros e agora, mais do que nunca, os motonautas, termo que designa aqueles que utilizam Jet Ski. Na verdade eu nunca entendi bem o porquê da categoria de Motonauta e acho que pouca gente entende. Depois que ela foi inventada na legislação naval a coisa tem ficado cada vez pior. Nunca vi tanto desrespeito às regras de navegação como ultimamente vem acontecendo por parte dos motonautas.

Como acontece com as nossas ruas, o poder público é totalmente ineficiente quando o assunto é fiscalizar e fazer valer a Lei, ainda mais num país continental como é o Brasil e que prevalece a máxima: manda quem pode e obedece quem tem juízo. Pelo que tenho visto por ai nos locais em que navego, o verão 2013/2014 promete. Continuar lendo

Expedição Tranquilidade – II

IMG_0078

Morro de São Paulo, e seu belo Forte, foi ficando para trás na manhã do dia 12/12 e fomos dirigindo a proa do Tranquilidade no rumo da Baía de Camamu, onde chegamos no meio da tarde navegando em um mar de almirante e vento soprando na média de 10 nós. A Baía de Camamu é meu xodó desde a primeira vez em que aportamos o Avoante em suas água. Para mim nada no litoral brasileiro é tão fascinante.

IMG_0086IMG_0092IMG_0096 

Depois de desfilar com o Tranquilidade pela larga barra que dá acesso a Baía, deixando a enigmática Ilha de Quiepe por boreste e o Ponta de Mutá, com seu farolzinho branco, por bombordo, matando as saudades, ancoramos em frente a casinha amarela da saudosa Dona Onília, na Ilha de Campinho. Poderia ancorar um pouco antes, em frente a antiga pousada Lotus que tem o waypoint mais conhecido, mas meu coração não deixa margem para tamanha desfeita. É difícil olhar para a casinha amarela sem lembrar da amiga Onília e suas histórias tão cheias encantos. Foi difícil pisar naquele chão, para mim sagrado, sem sentir a energia boa da nossa velha amiga. Sem perder tempo, assim que ancorei o Tranquilidade joguei para o alto meus medos e saudades, coloquei o bote de apoio na água e num segundo já estava correndo para abraçar a outra pilastra do Campinho, a amiga Aurora e receber de coração todo o carinho com que ela sempre nos afagou. Mais uma vez tirei a prova dos nove para comprovar que sou apaixonado pela Baía de Camamu.

Parabéns meu Amor!!!!!

11 Novembro (175)

Aniversário é aniversário e nunca devemos deixar de comemorar com muita alegria. Hoje é dia dela: Meu amor, minha alegria, minha fonte de desejos, minha inspiração. Meu amor, que nunca acordou um dia sequer sem ter a alegria estampada no rosto, brindando a vida e pronta para fazer que todos em sua volta se sintam bem. Que bom poder estar junto a ela durante 24 anos, todos os dias e a cada segundo. Parabéns Meu Amor!!!!!! 

Expedição Tranquilidade

IMG_3299IMG_3303

A Expedição Tranquilidade em Camamu, foi esse o nome que dei ao arquivo de fotos de mais uma navegada, chegou a Gamboa do Morro, o local mais indicado ancorar para quem vai a Morro de São Paulo a bordo de um veleiro, já que fica próximo ao belo paraíso turístico baiano. Soltamos as amarras do veleiro Tranquilidade no finzinho da manhã do dia 11/12 e depois de uma passadinha rápida no posto flutuante da Bahia Marina, tomamos o rumo do mar. A intenção inicial era seguir direto para a Baía de Camamu, mas de última hora mudamos os planos de navegação e aproamos a Baía de Tinharé. A ideia era quebrar um pouco o ritmo da viagem e também não chegar a Camamu durante a noite. O vento não estava tão sossegado e soprou insistentemente na média de 17 nós e o mar resolveu fazer parte da festa e se enfeitou de carneirinhos. Porém, como era tudo a favor, a festança foi animada. Ancoramos em Gamboa quando o Sol já havia indo embora, mas não foi uma ancoragem das mais tranquilas, pois o mar estava bastante mexido com o vento entrando forte de Leste. Mas tudo bem, nem sempre as coisas funcionam como a gente deseja e nada que uma boa garrafa de vinho não resolva. Hoje, 12/12, o dia amanheceu lindo e já estamos prontos para prosseguir viagem.