Como é rico e saboroso o nosso nordeste


IMG_0318IMG_0328IMG_0338

Vento soprando na medida certa, tempo com céu claro e rumo traçado no sentido Leste/Oeste. Mas não se avexe, pensando que vou contar mais uma história das nossas velejadas por ai. Poderia até continuar narrando à navegada que fizemos com o veleiro Naumi, e que encerrei o texto passado encalhado lá em Vitória/ES. Mas não, hoje vamos pegar a estrada e seguir por uma região em que o Sol faz questão de mostrar quem manda no pedaço e que é porta de entrada para o Sertão do Rio Grande do Norte. Uma zona temperada pela caatinga e dona de uma riqueza natural tão a mostra, que o homem não consegue enxergar.

Foi por essa região que o cangaceiro Lampião andou chafurdando e dizem que saiu fugido com o rabo entre as pernas debaixo de uma chuva de balas. Mas por falar em Lampião, hoje em dia, andam contando umas coisas esquisitas e uns maus costumes do cangaceiro que é difícil de acreditar. Queria mesmo ver o cabra corajoso contando esses boatos quando o homem ainda era vivo!

Mas e o Avoante? Bem, o nosso veleirinho ficou descansando lá nas águas da Bahia e nós viemos a Natal/RN para umas férias. Isso mesmo: Férias. Porém, lá na Bahia, ouvi falar de uma fruta apresentada na televisão e que na cidade de Angicos/RN uma idealista estava utilizando como matéria prima para deliciosos sorvetes. A fruta era o Pelo da Palma, conhecida no mundo como Figo da Índia ou Fruta de Palma. Aquilo me deu água na boca e Lucia falou assim: – Quando formos a Natal vamos lá provar essa delícia. E fomos mesmo!

Angicos, cidade bonita, arrumada, quente e com 12 mil habitantes, fica a 170 quilômetros da capital potiguar e as margens da BR 304. A viagem é tranquila apesar de a estrada merecer a muito tempo uma duplicação. É por lá que cruzamos com um ponto notável e muito discutível desde a época do descobrimento do Brasil: O Pico do Cabugi e sua imponência rumo aos céus.

A cidade merece destaque por ter recebido a atenção especial do educador pernambucano Paulo Freire, Patrono da Educação Brasileira, que por lá, em 1962, implantou o programa de alfabetização para adultos, conhecido como Método Paulo Freire, e que na época alfabetizou 300 cortadores de cana em apenas 45 dias. E também em Angicos, nasceu um dos mais notáveis políticos do Rio Grande do Norte, o Governador Aluísio Alves, grande apreciador do Pelo da Palma.

E o sorvete? Vamos lá. Com aquela vontade de sentir o sabor do Fruto da Palma em sua derivação gelada, pegamos a estrada e depois de quase duas horas de viagem paramos em frente à sorveteria Sertão Gelado. Mas antes tivemos uma surpresa ao pedir informações em que rua ficava a sorveteria que servia o Sorvete de Pelo. Sorvete de Pelo? Acho que não é aqui não! Sei não! Sorvete de que? Você viu isso aonde? E aquilo se come? Seguimos em frente e enfim tivemos as informações sobre a sorveteira: Fica na Rua Genésio Tibúrcio da Costa, 845, bairro Alto da Alegria.

Outra surpresa: Era hora do almoço e a sorveteria estava fechada, mas conseguimos o telefone da proprietária, Kaline, que estava em Natal, e ela pediu a irmã para vir nos atender. Kaliandra, uma Agente de Leitura muito simpática e atenciosa, nos atendeu divinamente, mas tinha uma informação que foi um balde de água fria naquele sol de rachar: O sorvete de Pelo havia acabado, mas ela mandaria fazer apenas para nos atender. O problema era que demoraria algumas horas. Fazer o que? Vamos esperar! Vir de tão longe e não tomar o sorvete seria um sacrilégio.

Aproveitamos o tempo ocioso, sem sorvete, e fomos conhecer Dona Maria das Graças, outra simpática senhora e a responsável por colher o Pelo. Dona Graça, mais conhecida como Graça Magra, nos apresentou o Pelo e ainda fez uma deliciosa receita de Mousse de Pelo. Disse que aprendeu a colher a fruta, retirar seus minúsculos espinhos e hoje fica feliz em ter participado da reportagem televisiva, que inclusive pode levá-la ao programa de Ana Maria Braga.

O Pelo da Palma é uma delícia de sabor exótico e rico em vitaminas C e A. A planta se origina dos desertos mexicanos e foi trazida ao Brasil pelo Rei Dom João VI, por sua capacidade de armazenar água e resistir a longos períodos de seca. Agora ela recebe todo o frescor nas receitas da Sorveria Sertão Gelado, de Kaline, e da cozinha de Dona Graça. Duas nordestinas da gema que não cruzaram os braços enquanto o sol e a seca castigam a Terra.

O sorvete de Pelo é realmente uma delícia inigualável e valeu mesmo, ter pegado a estrada, para ir até a cidade de Angicos apenas para provar do seu sabor exótico. Como bem disse Kaliandra, nossa cicerone: “Aqui tem muita coisa que precisa ser conhecida”.

O ditado diz assim: “Quem é de Angicos tem pelo na língua”. Também pudera!

Nelson Mattos Filho/Velejador

Anúncios

4 Respostas para “Como é rico e saboroso o nosso nordeste

  1. No sentido literal foram colher o pelo para fazer o sorvete! KKK
    Nelson e Lucia, parece até estória de romance europeu, um casal que viaja horas para experimentar uma receita do interior e é recebido de braços abertos, e como diz o ditado;”tem mais acabou”, não tem problema, agente vai apanhar no pé para fazer. Parabens ao povo angiquence,não só pela receita, mas pela hospitalidade.
    Abraços
    W&C&V

    Curtir

  2. Delícia de postagem, pode começar a importar o sorvete e o mousse de pelo para Natal que mes de julho estaremos por ai e vamos queerer matar o desejo criado por ele.
    Grande abraço

    Curtir

    • diariodoavoante

      Luiz e Mauriane, queríamos muito estar em Natal para recebê-lo, mas nesse período estamos na Bahia. Como sei que passaram pela Bahia, assim que chegar nos procure. Grande Abraço, Nelson e Lucia

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s