Com 2012 no horizonte


Imagens 136Imagens 151

Essa coisa de morar a bordo de um veleiro deixa a gente assim meio sei lá! Pois é, com essa frase meio sem sentido quero encerrar esse ano de 2011, em que a vida para mim e Lucia, que moramos nesse barquinho lindo, alegre e incrivelmente sedutor, foi cheia de boas lembranças e deixa muitas saudades.

Completamos 2011 festejando o nosso sexto ano morando a bordo do Avoante e olhando as cidades com uma grande incredulidade no coração, porque, olhando do mar, não conseguimos enxergar onde conseguiram esconder a falta de caráter e vergonha dos homens.

Iniciamos o ano recebendo as bênçãos e assistindo a festa da procissão do Bom Jesus dos Navegantes na Baía de Todos os Santos, onde o mar se enfeitou de flores, músicas e perfumes para saudar o Santo protetor das águas. Águas que fizeram a Bahia grande e é a fonte de todo seu cenário de beleza, paixão e história. Nunca imagino a Bahia sem o sotaque carregado vindo do mar e o navegar suave e preciso de seus Saveiros. Nunca imagino a Bahia sem a sua tão fantástica Baía de Todos os Santos.

Com toda essa energia vinda das águas baianas e seus muitos santos protetores, não poderíamos deixar de ter um ano de tão boas velejadas. Retornamos a Natal e embarcamos no Avoante para dar vez ao sonho de um grupo de amigos em um grande cruzeiro pelos mares do nordeste. O Cruzeiro Costa Nordeste navegou sem as pompas dos grandes eventos e até enfrentou muitas intempéries, mas, na sua essência abria os caminhos para os sonhos de muitos velejadores que buscam no mar o sentido de suas vidas.

Em Fevereiro retornamos a encantadora e fascinante Baía de Camamu, onde a vida é contada em belas passagens nas marés de enchente e vazante. Camamu da Ilha de Campinho, onde moram as duas mais amáveis de sensacionais baianas do mundo, Dona Aurora e Dona Onília. Duas senhoras que para mim e Lucia são a alma e o coração de todo aquele paraíso. Duas amigas/mãe que um dia o mar nos presenteou. Camamu das Ilhas de Sapinho e Goió. Camamu da cachoeira de Tremembé. Camamu da Ilha Grande. Camamu de muitos encantos e de tantas outras paisagens fascinantes. Como foi bom rever a bela Camamu dos meus sonhos, local que eu escolhi como a mais bela maravilha do mundo.

Na Bahia não faltam destinos para quem tem um veleiro e foi pensando assim, que nos embrenhamos nas águas negras, rasas e chamativas do belo Rio da Dona e sua incrível fauna marinha. Lugar em que passamos o mais diferente carnaval de nossas vidas. Alias, de carnaval não vimos nada, mas da natureza, tivemos a certeza que ela ainda é forte. Como é bonito aquele Rio da Dona!

Ilha de Itaparica, Ilha da Cal, Caixa Prego, Mutá, Fonte do Tororó, Ilha das Fontes, Saco do Suarez, Salinas da Margarida, Ponta do Dourado, Ilha do Bom Jesus, Salvador e muitos outros lugares onde navegamos e que ainda voltaremos. A Bahia tem um verdadeiro infinito navegável, mas tínhamos que seguir em frente, pois assim é a vida de quem tem o mar como quintal e moradia.

Em 2011 cruzamos a tão sonhada Linha do Equador, numa viagem que nos levou a barra de entrada do Mar do Caribe. Numa navegada tão surpreendente quanto foi o convite para fazer parte dela. Rendemos homenagens ao Deus Netuno e dele recebemos as chaves que abrem todos os mares do mundo. Começamos o ano navegando a Latitude Sul e terminamos com a Latitude Norte traçando todos os nossos horizontes.

Durante todas essas rotas e rumos, novos amigos foram incorporados a nossa tripulação que já é enorme, e a todos eles temos a felicidade de não ter deixado faltar carinho, compreensão e amor.

Entraremos em 2012 renovando todos os nossos propósitos nesse mar que nos encanta e nos acolhe com carinho. Mar que aprendemos a respeitar e admirar, onde tudo é tão lógico e tão misterioso. Mar que abençoa, mas que sabe punir com rigor os possuídos pelo sangue da insensatez. Mar que acalenta com seus cantos de sereia o bom marinheiro e todos aqueles que reconhecem a grandeza de sua força. Mar de sonhos e mar de ternura. Mar de belas imagens, mesmo aquelas onde a fúria é tão desproporcional quanto é a sua grandeza.

Desejo a todos um Feliz 2012. Já escuto o chamado do Mar!

Nelson Mattos Filho/Velejador

Anúncios

15 Respostas para “Com 2012 no horizonte

  1. Um otimo 2012, com muitas milhas navegadas em mar de almirante e vento sempre a favor, para serem compartilhadas conosco.

    Curtir

  2. Marília Mattos

    Que beleza!!!!! Muitas navegadas e felicidades para 2012!!!! Bjos.

    Curtir

  3. Muito obrigado por reconfortar a minha alma!

    Curtir

  4. Olá Familia Avoante, Um feliz 2012 de seus admiradores e velejadores iniciantes de Santa Catarina(Edson e Quelli do Veleiro Deslize). Bjs

    Curtir

    • diariodoavoante

      Edson e Quelli, esperamos um dia ancorar o Avoante ao lado do Deslize numa bela e sonhadora baía. Um Feliz Ano Novo para vocês, Nelson e Lucia

      Curtir

  5. Ainda não tivemos a oportunidade de conversar calmamente pois sempre que nos encontramos estamos com objetivos diferentes. Mas é sempre um prazer ler suas crônicas que me leva a plagas distantes e belíssimas, reais, diferente da virtualidade humana que leva você a escrever “porque, olhando do mar, não conseguimos enxergar onde conseguiram esconder a falta de caráter e vergonha dos homens.” porque o mar é real, que nos leva talvez à realidade. Diferente de terra onde mora a virtualidade humana, talvez por sua pseudo segurança, que leva o homem a mesquinharias para satisfazer sua virtualidade.
    Talvez algum dia possamos trocar ideias sobre a vida, calmamente, talvez ao baloiço do mar, para ser uma conversa real.
    Para você, Lúcia e família um ano muito bom com ótimas velejadas e grandes crônicas.
    Abração
    Fred

    Curtir

    • diariodoavoante

      Fred, conversar com você é sempre um grande prazer e ler seus comentários enriquece a vida. Vamos dar um bordo chinês no talvez e na calma de uma tarde de verão misturar nossas ideias. Um grande abraço e um Feliz 2012, Nelson

      Curtir

  6. Feliz Ano Novo para a tripulação do Avoante!!!
    Mais uma bela crônica, no qual, faz refletir a importância da vida, a bela natureza e a rotina de homens que “escondem a vergonha e o caráter”.
    Feliz 2012.

    Curtir

    • diariodoavoante

      Eduardo, mais uma vez muito obrigado pelos seus comentários. Um dia eu é que estarei navegando em suas crônicas. Um grande abraço

      Curtir

  7. Qem sabe, por termos um “chão” em constante movimento não se tenha tempo para esconder a vergonha e o carater.
    Nelson e Lucia, pessoas nobres que temos o prazer de conhece-los em algumas navedas e recepciona-los aqui nesta tão enobrecida terra por suas palavras (Bahia) continuamos de braços abertos a lhes esperar, e tantos outros que quizerem conferir, Que tenham, e com certeza terrão, um FELIZ 2012 com bons ventos e bons portos.
    Marcos, Lícia e tripulação do Dys Dobre

    Curtir

  8. É sempre confortante “visitar” o avoante e “navegar” com esta família linda, não só no mar que se apresenta em fotos mas, no mar de palavras e contextos, resquícios de lucidez que com raridade encontramos em muitos escritos. Parabéns Nelson. Um ótimo 2012 à vida avoante…
    Quem sabe um dia alcançarei a coragem de enfrentar meus sonhos, torando-os a realidade, lançando-me ao mar de encontro com tão estupenda natureza enquanto ela ainda sobrevive.
    Bons ventos!

    Curtir

    • diariodoavoante

      Sávio, muito obrigado pelas palavras de incentivo e espero ter sempre lucidez para continuar navegando em busca de um mundo melhor que não encontramos mais em terra. Um grande abraço, Nelson

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s