Refeno. Deu Ave Rara mais uma vez!


O trimarã pernambucano Ave Rara que já pode ser considerado a cara da Refeno, chegou mais uma vez em primeiro lugar e vai levantar a taça e a fita pela terceira vez. Dessa vez a briga foi com os 82 pés do monocasco Índigo, que levava a bordo o super medalhista olímpico Torben Grael. A experiência da tripulação comandada pelo velejador Gustavo Pacheco, falou mais alto e mostrou a raça do time pernambucano, que esse ano contou com o reforço do velejador potiguar Joca. O Ave Rara fez o percurso de 300 milhas em 25h19min12seg. Já o Índigo cravou 25h57min59seg e chegou em segundo, mas bateu o recorde dos monocascos que pertencia ao veleiro  Kea Uno. Além do trimarã Ave Rara e do monocasco Índigo, apenas mais três barcos haviam chegado a Fernando de Noronha até às 21:19 horas desse Domingo, 25/09, os monocascos Congere e Tomgape 2 e o  catamarã Jahu. foto copiada do site da refeno

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s