Arquivo do mês: junho 2011

Agora são 50 mil muito obrigado

Imagens 233Imagens 277 Imagens 284 IMG_4375 IMG_4365 Agora danou-se tudo! Chegamos aos 50 mil acessos, um número que para nós que fazemos o Diário do Avoante é mais do que expressivo. Olhando para trás e observando a esteira de leitores e amigos que agregamos nessa navegada, só nos resta agradecer e continuar cada vez mais seguindo a rota que traçamos. Como já disse em outras comemorações, possa ser que para alguns isso não seja nada de mais, mas para mim e Lucia, que sempre prezamos pelas amizades e sempre estamos em busca de mais amigos, festejar esses números de acessos e de uma felicidade sem tamanho. Estamos felizes sim, e isso temos que dividir com todos vocês que formam a feliz tripulação do Avoante. Estamos felizes sim, e temos que agradecer a Afonso Melo, da Mar e Sub, que um dia me incentivou a iniciar essa jornada. Agradecer a Bira Carratu, Carratu Publicidade, pela criatividade e  paciência com que nos socorre nos momentos de pane blogueira. Agradecer a Teetos Pré-Moldados e ao Restaurante Mar Sereno, no Iate Clube do Natal, pelo pioneirismo de acreditar em nossa proposta. Agradecer ao Favorito Supermercados pela presença sempre viva junto a nós. Agradecer a Não+Pêlo, o novo integrante da galeria de parceiros, e que teve a felicidade de já chegar festejando. Agora é levantar as velas e seguir navegando em busca de colher novos amigos. Muito obrigado é o mínimo que podemos dizer.

Anúncios

Causos do mar

Terra Caída 023 O mar é cheio de causos hilários, eu até já contei vários deles aqui, e sempre me divirto em contá-los e ouvi-los. E quando eles não acontecem com a gente, à coisa fica sempre mais engraçada. Eu mesmo sou protagonista de vários, mas vamos deixá-los para lá e vamos nos divertir com os outros. Continuar lendo

6ª etapa do campeonato de vela da Lagoa do Bomfim comprova o sucesso do evento

regata lagoa do bomfim (2)regata lagoa do bomfim (5)regata lagoa do bomfim (19) regata lagoa do bomfim (16)regata lagoa do bomfim (34)regata lagoa do bomfim (13) regata lagoa do bomfim (42) regata lagoa do bomfim (64) regata lagoa do bomfim (31) regata lagoa do bomfim (63) regata lagoa do bomfim (68) regata lagoa do bomfim (70) regata lagoa do bomfim (75) regata lagoa do bomfim (76) regata lagoa do bomfim (82) regata lagoa do bomfim (83) regata lagoa do bomfim (87) regata lagoa do bomfim (79) regata lagoa do bomfim (32) Apesar da chuva forte que castigou Natal nesse Domingo, 19/06,  a 6ª etapa do campeonato de vela da Lagoa do Bomfim/RN foi um sucesso. Os 15 barcos que se alinharam na largada mostraram que seus comandantes não estavam muito preocupados com a quantidade de chuva que caia do Céu. A preocupação era mesmo fazer bonito e levar o barco as primeiras colocações. As regatas da Lagoa do Bomfim são tradicionalmente competitivas e essa 6ª etapa não poderia ser diferente. O Fita Azul, nas duas baterias, foi o Hob Cat 14, comandando por Luiz Felipe, que não tomou conhecimento do Hob 16 de Reginaldo Monteiro. Na classe Lazer o primeiro lugar ficou com Gilberto Leite. No Snipe quem chegou na frente foi Alexandre. Na classe Dingue o primeiro lugar ficou com o veleiro Aventureiro, comandando por Kleber. A festa capitaneada pelo velejador Airton Viegas, comandante da flotilha do Bomfim, encerrou com delicioso churrasco patrocinado pelo velejador Geraldo Dantas que comemorava 25 anos de casamento com a comandante Flávia. A chuva não deu tréguas, mas a turma não estava nem ai. 

Um boa dica

Cruzeirar por ai a bordo de um veleiro, conhecendo cada pedacinho do litoral brasileiro, ou mesmo do mundo, é muito gostoso e instiga na gente o velho sonho da aventura náutica. Hoje em dia, com o uso cada vez mais popular dos equipamentos eletrônicos e principalmente do GPS, muitos brasileiros já fazem de um veleiro o seu meio de transporte nas férias. Alguns que moram a bordo, como é o nosso caso, o veleiro é literalmente o meio de transporte, e assim passam a ter um conhecimento mais apurado e seletivo dos muitos recantos do litoral. Passar esse conhecimento adiante, ajudando novos cruzeiristas em viagens, é uma grande felicidade. Muitas vezes, levamos horas em bate-papos diante de uma Carta Náutica, detalhando suas entranhas e tentando mostrar coisas que  muitas vezes passam despercebidas. No mar não existem segredos entre navegantes. Tudo é repassado com muito carinho e esmero nos detalhes. Essa semana recebi um email do amigo Gerson Silva, veleiro Tô Indo, em que ele detalha um cruzeiro que fez recentemente de Salvador a Ilha Bela. São informações precisas e ricas em detalhes, que podem servir para qualquer velejador que pretenda fazer essa rota ou mesmo que já esteja navegando. Gerson é um experiente velejador e sempre que navega, navega com uma visão clínica dos lugares por onde passa. Já tive a felicidade de seguir suas dicas em várias oportunidade e em todas elas fui muito bem sucedido e tive a alegria de conhecer lugares imperdíveis.

ALGUMAS DICAS DO TÔ INDO PARA APROVEITAR MELHOR A VIAGEM DE SALVADOR ATÉ ILHABELA
01- Ilhéus abrigo para vento sul
02- Caravelas, canal balizado, píer em frente à cidade ruim para desembarque, só de maré cheia. Tem diesel e água no píer. Leve pelo menos 30 metros de corrente, 3 a 4 nós de correnteza. Mercado próximo e bons restaurantes. Optamos por Caravelas ao invés de Abrolhos, mais seguro.
03- Barra do Riacho, porto da Veracell, abrigo para alguma emergência, 30 milhas ao N de Vitória. Cuidado com os tonéis de ferro das poitas sem sinalização.
04- Vitória, entrada tranqüila, passar encostado no píer novo, chama no canal 67 Iate Clube do Espírito Santo. R$6,00/dia/tripulante, tudo perto, desembarque no flutuante com seu caíque. Uma beleza!
05- Búzios, pega poita, R$25,00/dia/pessoa c/ café da manhã, clube fecha ás 18 hs quando voltar da rua toca a campainha.
06- Arraial do Cabo, abrigo p/ ventos L e N, fica na âncora e cuidado com as escunas, desce na praia próximo do píer de concreto, diesel longe vem de carroça. Passar no Boqueirão próximo a margem esquerda (veja sugestão na CCD). Veja previsão de tempo p/ sair de Arraial do Cabo em direção ao ICRJ, não tem abrigo.
07- ICRJ, chama no canal 68 (eco21) identifique-se e peça uma poita. Nada de píer devido a ressaca braba.
Use cocoroca (caíque) para desembarque, chama no canal 67. Não use seu inflável. Vários problemas como ressaca, tempo de permanência e cracas.
E só curtir a cidade de táxi. O supermercado Rio Sul fica a 5 minutos de caminhada, com entrega no clube.
08- Ilha Grande, comece por Palmas (faça a trilha para a praia do Lopes Mendes), depois Abraão, fique á esquerda da enseada e vá de caíque até a vila, bicas de água limpa na praia, Itaipava em lata de R$ 4,00, bons restaurantes a quilo, internet, lojas. Parece c/ Búzios.
09- Saco de Céu próximo ao Abraão, dispensa comentários, faça a trilha, bons restaurantes, porém caros.
10- Sítio do forte tem o bar da Telma, água boa no fundeio, poitas disponíveis, recolhe seu lixo pré-selecionado, desde que você faça uma refeição.
Daí seguimos p/ continente. Você pode optar entre ir direto pra Ilhabela ou fazer a
sequência abaixo.
11- Piratas Mall coloca no píer e abastece o barco c/ mercado, água,diesel. Você tem 3 horas para fazer as compras e ainda dar tempo ir ao shopping.
12- Brachuí fica no píer R$ 2,00/pé/dia, happy hour todos os dias, muitos velejadores conhecidos (Mara, Helio, João, André, Jilsar, Miroca, Marçal, e Outros). Padaria e lavanderia perto, mercado longe.
13- Do Brachuí você. pode conhecer todos os dias 2 a 3 ilhas diferentes. Vai levar alguns meses, mas tudo bem. No percurso p/ Paraty paramos nas ilhas Cunhambebe, Cedro, Araújo, muito bonitas.
14- Paraty, próxima parada, ficamos na marina do Aldo (Refúgio das Caravelas). Jogamos âncora próximo e desembarcamos por aí. Pegávamos água e deixávamos o lixo. Diesel próximo. De ônibus íamos pra cidade que tem bons restaurantes, e é parecida com o Pelourinho sem ladeiras. Curta Paraty a noite. Procure os amigos Mantovani, Hélio Magalhães. Existe um grande brechó com muitas coisas interessantes.
15- Paraty Mirim tem só um restaurante, mas você. pode comprar peixe c/ os pescadores.
16- Couves, ilhota estratégica para descanso, não possui infra-estrutura.
17- Anchieta, praia com areia branca e água transparente, ideal para mergulho. Pássaros e macacos vêm comer na sua mão.
18- Saco da Ribeira, pegue uma poita a R$10,00/dia com algum marinheiro. Diesel no posto flutuante. Desembarque no píer de concreto, restaurante a quilo próximo, água, peças de reposição e mercado.
19- Ilhabela, fica na poita a R$ 70,00/dia. Depois do quarto dia analisam se você pode continuar no clube ou não. Fotografar o clube só com autorização. Sugestão: vá direto para o Iate Clube Pindá. A cidade é muito bonita com bons restaurantes, cerveja em garrafa 600ml custa R$ 8,00.
20- Algumas considerações:
a) Internet: usei o módulo da OI que funcionou muito bem em todos os lugares com boa velocidade.
b) O AIS foi muito importante e seguro
c) A carta CCD Gold tem todos os detalhes destes lugares com precisão para sua segurança e dicas sobre o fundeio
d) Use a previsão de tempo para fazer as pernas com segurança
e) Vá sem pressa de voltar porque o tempo ideal é acima de 6 meses
f) Aplique a venenosa no barco uma semana antes de sair para o cruzeiro
g) No Rio de Janeiro ande de táxi e evite sair á noite
h) Passamos no Cabo São Tomé por dentro, na ida e na volta, sem problemas
i) Celular funciona em toda costa. Use só o necessário, pois as contas virão salgadas
j) Leve pelo menos 4 defensas. Um croqui p/ pegar as poitas e um bom pedaço de cabo de sacrifício (resistente), já com uma alça pronta em uma das pontas.
l) Leve filtro e óleo p/ 2 trocas, pois você vai motorar bastante.
m) O descarte do lixo fica complicado em alguns lugares. Compre sacos grandes p/ armazenamento.
n) Nós fizemos um coletor de água de chuva com tecido plástico. Funcionou beleza e às vezes enchia o tanque.
o) Armazene diesel para cobrir 24 horas de motorada num contravento e andando a 3 ou 4 nós.
Um abraço e boa viagem.
Gerson, veleiro Tô Indo

Rotas alteradas

Imagens 166 Quando traçamos uma rota temos que fazer o máximo para que ela seja seguida. Podemos fazer alterações estudando possibilidades de ancoragens, ao longo do percurso, que nos dêem condições para uma aterragem quando da chegada de um mau tempo ou mesmo para um pequeno descanso.

O mar nos deixa livre para escolher a melhor rota a seguir, desde que, tenhamos total conhecimento das possibilidades da embarcação e soubermos avaliar as condições de marés e ventos. Temos que ter em mãos as Cartas Náuticas da região a ser navegada e avaliar se estamos aptos a navegar na rota traçada. Continuar lendo

Está ansioso não vá velejar!

saco do suarez (10)

Ansiedade não cabe em um barco a vela, só saudades! Beto Pandiani, velejador

Fim de semana de regata na Lagoa do Bomfim

Passeio a Lagoa do Bonfim (19) A flotilha de vela da Lagoa do Bomfim/RN, está em festa nesse próximo fim de semana, 18 e 19 de Junho. Vai acontecer mais uma etapa do Campeonato de Vela 2011 da Lagoa do Bomfim. A regata será no Domingo, 19, com várias classes de veleiros monotipos. O evento é organizado pelo velejador Airton Viegas com apoio do Iate Clube do Natal. A largada da primeira bateria acontecerá às 11 horas. Apos a prova vai acontecer o tradicional churrasco de adesão na sede campestre do Iate Clube do Natal. Se você está em Natal vale a pena dar uma esticada até a Lagoa do Bomfim. O lugar é muito bonito e a regata é bastante competitiva.