Inhoque com chumbinho – Uma delícia!


chumbinho (1)Bem! Se você ficou com a curiosidade atiçada e com água na boca com o post Navegando nos sabores, agora chegou a vez de começar a preparar o fogo para o teste da receita. São tantas receitas de Chumbinho que eu fiquei sem saber qual colocar neste post, então, fui pedir orientação a minha Chef, que podem chamar de chefe já que ela manda em tudo mesmo, e ela decidiu começar pelo Inhoque com Chumbinho. Se você não gosta de Inhoque e não sabe se gosta de Chumbinho, então, espere mais um pouco até a próxima receita. Mas, para não ficar sem fazer nada, anote a receita e passe adiante.

Tudo começa com a ida a uma coroa de areia, ou a uma praia onde possa ser encontrado o Chumbinho. Isso não é tão difícil, pois o Brasil tem quase 10 mil quilômetros de praias e mais um monte de enseadas esperando a sua visita. Ponto para a gente! Leve junto com você todos os seus problemas e estresse acumulados durante a semana, mas, também, não esqueça de levar toda a sua reserva de bom humor e paciência, como também umas cervejas bem gelada. Os que não bebem, podem levar água mesmo que não vai ter problema algum. Mariscar o chumbinho é uma das melhores receitas anti-estresse que já conheci. No começo, eu achava que aquilo fosse coisa de gente que não tinha o que fazer, mas, quando vesti o calção de banho, a camisa mais surrada, o chapéu, me lambuzei de protetor solar e vi que era uma Segunda-Feira de trabalho no mundo, e eu ali me preparando para catar chumbinho, logo percebi que eu estava incluído na feliz turma dos vagabundos do mar. Nada mal! E a receita? Bem! Não precisa ser tão ligeiro, pois ainda vamos mariscar, depois vamos deixar um dia os bichinhos em um saco, ou vasilha, dentro d’água, para retirar toda areia e não ter que comer chumbinho amolando os dentes. No dia seguinte, retire os chumbinhos da água e coloque numa panela, sem água, e leve ao fogo. Quando as conchinhas abrem, estão prontos para serem catados. Essa parte, para mim, é mais chata, pois um balde cheio de chumbinho não rende quase nada, além de ficar horas trabalhando. Então porque não comprar o chumbinho já tratado e lavado? – Porque assim eu não precisava  contar toda essa lenga lenga, antes de escrever a receita.  Feito tudo isso, chegou a hora de escolher o que fazer com os Chumbinhos. A variedade de receita é grande, basta você usar da criatividade gastronômica e convidar os amigos para a degustação. Garanto que eles vão adorar, e você vai ficar todo cheio de vida e tirando onda de Chef.

INHOQUE DE BATATA C/CHUMBINHO

MASSA

1kg de batata cozida

50gr de manteiga

1 gema

300gr de farinha de trigo

50gr de parmesão ralado

sal, pimenta do reino e noz moscada à gosto

farinha de trigo para polvilhar

CHUMBINHO

1 cebola grande

4 colheres grande de azeite de oliva

1 xícara de chá de molho de tomate

6 tomates maduros, sem pele e sem sementes

1/2 xícara de chá de água

700grs de chumbinho

PREPARO

passe a batata no espremedor duas vezes

misture os ingredientes da massa, menos a farinha

acrescente a farinha aos poucos, sem sovar a massa e deixe a massa descansar por 20 minutos

faça um rolinho da massa e corte em pequenos pedaços, deixando os pedaços em cima de um pano farinhado com farinha de trigo

coloque água e sal em uma panela para ferver e depois acrescente os bolinhos de massa. quando subirem, retirem com uma escumadeira e reservem num refratário

doure a cebola com azeite e acrescente os tomates até ficarem macios

acrescente o molho de tomate e a água e deixe apurar

junte o chumbinho ao molho por mais 5 minutos e coloque sobre os inhoques no refratário e pode servir.

não esqueça de correr prá mesa, se não você fica sem comer.

 

5 Respostas para “Inhoque com chumbinho – Uma delícia!

  1. Nelson e Lucia

    Esta receita como todas as outras que ja provei do Cardapio Culinario do Avoante deve ficar ótima, mas este roteiro anti stress e gastronomico descrito nesta materia deve ter uma divulgação a nivel nacional , quem numa segundona de trabalho pesado, pode se imaginar preparando um prato com todo este ritual ?
    Como eu sei que Lucia já tem uma receita publicada no programa de Ana Maria Braga sugiro que vcs envie esta materia para ela , mesmo que ela não faça a receita, mas que divulgue, pois só de se pensar em estar em uma segunda feira na praia catando chumbinho , me enche de vontade de aprontar o meu veleiro para me aventurar e provar destas delicias da culinaria e da natureza .

    Bons Ventos

    Helio

    Curtir

    • diariodoavoante

      Comandante Helio, é muito bom ler e ouvir suas palavras amiga e cheias de incentivo. Muito obrigado mais um vez. Um grande abraço, Nelson e Lucia

      Curtir

  2. Nelson e Lucia,
    Meu sobrenome Rosso vem de minha ascendência Italiana, fui criado em uma família que se reunia na casa do Avô Rocco Rosso para o nosso encontro dominical e sem dúvida para provarmos as massas preparadas por Tia Rachelle, Vovó Rosina (Rosa) e minha mãe Therezinha Rosso, sempre regado a um bom vinho tinto vindo de Casalleto Spartano – Província de Salerno – ITÁLIA.
    Fiquei com água na boca ao ler seu artigo sobre o Inhoque com Chunbinho e de imediato tomei a liberdade de imprimir e encaminhar para as mãos habilidosas de minha Tia Rachelle e minha Mama.
    Concordo com o amigo Helio, porém, gostaria mesmo era de ver Lucia em Ana Maria Braga preparando esta maravilhosa iguaria.
    A divulgação de sua receita além de trazer benefícios nutricionais, tem um valor sócio econômico fantástico, pois esses moluscos, denominados, no local, de chumbinhos, representam o ganha pão para muitas famílias em Salinas da Margarida, município localizado no Recôncavo Sul da Bahia.
    Parabéns!
    Fraterno abraço,
    Carlos Rosso

    Curtir

  3. diariodoavoante

    Carlos, muito obrigado pelo comentário e ainda mais partindo de um italiano ascendente. Espero que a Tia Rachelle e sua Mama aprovem o Inhoque com Chumbinho. Salinas da Margarida é um dos nossos lugares preferidos dentro da Baía de Todos os Santos e aonde fazemos a festa em suas areias entupidas de Chumbinho. Em Salinas existe até um festival gastronômico com base nos pratos elaborados com esse delicioso marisco. Os Chumbinhos utilizados nessa receita foram justamente de Salinas da Margarida. Um grande abraço, Nelson

    Curtir

  4. hummmmmm, delicia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s